Os economistas do sistema também tremem

Os economistas do sistema também tremem

Eleutério F. S. Prado – Num curioso artigo, dois deles admitem — oh! — que o domínio do capital financeiro provoca instabilidades e crises. Mas logo propõem uma “saída”. Mudanças? Nunca: que as sociedades salvem os bancos! Dois macroeconomistas consagrados na academia norte-americana, Olivier Blanchard e Lawrence Summers[1], juntaram-se para escrever uma proposta de reformulação das … Continue lendo »
O fracasso da política monetária de Michel Temer

O fracasso da política monetária de Michel Temer

José Martins – Ocorreram modificações importantes com as taxas reais de juros internacionais, quatro meses depois que analisamos o mesmo assunto em nosso boletim “Por que o Brasil das ‘reformas’ não vai sair do buraco? Dê uma olhada no ranking mundial de juros reais”. É muito importante atualizar agora os números utilizados naquela análise sobre o rígido … Continue lendo »
Copom e juros reais

Copom e juros reais

Paulo Kliass – As páginas de economia e os comentaristas especializados dos grandes jornalões só fazem comemorar a decisão da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central. Afinal, não é pra menos. Há meses que o governo de Temer e Meirelles vem garimpando arduamente, a cada dia que passa, alguma notícia … Continue lendo »
Histeria contra corrupção encobre nossos reais dilemas

Histeria contra corrupção encobre nossos reais dilemas

Marcos Verlaine – Essa histeria de setores da sociedade brasileira contra a corrupção, estimulada pela grande mídia, ajuda a esconder o debate que de fato interessa ao povo brasileiro. Os números são reveladores. Vamos compará-los, refletir sobre e questioná-los. Isto poderá ajudar a entender a quem interessa esse “não debate” que consome o país. E por … Continue lendo »
A difícil decolagem do PIB brasileiro

A difícil decolagem do PIB brasileiro

Fernando Grossmann – O crescimento residual de 0,2% do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro no 2º trimestre/2017 veio mais fraco do que o minguado 1,0% do trimestre anterior. No entanto, os economistas em geral estão considerando (e comemorando efusivamente) o residual 0.2% como mais positivo que o minguado 1,0%. Justificam a euforia pelo fato do “consumo … Continue lendo »
Golpe foi dado por “velhos aristocratas”, diz fundador do Ratos de Porão

Golpe foi dado por “velhos aristocratas”, diz fundador do Ratos de Porão

Júlio Carignano – João Carlos Molina Esteves, o Jão, falou sobre o movimento punk, política e projetos futuros João é fundador da lendária banda criada em 1981 em meio a explosão do movimento punk “Foi um golpe de velhos aristocratas que não querem ver pobre em avião. Para eles pobre tem que andar de ônibus, tem … Continue lendo »
Com os pés no chão e sem medo de lutar

Com os pés no chão e sem medo de lutar

Juliano Medeiros – O ano de 2017 está chegando ao fim. Foi um ano marcado por retrocessos, como a implementação da Emenda Constitucional 95, que congela os investimentos públicos por 20 anos, a reforma trabalhista, que retira conquistas históricas dos trabalhadores e trabalhadoras, a mudança no regime de exploração do pré-sal —da partilha para a … Continue lendo »
Pode o subalterno lutar?

Pode o subalterno lutar?

Ruy Braga – Livro de Jessé Souza sobre a elite do atraso falha ao desprezar a capacidade de mobilização política das massas populares. Estou entre aqueles que consideram urgente repensar as classes brasileiras à luz da globalização capitalista. Nos últimos 25 anos, o país passou por profundas mudanças, com especial impacto nas classes subalternas. Nesse … Continue lendo »