Que as Crianças Cantem Livres

Taiguara, no show “Treze Outubros”, conta uma anedota, embora divertida, sobre seu contato com umas das censoras nos tristes tempos da ditadura. – o relato se refere a cancão “Nova York” – algo que o clip não permite deixar exatamente claro. O incomodo em questão, e’ a presença da palava “Policia”, entres as outras “po” e “poluição”. Citando a necessidade de preservar o recurso poético sendo utilizado, a aliteração, Taiguara sugere canta-la então em na língua Inglesa – desde que a letra da cancão de fato se refere a cidade de Nova York – e a censora permite que assim a cancão “passe”; embora foneticamente o trecho, mesmo com a palavra registrada em inglês, possui o mesmo som que o original “o po, a policia (*police e a) e a poluição” – proporcionando assim, o mesmo obvio resultado.

Apos o relato, Taiguara, ao piano, canta a bela “Que as crianças cantem livres”.

 

Responda