“Nenhuma profissão está 100% segura da inteligência artificial”, diz Yuval Noah Harari

“Nenhuma profissão está 100% segura da inteligência artificial”, diz Yuval Noah Harari

David Kaufman – Ao longo dos últimos cinco anos, o autor e historiador israelense Yuval Noah Harari despontou discretamente como um genuíno intelectual pop. Seu livro de 2014, “Sapiens – Uma Breve História da Humanidade”, é uma narrativa abrangente da história humana da Idade da Pedra até o século 21. Ridley Scott, que dirigiu “Alien, … Continue lendo »
O investimento social é uma via para garantir o crescimento econômico e melhorar a qualidade de vida da população

O investimento social é uma via para garantir o crescimento econômico e melhorar a qualidade de vida da população

Patricia Fachin – Entrevista especial com Eduardo Fagnani. A redução do desemprego de 13 milhões para 4,5 milhões levou mais de uma década, mas nos últimos três anos “voltamos praticamente ao patamar de 10 anos atrás”, lamenta o economista Eduardo Fagnani na entrevista a seguir, concedida por telefone à IHU On-Line, ao comentar os dados da Pnad sobre o aumento do desemprego no país. … Continue lendo »
Moedas e metamorfoses da globalização

Moedas e metamorfoses da globalização

Redação – Imersão dolorosa das “emergentes”. Não é assim que os capitalistas chamam as economias dominadas do sistema imperialista? Agora todas elas sofrem com a terrível ameaça de derretimento das suas inúteis moedas inconversíveis. Na semana passada, inúmeras grandes economias dominadas ainda se debatiam com turbulências cambiais nunca dantes navegadas. Alguma coisa está fora da velha … Continue lendo »
Balanço das eleições no Brasil

Balanço das eleições no Brasil

Frei Betto – As elei­ções bra­si­leiras, no do­mingo, 7 de ou­tubro, re­ve­laram que a po­lí­tica bra­si­leira será cada vez mais con­ser­va­dora. O pró­ximo pre­si­dente do país, a tomar posse a 1 de ja­neiro de 2019, será de­fi­nido no se­gundo turno, a 28 de ou­tubro, na dis­puta entre Jair Bol­so­naro (PSL) e Fer­nando Haddad (PT). Todo o … Continue lendo »
Como um terrorista de direita antecipou a onda ultranacionalista

Como um terrorista de direita antecipou a onda ultranacionalista

Ishaan Tharoor – Sete anos depois de cometer o ataque mais sangrento da noruega, o terrorista Anders Behring Breivik não parece tão isolado como antes. É sem expressão que o terrorista chega a um acampamento cheio de adolescentes confiantes e alegres. Vestido como policial e com um arsenal de armas de fogo, ele abate dezenas. Algumas vítimas, … Continue lendo »
Contra Márcio França, João Doria tenta reproduzir em São Paulo a polarização da política nacional

Contra Márcio França, João Doria tenta reproduzir em São Paulo a polarização da política nacional

VICTOR PICCHI GANDIN – O candidato a governador João Doria (PSDB) recebeu 31,77% dos votos válidos no primeiro turno da eleição para governador em São Paulo. A segunda vaga foi disputada voto-a-voto entre Márcio França (PSB) e Paulo Skaf (MDB). Com pequena vantagem sobre o terceiro colocado, França passou para o segundo turno ao obter … Continue lendo »
A Economia Política do fascismo

A Economia Política do fascismo

Luiz Filgueiras – O fascismo mais evidente, explicitado politicamente, tende a vir à tona em conjunturas econômicas difíceis. Nos anos 1930, década da maior crise econômico-social já ocorrida no capitalismo, o mundo se viu às voltas com o surgimento e crescimento do nazismo na Alemanha e de ideias e movimentos fascistas, que acabaram por assumir … Continue lendo »
Um país primitivo prestes a regredir mais

Um país primitivo prestes a regredir mais

Clóvis Rossi – Tenho enorme resistência a equiparar determinados grupos e líderes políticos ao fascismo e ao nazismo. Foram modelos tão horrorosos que custa a crer que os seres humanos não tenham aprendido nada com os horrores produzidos. Feita essa ressalva, não há como não pensar em Joseph Goebbels, o ministro da Propaganda nazista, ao ler o … Continue lendo »
Brasil pode entrar para clube de países que votou para ter menos liberdade

