Com fixação por armas, Brasil copia o que EUA têm de pior

Com fixação por armas, Brasil copia o que EUA têm de pior

Matheus Pichonelli – O Brasil parou novamente, nesta quarta-feira, 13 de março, para contar seus mortos. Desta vez, em uma escola estadual de Suzano, onde dois ex-alunos assassinaram oito pessoas, entre estudantes e funcionários, com a ajuda de um revólver calibre 38 e uma besta, espécie de arco e flecha disparado por um gatilho, uma machadinha e quatro … Continue lendo »
A educação pela bala

A educação pela bala

Vladimir Safatle – Não estamos na escola para andar armados antes do próximo massacre. Como se não bastasse a tragédia, na sequência há sempre a infâmia. Depois do massacre perpetrado por dois jovens na escola de Suzano, tivemos de conviver com a declaração de um senador da República, o senhor Olímpio, a afirmar: “Se os professores estivessem armados … Continue lendo »
Com fixação por armas, Brasil copia o que EUA têm de pior

Com fixação por armas, Brasil copia o que EUA têm de pior

Matheus Pichonelli – O Brasil parou novamente, nesta quarta-feira, 13 de março, para contar seus mortos. Desta vez, em uma escola estadual de Suzano, onde dois homens assassinaram oito pessoas, entre alunos e funcionários, com a ajuda de um revólver calibre 38 e uma besta, espécie de arco e flecha disparado por um gatilho e quatro carregadores de munição … Continue lendo »
Lei anticrime de Moro é populismo punitivo e visa vingança, diz acadêmica

Lei anticrime de Moro é populismo punitivo e visa vingança, diz acadêmica

Daniel Buarque – O projeto de lei anticrime apresentado pelo ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, foi recebido com fortes críticas de acadêmicos no Brasil e no resto do mundo. Para muitos estudiosos do assunto, o plano tem um potencial maior de gerar apoio popular para o governo, e votos, do que de resolver de … Continue lendo »
“Eles são os caçadores e nós somos bichos aqui em baixo”, diz moradora de favela alvejada por tiros vindos de torre da polícia

“Eles são os caçadores e nós somos bichos aqui em baixo”, diz moradora de favela alvejada por tiros vindos de torre da polícia

José Cícero da Silva e Natalia Viana – Pública teve acesso ao relatório feito por Defensorias na favela de Manguinhos, no Rio de Janeiro, onde moradores acusam policiais civis de usar atiradores ‘snipers’ contra jovens. Desde setembro do ano passado, moradores da favela de Manguinhos, na zona norte do Rio de Janeiro, relatam uma situação … Continue lendo »
O novo contrabando de Moro

O novo contrabando de Moro

João Telésforo – Pacote “anticrime” do ministro inclui medida que, copiada dos EUA, ataca garantias civis, produz encarceramento em massa e vitima, em especial, negros e pobres. Há alternativas. Entre as propostas apresentadas pelo Ministro Sérgio Moro na segunda-feira, 4 de fevereiro, como parte de seu pacote de medidas “anticrime”, uma das mais graves e … Continue lendo »
Mulheres vítimas de agressões anteriores têm 151 vezes mais chance de morrer por homicídio ou suicídio

Mulheres vítimas de agressões anteriores têm 151 vezes mais chance de morrer por homicídio ou suicídio

Patrícia Figueiredo – Estatística faz parte de dados compilados, cruzados e analisados pelo Ministério da Saúde, que serão publicados em março. As mulheres brasileiras adultas que registraram episódios de violência nos serviços de saúde públicos têm chance 151,5 vezes maior de morrer por homicídio ou suicídio em comparação com a população feminina geral. Os homicídios … Continue lendo »
“No Rio de Janeiro a milícia não é um poder paralelo. É o Estado”

“No Rio de Janeiro a milícia não é um poder paralelo. É o Estado”

Mariana Simões – Em entrevista, sociólogo José Cláudio Souza Alves, que estuda as milícias há 26 anos, explica as relações entre legisladores e milicianos e diz que a família Bolsonaro é herdeira política de deputados ligados a grupos de extermínio nos anos 90. Na semana passada, a operação “Os Intocáveis” prendeu integrantes da milícia que … Continue lendo »
Uma em cada quatro mulheres vítimas de tiro morre em casa

Uma em cada quatro mulheres vítimas de tiro morre em casa

Fabiana Cambricoli e Rene Moreira – O balanço mostra que dos 46.881 homens mortos por armas de fogo em 2017, último dado disponível no sistema, 10,6% morreram dentro de casa. No caso das 2.796 mulheres mortas da mesma forma, 25% foram vitimadas em domicílio. A diferença de locais de ocorrência de mortes de homens e mulheres reafirma estatísticas criminais já … Continue lendo »