NÃO FOI A CULTURA PORTUGUESA QUE MOLDOU O BRASIL; FOI A ESCRAVIDÃO

NÃO FOI A CULTURA PORTUGUESA QUE MOLDOU O BRASIL; FOI A ESCRAVIDÃO

Weez – A escravidão existiu em Portugal, mas de maneira marginal e temporária, já no Brasil a instituição da escravidão foi essencial para moldar a nossa cultura. Sempre, desde pequenos, nós escutamos que a sociedade brasileira foi moldada pela cultura portuguesa. Principalmente quando se trata de explicar o Estado brasileiro: algo inevitavelmente corrupto e patrimonialista, logo uma autêntica … Continue lendo »
Adeus às ilusões!

Adeus às ilusões!

Wladimir Pomar – Por in­crível que possa pa­recer, ainda havia gente que nu­tria ilu­sões sobre o re­sul­tado do ha­beas corpus im­pe­trado pelos ad­vo­gados de Lula. Acre­di­tavam pi­a­mente que a mai­oria dos juízes do STF man­teria a fa­mosa cláu­sula pé­trea da su­po­sição da ino­cência até o jul­ga­mento de todos os re­cursos pre­vistos em lei. Ou seja, ainda … Continue lendo »
Reflexões sobre a crise

Reflexões sobre a crise

Roberto Savio – É possível separar os pontos importantes de reflexão e debate, para que possamos nos concentrar neles, com a esperança de que nos conduzam a outras reflexões e pontos de vista. Agora já está claro que estamos num período de transição, embora ainda sem saber para onde vamos. O que parece evidente é … Continue lendo »
“Com Lula preso, eleição não resolverá crise brasileira”, diz historiador José Murilo de Carvalho

“Com Lula preso, eleição não resolverá crise brasileira”, diz historiador José Murilo de Carvalho

Flavio Costa – “A nossa crise atual vai se prolongar bastante. Certamente, as eleições sem Lula não vão resolvê-la”, afirma o historiador e cientista político José Murilo de Carvalho, 78, ao tomar conhecimento do decreto de prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), determinado neste final de tarde de quinta-feira (5) pelo juiz federal … Continue lendo »
Aos que defendem a volta da ditadura

Aos que defendem a volta da ditadura

ELIANE BRUM – Eles eram 400 nas ruas de São Paulo, no primeiro sábado de dezembro, pedindo intervenção militar. Quatrocentos não é pouco. Um é muito. Quando escuto brasileiros fazendo manifestação pela volta da ditadura, penso que eles não podem saber o que estão dizendo. Quem sabe, não diz. Mas esse primeiro pensamento é uma mistura de … Continue lendo »
São Bernardo, 1978-2018

São Bernardo, 1978-2018

André Singer – Lulismo não morre com a condenação do ex-torneiro mecânico, mas terá que se reinventar. No dia 12 de maio de 1978 começava a greve da Scania-Vabis em São Bernardo do Campo. Era a primeira paralisação operária desde 1968 e o sucesso dos trabalhadores do setor automobilístico mudaria a história do país. A … Continue lendo »
O que está em jogo na atual crise brasileira: a recolonização ou refundação?

O que está em jogo na atual crise brasileira: a recolonização ou refundação?

Leonardo Boff – A derrota de Lula no STF a propósito da rejeição do habeas corpus e sua eventual prisão, revela a volta das forças do atraso que perpetraram o golpe parlamentar, jurídico e mediático contra Dilma Rousseff em 2016. A grande questão não se restringe à difamação de nosso maior líder, condenado sem provas cogentes e o sangramento do PT. Dois projetos … Continue lendo »
Um atentado à democracia

Um atentado à democracia

Guilherme Boulos e Manuela D’Ávila – Os tempos em que vivemos representam o maior ataque à democracia desde o fim da ditadura militar. O golpe parlamentar que colocou Temer no poder, a execução de Marielle Franco e Anderson Gomes e a ofensiva contra Lula, do atentado a sua caravana à absurda e ilegal decisão de prendê-lo, … Continue lendo »
Psicográficos: a análise comportamental que ajudou a Cambridge Analytica a conhecer as mentes dos eleitores

Psicográficos: a análise comportamental que ajudou a Cambridge Analytica a conhecer as mentes dos eleitores

Michael Wade – A Cambridge Analytica foi contratada para a campanha de Trump e forneceu uma nova arma para a máquina eleitoral. Enquanto usava segmentos demográficos para identificar grupos de eleitores, tal como na campanha de Clinton, a Cambridge Analytica também segmentou através de psicográficos. Os acordos entre a Cambridge Analytica e o Facebook que … Continue lendo »
No último ano de vida, Martin Luther King passou a ser detestado pela elite liberal dos EUA

No último ano de vida, Martin Luther King passou a ser detestado pela elite liberal dos EUA

Zaid Jilani – A Guerra do Vietname já preocupava King há alguns anos. À medida que o conflito se arrastava, King sentiu que não tinha escolha e precisava denunciar a guerra publicamente. A reação da elite liberal veio com toda a força. Em 1999, uma sondagem do instituto Gallup apontou as pessoas mais admiradas pelos … Continue lendo »