Dez conselhos para os militantes da esquerda

Dez conselhos para os militantes da esquerda

Frei BETTO – Pontos para reflexão. 1. Mantenha viva a indignação. Verifique periodicamente se você é mesmo de esquerda. Adote o critério de Norberto Bobbio: a direita considera a desigualdade social tão natural quanto a diferença entre o dia e a noite. A esquerda encara-a como uma aberração a ser erradicada. Cuidado: você pode estar … Continue lendo »
Os erros de estratégia se pagam

Os erros de estratégia se pagam

Valerio Arcary – Os erros de es­tra­tégia se pagam. In­sistir na mesma es­tra­tégia, tro­cando os lí­deres, não terá outro de­sen­lace senão novas der­rotas. As vir­tudes dos ho­mens são se­me­lhantes ao voo dos pás­saros. A ave que se ha­bitua com a pai­sagem ras­teira, perde o gosto pela al­tura. Sa­be­doria po­pular in­diana A úl­tima se­mana foi triste. … Continue lendo »
Meirelles, o presidente invisível

Meirelles, o presidente invisível

Samuel Pinheiro Guimarães – Enquanto país se distrai com o futuro de Temer e a “agenda da corrupção”, um homem comanda, em nome da aristocracia financeira e da mídia, as contrarreformas que realmente importam ao Mercadoo 1. Henrique Meirelles, ministro da Fazenda, ex-presidente do Bank of Boston e durante vários anos presidente do Conselho da J … Continue lendo »
‘Muitos ricos se comportam como o crime organizado’, diz jornalista que investigou quadrilhas no mundo todo

‘Muitos ricos se comportam como o crime organizado’, diz jornalista que investigou quadrilhas no mundo todo

Juan Carlos Pérez Salazar – Dos Balcãs ao Brasil, o jornalista britânico Misha Glenny, ex-correspondente de guerra da BBC, observa de perto há 25 anos as emaranhadas redes do crime organizado e como elas espalham tentáculos pelo mundo. Ele testemunhou como a guerra civil que dividiu a Iugoslávia também serviu para criar nos Balcãs “uma máquina … Continue lendo »
RECLAMAR MENOS, ATUAR MAIS

RECLAMAR MENOS, ATUAR MAIS

Frei Betto – Quando me perguntam sobre o Brasil, respondo que não vejo luz no fim do túnel porque nem mesmo enxergo o túnel… Não lembro de ter vivido conjuntura tão incerta. Na ditadura os atores, de um lado e outro, eram definidos. Agora não. Há um assombroso retrocesso no país, e é praticamente insignificante a … Continue lendo »
Por onde andam os manifestantes vestidos de verde e amarelo?

Por onde andam os manifestantes vestidos de verde e amarelo?

Rafael Tatemoto – Para pesquisadora, movimentos de direita usaram discurso anticorrupção como pretexto político para agenda neoliberal Em meio a escândalos de corrupção que envolvem diretamente o presidente Michel Temer (PMDB), uma pergunta ronda a cabeça de muitas pessoas: por que as manifestações de rua contra a corrupção cessaram? Algumas respostas já apareceram. Em declarações ao jornal Valor … Continue lendo »
“O imaginário do estado-nação não é um imaginário alternativo ao neoliberalismo”

“O imaginário do estado-nação não é um imaginário alternativo ao neoliberalismo”

AMADOR FERNÁNDEZ-SAVATER – Pensadores marxistas franceses argumentam que figuras como Trump e Le Pen tendem a promover políticas que aprofundam o neoliberalismo em seus países. Como material complementar à 5ª edição da Revista Movimento, publicamos em tradução inédita ao português entrevista com o sociólogo Christian Laval e o filósofo Pierre Dardot. A dupla intelectual francesa tem se … Continue lendo »
“O PT já cumpriu seu ciclo na história do Brasil”

“O PT já cumpriu seu ciclo na história do Brasil”

Gabriel Brito – Um dos úl­timos fios de es­pe­rança de toda uma ge­ração de mi­li­tantes, a cha­mada “au­to­crí­tica” do Par­tido dos Tra­ba­lha­dores ja­mais ocor­rerá. Foi essa a prin­cipal men­sagem do 6º Con­gresso do par­tido, re­a­li­zado em junho. O Cor­reio da Ci­da­dania pu­blica en­tre­vista com o his­to­ri­ador Lin­coln Secco, autor do livro “A his­tória do PT”, fruto … Continue lendo »