Os “dejeitos” da mineração no Brasil

Os “dejeitos” da mineração no Brasil

Alessandra Cardoso – Nesse momento, cabe uma reflexão febril sobre como excrementos da mineração se multiplicaram tão rapidamente no Brasil nos últimos 15 anos, sob influência do chamado ciclo de commodities minerais. Impossível evitar o uso da palavra criada pelo presidente Bolsonaro em seu primeiro pronunciamento sobre o rompimento da barragem da Vale S.A, em Brumadinho (MG), … Continue lendo »
Ocupar propriedade não é terrorismo, diz ex-Relator Especial da ONU

Ocupar propriedade não é terrorismo, diz ex-Relator Especial da ONU

Mariana Simões – Especialista que estabeleceu parâmetros internacionais para legislações diz que governo Bolsonaro deve usar Lei Anti-terrorismo de maneira “oportunista”. Na última quinta-feira, o presidente Jair Bolsonaro afirmou em uma transmissão ao vivo pelo Facebook que nas próximas semanas o governo está escrevendo um novo projeto de lei para tornar ocupações de terra como … Continue lendo »
Lógica do poder

Lógica do poder

Frei Betto – Uma ob­ser­vação de Vol­taire (1694-1778) res­salta por que tantas pes­soas emitem ofensas nas redes di­gi­tais e, assim, re­velam mais a res­peito do pró­prio ca­ráter do que do perfil de quem é des­res­pei­tado. “Nin­guém se en­ver­gonha do que faz em con­junto”, es­creveu em “Deus e os ho­mens”. Isso ex­plica a in­sa­ni­dade dos lin­cha­mentos … Continue lendo »
Jesus não morreu pelos “nossos pecados”, mas por ter enfrentado o sistema vigente de sua época

Jesus não morreu pelos “nossos pecados”, mas por ter enfrentado o sistema vigente de sua época

Wanderson Dutch – Quando você pergunta a um cristão porque Jesus morreu na cruz, eles quase automaticamente responderão “para pagar pelos nossos pecados”. Isso se tornou uma crença cristã profundamente enraizada que é amplamente ensinada nas igrejas do mundo todo. Esta ideia foi aceita por muitos como a verdadeira doutrina cristã e passada de geração … Continue lendo »
A reação dos ricos ao incêndio de Notre Dame nos ensina muito sobre o mundo em que vivemos

A reação dos ricos ao incêndio de Notre Dame nos ensina muito sobre o mundo em que vivemos

Psico On Line Brasil – Se dois homens em um mundo de mais de 7 bilhões de pessoas podem fornecer 300 milhões de euros para restaurar Notre Dame, em seis horas, então há dinheiro suficiente no mundo para alimentar cada boca, abrigar todas as famílias e educar todas as crianças. O fracasso é uma questão … Continue lendo »
Curta-metragem premiado fala da importância da inclusão e do respeito à diversidade nas brincadeiras de criança

Curta-metragem premiado fala da importância da inclusão e do respeito à diversidade nas brincadeiras de criança

Luisa Bertrami D’Angelo – Ian é um menino com deficiência e quer brincar em um parquinho, apesar dos olhares e comentários das outras crianças e suas dificuldades em interagir com ele. O curta é inspirado na história de um Ian real. Sua mãe, autora de um livro e criadora da Fundação Ian, tomou como tarefa … Continue lendo »
Brasil perde empresa de alta tecnologia antes de se tornar um país inovador

Brasil perde empresa de alta tecnologia antes de se tornar um país inovador

Érica Fraga e Flavia Lima – Segmento tinha nos anos 1980 uma participação de 9,7% no PIB, mas sua fatia já caiu para 5,8%. A indústria de alta tecnologia —que impulsionou a capacidade de inovar e o desenvolvimento de nações ricas como Estados Unidos, Alemanha e Coreia do Sul— está encolhendo no Brasil antes mesmo de deslanchar. A … Continue lendo »
Financeirização da habitação agrava desigualdades sociais