Brasil pode entrar para clube de países que votou para ter menos liberdade

Fernando Neisser – Enquanto corremos rumo ao precipício, entoando que nossa bandeira jamais será vermelha, não é possível deixar de lembrar de Francis Fukuyama, pensador conservador norte-americano que recentemente tornou-se personagem do debate político nacional. Após ter dito que estava preocupado com os riscos da ascensão de Jair Bolsonaro, foi atacado por seguidores do deputado que acusaram-no de … Continue lendo »
“Vejo paralelo entre o momento atual e a eleição de Hitler na Alemanha”

“Vejo paralelo entre o momento atual e a eleição de Hitler na Alemanha”

Thiago Domenici – Em entrevista à Pública, o frade dominicano e escritor afirma que Bolsonaro é resultado da omissão do judiciário que permitiu a “lei esdrúxula da anistia recíproca” e que o PT “não cuidou de promover a alfabetização política do povo” Frei Betto, 73 anos, é frade dominicano e um dos responsáveis na propagação … Continue lendo »
Cinco lições do trabalhismo inglês

Cinco lições do trabalhismo inglês

Marcelo Justo – O Brexit domina hoje a política britânica, mas no congresso trabalhista, concluído na quarta-feira, se debateram muitos outros temas que formam parte de um projeto de governo de esquerda cada vez mais definido. 1. “Quanto maior o caos que herdamos, mais radicais terão que ser as soluções” Isso foi dito por John McDonell, porta-voz econômico e cérebro … Continue lendo »
”Está explodindo uma bomba-relógio que ninguém quis ver”

”Está explodindo uma bomba-relógio que ninguém quis ver”

Deutsche Welle – Filósofo da USP diz que bravatas de Bolsonaro tiram o foco de projeto econômico rejeitado por maioria dos brasileiros e que nunca um candidato havia retirado da eleição o espaço público de discussão. Os posicionamentos de Jair Bolsonaro (PSL) sobre pautas identitárias, como os direitos das mulheres e LGBTs, dominaram o debate … Continue lendo »
Precisamos já de uma ordem planetária pós-liberal, diz Yuval Noah Harari

Precisamos já de uma ordem planetária pós-liberal, diz Yuval Noah Harari

Yuval Noah Harari – Escritor defende busca de cooperação global eficaz num momento em que governos nacionalistas e religiosos tentam restringir o fluxo livre de ideias, mercadorias, dinheiro e pessoas. Há várias gerações, o mundo tem sido governado pelo que hoje chamamos de “ordem liberal global”. Por trás dessas palavras majestosas está a ideia de que todos os humanos … Continue lendo »
‘Fake news’, narrativas ‘fake’ e a ordem neoliberal

‘Fake news’, narrativas ‘fake’ e a ordem neoliberal

Franklin Frederick – As “fake news” são um fenômeno bastante importante e, com razão, tem sido amplamente discutidas e denunciadas.Igualmente importante, porém, são as narrativas “fake” e estas não tem recebido a devida atenção crítica.  O que distingue as “fake news” das narrativas “fake” é a duração no tempo: enquanto as “fake news” são episódicas, as … Continue lendo »
A direita veio para ficar no panorama político do Brasil? Não

A direita veio para ficar no panorama político do Brasil? Não

Ricardo Antunes – O que parece sólido se desfaz. Desde a ditadura militar as eleições nunca foram tão agônicas. Talvez 2018 encontre alguma similitude com 1989, quando Collor apareceu como azarão civil que empolgou os “de cima” e arrastou muitos “de baixo”. Durou dois anos e arrebentou o país. Empobreceu ainda mais os que pouco … Continue lendo »
Radicalização nas redes sociais é sintoma de algo maior, diz professora de Columbia

Radicalização nas redes sociais é sintoma de algo maior, diz professora de Columbia

Nelson de Sá – A radicalização política em plataformas como Facebook e YouTube é sintoma de algo muito maior, uma transformação social semelhante àquela causada pela Revolução Industrial. É o que afirma Emily Bell, diretora do Centro Tow para o Jornalismo Digital, da Universidade Columbia, em Nova York, referência no estudo dos impactos das mudanças tecnológicas na mídia. “É uma … Continue lendo »
Por que figuras folclóricas, medíocres e violentas como Bolsonaro acabam desafiando a razão e a inteligência?

Por que figuras folclóricas, medíocres e violentas como Bolsonaro acabam desafiando a razão e a inteligência?

JUAN ARIAS – Mais do que os valores que defendem, esses personagens inimigos da democracia e da liberdade são fruto dos erros dos que os precederam. O capitão reformado Jair Messias Bolsonaro, de extrema direita, com ideias fascistas, que discrimina as minorias, denigre as mulheres, exalta a tortura e defende a violência, lidera as intenções de voto nas eleições … Continue lendo »

Entre em contato

Galerias

Arquivo

Postagens anteriores

Busca