Mapa de sangue

Mapa de sangue

Marcos Rolim – A realidade que emerge desses estudos mostra que ocorrências em que um bandido foi morto por um cidadão armado são casos extremamente raros. O infográfico mostra os incidentes com disparos de armas de fogo noticiados nos primeiros seis meses deste ano, até o dia 28 de junho. Até essa data, foram 26.487 … Continue lendo »
“A vida não pode ser trabalhar a semana inteira e ir ao supermercado no sábado”

“A vida não pode ser trabalhar a semana inteira e ir ao supermercado no sábado”

ADELINE MARCOS – Paleoantropólogo Juan Luis Arsuaga, que acaba de publicar um livro, tenta desvendar o sentido da vida: “Deve haver algo mais… E essa outra coisa se chama cultura. É a música, a poesia, a natureza, a beleza…” As escavações na jazida arqueológica de Atapuerca em Burgos começaram no final dos anos setenta. Em 1982 se … Continue lendo »
11,1% de todas as pessoas no mundo passam fome

11,1% de todas as pessoas no mundo passam fome

Reconta Aí – Na América Latina, a desigualdade econômica e social faz com que mulheres sejam as maiores vítimas. A estagnação econômica dos países de renda média e dependentes da exportação de matérias-primas, como o Brasil, estão aumentando a concentração de renda, a pobreza e a fome. Segundo relatório da Organização das Nacões Unidas (ONU) divulgado ontem, … Continue lendo »
Chico de Oliveira (1933-2019)

Chico de Oliveira (1933-2019)

Blog da Boitempo – Nas­cemos, como todos os países da Amé­rica, dos do­lo­rosos e cruéis pro­cessos de for­mação do Novo Mundo a partir das des­co­bertas (?) ibé­ricas. Co­nosco, re­nasceu também o Velho Mundo. Uma ex­tra­or­di­nária com­bi­nação: o novo, fi­nan­ci­ando a acu­mu­lação de ca­pital – numa época em que os me­tais pre­ci­osos eram a forma por … Continue lendo »
“A prisão não é recomendada para ninguém”, diz juiz criminal

“A prisão não é recomendada para ninguém”, diz juiz criminal

ALEXANDRE PUTTI – Indo na contramão da onda punitivista, o juiz João Marcos Buch defende alternativas à prisão e políticas para garantir os direitos humanos. “Bandido bom é bandido morto.” A frase virou uma espécie de mantra entre aquela turma formada por cidadãos de bem e exaltada pelo grupo que ocupa, faz pouco mais de … Continue lendo »
No debate sobre redução da maioridade penal, é falso dizer que os adolescentes que cometem crimes ficam impunes

No debate sobre redução da maioridade penal, é falso dizer que os adolescentes que cometem crimes ficam impunes

Renato Sérgio de Lima – Por Liana de Paula. Professora da Universidade Federal de São Paulo – Unifesp, pesquisadora do sistema socioeducativo brasileiro há quase 20 anos e autora do livro Punição e cidadania: adolescentes e liberdade assistida na cidade de São Paulo (Alameda Editorial). Em vários cantos do Brasil, vivemos e convivemos com o medo … Continue lendo »
A superação do trabalho: um olhar alternativo para além do capitalismo

A superação do trabalho: um olhar alternativo para além do capitalismo

Robert Kurz e Norbert Trenkle – “A superação do trabalho não significa uma simples redução quantitativa do tempo de trabalho por meio da ‘automação total’ (sem consideração pelo conteúdo), mas libertar todas as atividades sociais do seu conteúdo abstrato, dessensibilizado, meramente acidental em relação à indiferença da forma.” O texto “A superação do trabalho” apareceu em … Continue lendo »
Marco regulatório para o saneamento: retrocesso na universalização do serviço

Marco regulatório para o saneamento: retrocesso na universalização do serviço

Ana Lucia Britto – Aprovado pelo Senado, texto diz que companhias estaduais podem fechar contratos com municípios sem participar de concorrências. Fica claro que a lei de saneamento básico está alinhada com o projeto político neoliberal iniciado no governo Temer e reforçado no atual governo. Uma das mazelas do país é ausência de acesso ao … Continue lendo »
O Almirante Negro e a censura na ditadura militar

O Almirante Negro e a censura na ditadura militar

Ricardo Correa – Nos anos 70, em pleno regime militar, os compositores Aldir Blanc e João Bosco escreveram a canção “O Mestre-Sala dos Mares” homenageando o marinheiro João Cândido, mais conhecido como Almirante Negro. Uma atitude deveras ousada, diga-se de passagem. Naquele período a liberdade de expressão sofria forte censura e a brutal violência do regime não dava … Continue lendo »