Cobaias e placebos

Cobaias e placebos

Salomão Barros Ximenes – Em SP, políticos e banqueiros forjam ensaio clínico com o futuro dos estudantes. Novo contrato de Parceria Público-Privada da Secretaria de Educação estabelece relação pública perde-perde, perdem os “estudantes-cobaia”, perdem os “estudantes-placebo”, perde o Estado imobilizado por 4 anos em sua atuação precípua em escolas prioritárias. Só não perdem os ganhadores de … Continue lendo »
A Finlândia irá se tornar o primeiro país a abolir a divisão do conteúdo escolar em matérias no mundo

A Finlândia irá se tornar o primeiro país a abolir a divisão do conteúdo escolar em matérias no mundo

Vicente Carvalho – Imagine uma cena como essa: [1] A campainha toca, mas, em vez da aula de História, começa a aula de “Primeira Guerra Mundial”, planejada em conjunto pelos professores especialistas em História, Geografia, Línguas Estrangeiras e (por que não?) pelo professor de Física que achou que seria uma boa oportunidade para trabalhar os conceitos … Continue lendo »
O que pensa quem não quer discutir gênero

O que pensa quem não quer discutir gênero

Rodrigo Ratier – Pesquisa com manifestantes contrários à filósofa Judith Butler revela ideias equivocadas sobre o tratamento do tema nas escolas. “Menino nasce menino”, “menina nasce menina”, “xô, Judith” – e, claro, “não à ideologia de gênero”. Com mensagens desse teor, um grupo de manifestantes recepcionou a filósofa americana Judith Butler num evento em São … Continue lendo »
2 em 3 alunos de universidades federais são das classes D e E

2 em 3 alunos de universidades federais são das classes D e E

Lígia Formenti, Isabela Palhares e Victor Vieira – Número aumentou em 4 anos, enquanto caiu a fatia dos estudantes com renda acima de dez salários. O total de estudantes das classes D e E em universidades federais brasileiras aumentou entre 2010 e 2014, segundo pesquisa feita pela Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de … Continue lendo »
A escolarização dos mais pobres

A escolarização dos mais pobres

Otaviano Helene – Neste ter­ceiro ar­tigo de uma pe­quena série sobre a edu­cação bra­si­leira, será exa­mi­nada uma de suas ca­rac­te­rís­ticas mais per­versas e da­nosas para o fu­turo do país e a cons­trução da de­mo­cracia: a de­si­gual­dade. A de­si­gual­dade edu­ca­ci­onal está re­la­ci­o­nada com a de­si­gual­dade na dis­tri­buição de renda no país, pois ambas, em um país … Continue lendo »
Especialistas rebatem relatório do Banco Mundial que prega o fim do ensino superior gratuito

Especialistas rebatem relatório do Banco Mundial que prega o fim do ensino superior gratuito

Rebeca Letieri – Exemplos nos EUA mostram como mudança pode elitizar e restringir o acesso à educação “O que está em jogo é um duplo assalto: a desfiguração do ensino superior público brasileiro, onde se produz ciência nesse país, e a transformação em um sistema totalmente comandado pelos grandes monopólios das universidades privadas lucrativas”, enfatizou o professor de … Continue lendo »
Por que o governo pretende barrar novos cursos de medicina por 5 anos

Por que o governo pretende barrar novos cursos de medicina por 5 anos

Murilo Roncolato – O Ministério da Educação encaminhou ao presidente Michel Temer proposta de decreto que suspende a criação de novos cursos de medicina no Brasil pelos próximos cinco anos. Segundo o ministro José Mendonça Filho (DEM-PE), a medida visa congelar a “expansão de vagas de forma desordenada” que, segundo ele, “pode colocar em risco a qualidade de … Continue lendo »
Freyre: “nas senzalas da Bahia de 1835 havia mais gente sabendo ler do que nas casas-grandes”

Freyre: “nas senzalas da Bahia de 1835 havia mais gente sabendo ler do que nas casas-grandes”

Cynara Menezes – A quem interessa a persistência do mito de que todo africano que veio escravizado para o Brasil era “selvagem”? Um dos mitos mais persistentes sobre a escravidão é a de que os negros que foram trazidos à força para o Brasil vieram exclusivamente para trabalhar na lavoura e na cozinha das casas-grandes … Continue lendo »
Superar a evasão antes do final do ensino fundamental

Superar a evasão antes do final do ensino fundamental

Otaviano Helene – Este é o se­gundo ar­tigo de uma pe­quena série na qual se pre­tende ana­lisar in­for­ma­ções edu­ca­ci­o­nais, fazer di­ag­nós­ticos e apontar pos­sí­veis so­lu­ções para os pro­blemas iden­ti­fi­cados. Em um ar­tigo an­te­rior, foi apre­sen­tado um di­ag­nós­tico breve e geral da edu­cação bra­si­leira (1). Entre os pro­blemas mais graves apon­tados na­quele ar­tigo está a evasão … Continue lendo »
Professor tem formação melhor na rede pública do que na particular

Professor tem formação melhor na rede pública do que na particular

ÉRICA FRAGA – Os professores da educação infantil e dos primeiros anos do ensino fundamental que lecionam na rede pública têm melhor formação teórica do que seus pares das escolas privadas. Isso vale para duas métricas: percentual de docentes com ensino superior completo e com currículo adequado ao que a lei determina.Formação universitária apropriada para … Continue lendo »