2 em cada 10 novas vagas no Brasil já oferecem trabalho por dia ou horas

2 em cada 10 novas vagas no Brasil já oferecem trabalho por dia ou horas

HELOÍSA MENDONÇA – Modalidade intermitente, regularizada sob Temer, bate recorde em junho. Vitória do Magazine Luíza na Justiça em caso do tipo incentiva empresários. Novas regras trabalhistas estão à espera do Senado. Durante alguns meses deste ano, as manhãs de terça-feira se transformaram no ápice da ansiedade de Simone Moreira, de 31 anos. Era neste … Continue lendo »
Polícias mataram 881 pessoas em 6 meses no RJ. Nenhuma em área de milícia

Polícias mataram 881 pessoas em 6 meses no RJ. Nenhuma em área de milícia

Sérgio Ramalho – Levantamento feito pela reportagem do UOL mostra que, das 881 mortes registradas em operações policiais no 1º semestre deste ano no estado do RJ, nenhuma aconteceu em área de domínio da milícia no estado. A análise do número recorde de homicídios em decorrência de “intervenções de agentes do estado”, como o Instituto de Segurança Pública … Continue lendo »
Brasil vive um clima de pré-nazismo enquanto a oposição emudece

Brasil vive um clima de pré-nazismo enquanto a oposição emudece

JUAN ARIAS – O silêncio dos que deveriam defender a democracia pode acabar deixando o caminho aberto aos autoritários, que se sentem ainda mais fortes diante de tais silêncios. O Brasil está vivendo, segundo analistas nacionais e internacionais, um clima político de pré-nazismo, enquanto a oposição progressista e democrática brasileira parece muda. Somente nos últimos … Continue lendo »
Quando os cientistas enfrentam o sistema

Quando os cientistas enfrentam o sistema

Jane Shallice – Oposição à guerra, à vigilância, às drogas psiquiátricas, aos agrotóxicos. Defesa de uma Ciência para o Povo. Movimento dos anos 1970 poderia inspirar pesquisadores hoje, quando tecnologia parece transformar-se em pesadelo. As consequências sociais da direção para a qual a ciência move-se hoje são claras. Novas tecnologias usadas para fortalecer a vigilância … Continue lendo »
Intimidade em tempos de crise

Intimidade em tempos de crise

Luiza Queiroz – Enquanto o liberalismo reconhece que o sofrimento atrapalha a produção, o neoliberalismo descobriu nele uma força indutora de mais-valia. Depois de mergulhar pelas profundezas de sentires cada vez mais líquidos em Reinvenção da intimidade – políticas do sofrimento cotidiano(2017), o psicanalista e professor-titular de Psicologia Clínica da USP, Christian Dunker, agora investiga o … Continue lendo »
“Quando você só acredita no que quer, não há como ter democracia”

“Quando você só acredita no que quer, não há como ter democracia”

NATALIA VIANA e CAROLINA ZANATTA – O pesquisador Aviv Ovadya explica quais serão as consequências do uso de tecnologias avançadas para a produção de mentiras espalhadas pelas redes sociais. Na tentativa de frear mais uma enxurrada de fake news – boatos fabricados para levar alguém a uma conclusão falsa sobre a realidade ou sobre um candidato – no … Continue lendo »
Sem o SUS, é a barbárie

Sem o SUS, é a barbárie

Drauzio Varella – “Sem o SUS, é a barbárie.” A frase não é minha, mas traduz o que penso. Foi dita por Gonzalo Vecina, da Faculdade de Saúde Pública da USP, um dos sanitaristas mais respeitados entre nós, numa mesa redonda sobre os rumos do SUS, na Fundação Fernando Henrique Cardoso. Estou totalmente de acordo … Continue lendo »
A epidemia de peste que quase dizimou a humanidade 5 mil anos atrás

A epidemia de peste que quase dizimou a humanidade 5 mil anos atrás

Edison Veiga – A peste bubônica – também conhecida como peste negra – é famosa por ter causado epidemias devastadoras que acometeram a humanidade. Em 1347, por exemplo, estima-se que a doença tenha matado cerca de um terço da população europeia. Acreditava-se que essa teria sido a primeira das grandes epidemias de peste. Mas uma … Continue lendo »
Harvey: os insurgentes estão chegando

Harvey: os insurgentes estão chegando

Edgar Sapiña – Geógrafo aposta que, nos próximos anos, surgirá uma nova e instigante esquerda a partir de lutas anticapitalistas. Ao atualizar e reorganizar a luta de classes, poderá dar salto ideológico: varrer o neoliberalismo, tanto das ruas quanto das mentes. David Harvey (Gillingham, 1935) é um geógrafo marxista de origem britânica que trabalha como … Continue lendo »
EUA têm mais de 1.000 casos de sarampo em 2019 e pior surto desde 1992

EUA têm mais de 1.000 casos de sarampo em 2019 e pior surto desde 1992

Matheus Moreira – Como resultado da falta de vacinação contra o sarampo, os Estados Unidos já registraram 1.077 casos da doença só neste ano e vivem o maior surto desde 1992. Os casos confirmados apenas no 1º semestre de 2019 já ultrapassam o número de ocorrências anuais registradas nos últimos 25 anos. A última atualização … Continue lendo »
Desigualdade cresce há 17 trimestres seguidos, pior série histórica no país

