O Golpe no Brasil e a reorganização imperialista em tempo de globalização

O Golpe no Brasil e a reorganização imperialista em tempo de globalização

Barnabé Medeiros Filho – O modelo de golpe aplicado no Brasil, complexo e sofisticadamente maleável, talvez já tenha sido transformado em manual para ser levado a outros países, tal como as fórmulas desenvolvidas para as revoluções coloridas e para os golpes em Honduras e Paraguai foram aqui utilizados. A grande pergunta é até onde o capitalismo … Continue lendo »
Bolsonaro e o obscurantismo global

Bolsonaro e o obscurantismo global

Rafael R. Ioris – A Casa de Rio Branco já foi um centro agregador de erudição e humanismo. Desde Joaquim Nabuco a Guimarães Rosa e outros, pensadores corajosos e criativos encontraram na instituição acolhida intelectual e intercâmbio de ideias. Mesmo pensadores nem sempre alinhados com o chamado mainstream da diplomacia realista, poetas como Vinícius de Moraes e … Continue lendo »
De onde vieram e para onde irão os deputados federais eleitos pelo PSL?

De onde vieram e para onde irão os deputados federais eleitos pelo PSL?

VICTOR PICCHI GANDIN – Passada a eleição e a meio caminho da posse dos deputados federais eleitos em 2018 (marcada para 1º de fevereiro de 2019), duas coisas chamam a atenção: a expressiva votação dos deputados do Partido Social Liberal (PSL), que se tornou a segunda maior bancada da Câmara, e a falta de coesão de parte … Continue lendo »
Europa sempre foi povoada por diversas etnias, ao contrário do que pensam supremacistas brancos

Europa sempre foi povoada por diversas etnias, ao contrário do que pensam supremacistas brancos

Edison Veiga – A Europa vive momentos de tensão xenófoba. Mas, conforme indicam pesquisadores, diferentemente do que os supremacistas brancos costumam repetir, o continente não era um reduto exclusivo de caucasianos que só passou a receber imigrantes de outras etnias nas últimas décadas. “Mas é importante ter em mente que ‘raça’ é uma construção social … Continue lendo »
Capitalismo democrático. O fim de uma exceção histórica?

Capitalismo democrático. O fim de uma exceção histórica?

Jean-Fabien Spitz – O capitalismo e a democracia pareciam fazer até recentemente um bom casamento. Mas, hoje o divórcio se consumou. O mercado vai muito bem, mas os regimes autoritários florescem no mundo como um todo e o desinteresse pelos direitos dos indivíduos continua a crescer. Por ocasião do bicentenário da Revolução Francesa e da … Continue lendo »
Novo governo não é retrocesso; é renovação ampliada da dependência brasileira

Novo governo não é retrocesso; é renovação ampliada da dependência brasileira

Maria Orlanda Pinassi – Por tudo que está acon­te­cendo e tudo o que ainda está por vir, é muito im­por­tante parar para re­fletir sobre o sen­tido da tra­gédia que de­sabou sobre nós neste úl­timo dia 28 de ou­tubro. De que serve dizer a ver­dade sobre o fas­cismo que se con­dena se nada se diz contra … Continue lendo »
A real história dos golpes no Brasil

A real história dos golpes no Brasil

Sebastião Costa – 2016: Quem deu o mote para incinerar 54 milhões de votos foi Jucá: ” …tem que resolver essa porra. Tem que mudar o governo para estancar a sangria”. E antes, como aconteceram os golpes? Não se pode entender as turbulências que marcaram o nosso país nos últimos anos sem uma devida compreensão … Continue lendo »
Exposição à poluição é desigual na cidade de São Paulo

Exposição à poluição é desigual na cidade de São Paulo

Maria Fernanda Ziegler– Há desigualdade em São Paulo também quando o assunto é poluição do ar. Passageiros de ônibus que fazem longos trajetos diários estão mais expostos à poluição que motoristas de carro ou passageiros de metrô. Há também uma diferença significativa entre os níveis de poluição em locais como faixas de ônibus, pontos de … Continue lendo »
Algumas medidas de Bolsonaro para a segurança são medievais, diz procurador

Algumas medidas de Bolsonaro para a segurança são medievais, diz procurador

Teo Cury – Procurador federal dos Direitos do Cidadão, Domingos Sávio Dresch da Silveira, 56, avalia que adotar o encarceramento indiscriminado como política de segurança pública “nunca foi e não é a solução”, além de ser “muito caro”. Ocupando o segundo posto na hierarquia da Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão, órgão ligado à Procuradoria-Geral … Continue lendo »
Moradia: 27 milhões vivem em local inadequado e 10 milhões têm aluguel excessivo

Moradia: 27 milhões vivem em local inadequado e 10 milhões têm aluguel excessivo

Redação RBA – De acordo com o IBGE, 12 milhões moravam em residências com mais de três pessoas por dormitório. E 35% tinham restrição de acesso a serviço de esgoto sanitário Segundo IBGE, 10 milhões de pessoas comprometiam mais de 30% da renda familiar para pagar aluguel em 2017 Vinte e sete milhões de pessoas, … Continue lendo »
O governo Bolsonaro, o neofascismo e a resistência democrática

O governo Bolsonaro, o neofascismo e a resistência democrática

Luiz Filgueiras e Graça Druck – O golpe parlamentar-midiático-judiciário de 2016, levado a cabo com o impeachment da presidenta, embora tendo uma confluência de vários interesses, deu voz, sobretudo, a uma nova direita no Brasil, em especial parindo o movimento neofascista que ora nos defrontamos Mesmo antes do término das eleições estava claro que, independentemente de … Continue lendo »
Fugindo do xis da questão

Fugindo do xis da questão

Daniel Barros – Escola sem Partido deixa de lado o que importa Já passou da hora de tratarmos a discussão pública sobre política educacional com mais sensatez. No Brasil, dois terços dos estudantes no fim do ensino fundamental, portanto com cerca de 15 anos, não conseguem identificar quantas moedas de R$ 0,25 são necessárias para pagar … Continue lendo »
Governo Bolsonaro: 54 milhões de pobres e mais cinco desafios que o presidente eleito enfrentará em 2019

Governo Bolsonaro: 54 milhões de pobres e mais cinco desafios que o presidente eleito enfrentará em 2019

Matheus Magenta e Juliana Gragnani – Em 2016, o Brasil tinha 52,8 milhões de pessoas pobres (25,7% da população). Em 2017, esse número cresceu para 54,8 milhões (26,5%) Mais pessoas ficaram pobres e desassistidas no Brasil entre 2016 e 2017. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta quarta-feira uma série de indicadores sociais … Continue lendo »
Bem-vindos à Escola Sem Partido

Bem-vindos à Escola Sem Partido

Guilherme Boulos — Imaginemos o primeiro dia nas escolas depois da aprovação da nova doutrina do “Brasil acima de todos, Deus acima de tudo” Um futuro distópico Em alguma escola desta terra sofrida chamada Brasil, quando ficção e realidade já não se distinguem mais: ‒ Hoje é um momento muito especial para nossa escola. É o … Continue lendo »

Contato

Arquivo

Postagens anteriores

Busca