Nobel de Medicina vai para descobertas sobre relógio biológico

Nobel de Medicina vai para descobertas sobre relógio biológico

Fábio de Castro – Os americanos Jeffrey Hall, Michael Rosbash e Michael Young desvendaram os mecanismos moleculares que controlam os ritmos circadianos, explicando assim como plantas, animais e humanos sincronizam seu ciclo biológico à rotação do planeta Os vencedores do Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina de 2017 são os americanos Jeffrey Hall, Michael Rosbash e Michael … Continue lendo »
O MBL E AS NOVAS SENHORAS DE SANTANA

O MBL E AS NOVAS SENHORAS DE SANTANA

João Filho – Nos anos 1980, senhoras católicas do bairro de Santana em São Paulo se juntaram para protestar contra o que consideravam imoral na programação da TV brasileira. Ficaram conhecidas como as “Senhoras de Santana”, uma espécie de TFP formado só por velhinhas. Um dos principais alvos do grupo era o programa TV Mulher da Rede Globo, … Continue lendo »
Somos todos doentes

Somos todos doentes

MILLY LACOMBE – Aqui estamos outra vez divididos. De um lado, a bancada evangélica pregando a cura gay e buscando, com êxito, apoio das instituições. Do outro, os que concordam com a ciência e entendem que a homossexualidade não é diferente da heterossexualidade. “Para criaturas tão pequenas como somos essa vastidão é suportável apenas através do amor”, … Continue lendo »
Como foi criada a heterossexualidade como a conhecemos hoje

Como foi criada a heterossexualidade como a conhecemos hoje

Brandon Ambrosino – A heterossexualidade não “estava simplesmente lá” desde sempre – e não há por que imaginar que sempre estará O dicionário médico Dorland, de 1901, definiu a heterossexualidade como “um apetite anormal ou pervertido em relação ao sexo oposto”. Mais de duas décadas depois, em 1923, o dicionário Merriam Webster definia a orientação sexual … Continue lendo »
A teimosia do cérebro

A teimosia do cérebro

Gláucia Leal – A maioria das pessoas não percebe é que um aspecto que nos faz nos apegarmos a certos pontos de vista (em detrimento de outros, mais eficientes) está diretamente relacionado com nosso próprio funcionamento cerebral. Todo mundo quer acertar. Não importa a área da vida – ansiamos por ter ideias inteligentes, fazer a melhor … Continue lendo »
“O maior problema da educação é a tradição”

“O maior problema da educação é a tradição”

GIULIANA VIGGIANO – Jonathan Bergman, criador da Sala de Aula Invertida, acredita que o medo de mudar prejudica o aprendizado Existe uma grande inquietação da sociedade acadêmica quando o assunto é ensinar e aprender. Uma série de novas hipóteses têm sido lançadas e experimentadas para tentar fazer com que os alunos, jovens ou não, tenham mais … Continue lendo »
Agnes Heller: “A maldade mata, mas a razão leva a coisas mais terríveis”

Agnes Heller: “A maldade mata, mas a razão leva a coisas mais terríveis”

GUILLERMO ALTARES – A pensadora Agnes Heller diz que a Europa é hoje melhor, mas diz que o nacionalismo ainda impera Agnes Heller (Budapeste, 1929) resume a história da Europa, ou melhor, a tragédia da Europa. Esta filósofa, uma das pensadoras mais influentes da segunda metade do século XX, sobreviveu ao Holocausto, embora seu pai tenha … Continue lendo »
O perigoso narcisismo de João Dória

O perigoso narcisismo de João Dória

Fran Alavina – Tudo é simulacro nas postagens obsessivas do suposto “trabalhador”. Mas desvincular imagem de realidade pode ser eficaz, em tempos de política do espetáculo. Os leitores de OutrasPalavras lembram-se de que acompanhamos criticamente o “fenômeno” Doria desde a campanha para o último pleito municipal. Em sua primeira fase, nosso ovacionado prefeito notabilizou-se por unir … Continue lendo »
7 de setembro: Diz que ama o país, mas pensa só em si e o resto que se dane

7 de setembro: Diz que ama o país, mas pensa só em si e o resto que se dane

Leonardo Sakamoto – Nunca consegui entender as pessoas que saem enroladas em bandeiras verde e amarelas. Amor ao país? Pode ser. Mas acho que o querer-bem a um determinado lugar se traduz através de ações individuais e coletivas para torná-lo melhor para se viver e não entulhando bandeirinhas no carro ou pendurando flâmulas na sacada … Continue lendo »