Desigualdade cresce há 17 trimestres seguidos, pior série histórica no país

Carlos Madeiro – Há quatro anos e três meses, os ricos se tornam mais ricos, e os pobres mais pobres no Brasil, segundo o estudo “A Escalada da Desigualdade”, lançado ontem pela FGV (Fundação Getúlio Vargas). A instituição afirma que o segundo trimestre de 2019 foi o 17° consecutivo de aumento na desigualdade no país … Continue lendo »
Por que os psicopatas chegaram ao poder

Por que os psicopatas chegaram ao poder

George Monbiot – Há uma dimensão pouco examinada no avanço das lógicas neoliberais. Um sistema que estimula competição, disputa e rivalismo produzirá “líderes” brutais e sem empatia. Eleger gente generosa e sensível requer uma nova democracia. Quem, em seu juízo perfeito, poderia desejar esse trabalho? É quase certo que acabará, como descobriu Theresa May, em … Continue lendo »
Socialismo Democrático: o papel da autonomia

Socialismo Democrático: o papel da autonomia

Duncan Foley – Transformados, Big Data e algoritmos permitiriam superar mercado; produzir e distribuir riquezas de forma desalienada. Mas este sistema, ao contrário do que se pensou ao longo do século XX, não precisa ser controlado de cima para baixo. “Outras Palavras” publicou recentemente duas séries de artigos sobre o renascimento e fortalecimento da ideia do … Continue lendo »
A capitã que desafiou autoridades para salvar refugiados

A capitã que desafiou autoridades para salvar refugiados

DW – Heroína para muitos e criminosa para outros, Carola Rackete foi presa por atracar navio com migrantes em porto italiano. “Suas vidas vieram na frente do jogo político”, diz alemã de 31 anos, que agora enfrenta processo. “Sei o risco que estou correndo”, disse Carola Rackete antes de aportar na Itália A capitã alemã … Continue lendo »
A soberania do Facebook

A soberania do Facebook

Laura Carvalho – Jogando água no moinho dos que o acusam de ter um plano de dominação mundial, o Facebookanunciou a libra, sua própria moeda digital. Diferentemente de outras criptomoedas, que servem essencialmente para fins especulativos, a empresa almeja fazer dela um meio de pagamento efetivo para seus mais de 2 bilhões de usuários, incluindo os … Continue lendo »
Super-ricos no Brasil lideram concentração de renda global

Super-ricos no Brasil lideram concentração de renda global

Fernando Canzian – Entre os países democráticos, nenhum outro tem maior acúmulo de rendimentos no 1% do topo; privilégios, escravidão e patrimonialismo são vistos como causas. O morro do Vidigal no Rio de Janeiro tem esse nome em memória do major Miguel Nunes Vidigal (1745-1843), chefe da polícia colonial no início do século 19. Tido … Continue lendo »
Hoje mais do que nunca, Argentina! A advertência de Noam Chomsky

Hoje mais do que nunca, Argentina! A advertência de Noam Chomsky

Rebelión – “Hoje, mais do que nunca, precisamos reunir boas pessoas, refletir sobre os problemas e criar estruturas que nos permitam alimentar, abordar e superar nossas piores aflições, nunca pela resignação, sempre pela ação, por dentro e fora das redes”, escreve Noam Chomsky, linguista e filósofo. ============== O processo de avanço neoliberal que Mauricio Macri desenvolveu durante … Continue lendo »
Pós-capitalismo na era do algoritmo (2)

Pós-capitalismo na era do algoritmo (2)

Cédric Durand e Razmig Keucheyan – Salvador Allende queria a informática em favor do planejamento estatal. As corporações empregam-na para o lucro e a desigualdade. Um socialismo renovado seria desafiado a utilizá-la para superar o mercado e a alienação A informatização da vida econômica Outro modo de planejamento poderia ter surgido e se consolidado na URSS graças à … Continue lendo »
Pós-capitalismo na era do algoritmo (1)

Pós-capitalismo na era do algoritmo (1)

Cédric Durand e Razmig Keucheyan – Dado como morto após a queda da União Soviética, o planejamento está em cena de novo, impulsionado pelo Big Data. As corporações usam-no para turbinar o consumismo. Mas ele pode impulsionar um socialismo radicalmente democrático. Ao fim do século XX, quando o bloco soviético caiu, a questão do planejamento … Continue lendo »
Pós-democracia

Pós-democracia

Frei Betto – O ban­queiro David Roc­ke­feller de­clarou à Newsweek In­ter­na­ti­onal, em fe­ve­reiro de 1999: “Nos úl­timos anos há uma ten­dência à de­mo­cracia e à eco­nomia de mer­cado em muitas partes do mundo. Isso re­duziu o papel dos go­vernos, algo fa­vo­rável aos ho­mens de ne­gó­cios. (…) Mas a outra face da moeda é que al­guém … Continue lendo »

Contato

Arquivo

Postagens anteriores

Busca