Financeirização da habitação agrava desigualdades sociais

Esquerda.net – O 4º Relatório do Observatório sobre as Crises e as Alternativas assinala que a “política de habitação quase exclusivamente assente em benefícios fiscais para incentivar os privados a fazer o que o Estado vai abdicando de fazer” se traduz na financeirização da habitação e consequente agravamento das desigualdades. O 4º Relatório do Observatório … Continue lendo »
Assassinatos de jovens negros no Brasil aumentam 429% em 20 anos

Assassinatos de jovens negros no Brasil aumentam 429% em 20 anos

ALEXANDRE PUTTI – Os negros constituem a maioria das vítimas, ocupando, em média, quatro em cada cinco casos de homicídios no ano de 2017. Em um momento em que a redução da maioridade penal volta a ser discutida como solução para a segurança, uma pesquisa realizada pela Fundação Abrinq mostra que as vítimas de homicídio … Continue lendo »
Falta uma nova esquerda para encarar Bolsonaro

Falta uma nova esquerda para encarar Bolsonaro

Antonio Martins – Governo expõe múltiplas contradições e incapacidades. Mas para frear a ofensiva conservadora, e reconquistar as maiorias, será preciso algo que os partidos não parecem capazes de oferecer. Um enigma crucial, sobre a figura e o papel de Jair Bolsonaro, tormenta e ameaça boa parte dos que se opõem e tentam resistir a … Continue lendo »
Os trabalhadores – Bolsonaro, 100 dias

Os trabalhadores – Bolsonaro, 100 dias

Adriano Duarte – O Ministério do Trabalho resistiu durante dois regimes autoritários (1937-1945 e 1964-1985) e dois processos de redemocratização (1945-1947 e 1985-1988), com modificações. Agora segmentado e incorporado a outras pastas, indica a vitória do projeto neoliberal: “O mercado acima de tudo, os indivíduos acima do todo” O Ministério do Trabalho, Indústria e Comércio … Continue lendo »
Os desastres construídos e a disputa entre o público e o privado

Os desastres construídos e a disputa entre o público e o privado

CELSO CARVALHO – Todo ano é o mesmo cenário, com as cidades sofrendo com os desastres denominados naturais. Nada mais falso. O Rio de Janeiro começou a semana com bairros inundados (principalmente nos bairros populares das zonas oeste e norte, mas também na zona sul e na Barra), túneis alagados, enxurradas nas avenidas e morros, … Continue lendo »
Novas projeções dos economistas: o “pibinho 1.0”

Novas projeções dos economistas: o “pibinho 1.0”

Fernando Grossman e José Martins – O jornal Valor Econômico publicou nesta terça-feira (09) um artigo com interessante título: “Analistas já temem PIB próximo de 1%”. Estão jogando a toalha. Já confessam publicamente que, com ou sem suas famigeradas “reformas”, os capitalistas não são mais capazes de fazer a economia funcionar. Resumo geral da situação. … Continue lendo »
Por que o Brasil de Olavo e Bolsonaro vê em Paulo Freire um inimigo

Por que o Brasil de Olavo e Bolsonaro vê em Paulo Freire um inimigo

Sérgio Haddad – Biógrafo de Paulo Freire analisa como o principal educador brasileiro, autor de método de alfabetização que estimula alunos a refletirem sobre sua realidade, passou a ser visto como inimigo público e responsabilizado por maus resultados educacionais do país. Em 29 de maio de 1994, em longa entrevista publicada no caderno “Mais”, da Folha, Paulo Freire … Continue lendo »
“É O DINHEIRO QUEM CONTROLA O PROCESSO DEMOCRÁTICO, NÃO AS PESSOAS”

“É O DINHEIRO QUEM CONTROLA O PROCESSO DEMOCRÁTICO, NÃO AS PESSOAS”

Ruan de Sousa Gabriel – O geógrafo britânico, autor de “A loucura da razão econômica: Marx e a economia do século XXI” (Boitempo), defende reduzir drasticamente a influência do mercado na sociedade. 1. O que é a “loucura da razão econômica”? Segundo a análise marxista, o capital é uma forma político-econômica contraditória: promete liberdade e … Continue lendo »

Contato

Arquivo

Postagens anteriores

Busca