Enfrentar a problemática da dívida e resistir aos cortes em direitos sociais

Enfrentar a problemática da dívida e resistir aos cortes em direitos sociais

Jonas Jorge da Silva – O momento é grave, muito duro, a sociedade brasileira está dividida e as consequências do que se passa já são fortemente sentidas pelos mais pobres. É hora de nos juntarmos, em mutirão, por meio de novas formas de se comunicar, em um amplo processo de debate, para desmascarar a implementação da … Continue lendo »
Renúncia fiscal soma R$ 400 bi em 2017 e supera gastos com saúde e educação

Renúncia fiscal soma R$ 400 bi em 2017 e supera gastos com saúde e educação

Alexandro Martello – Classificadas pelo Fisco como ‘perda de arrecadação’, renúncias tributárias foram concedidas pelos governos nas últimas décadas a fim de estimular setores da economia ou regiões. Ao mesmo tempo em que luta para tentar reequilibrar as contas públicas, que vêm registrando nos últimos anos rombos bilionários sucessivos em um cenário de baixo nível de atividade e dificuldade para cortar despesas … Continue lendo »
Rombo da Previdência ignora sonegadores

Rombo da Previdência ignora sonegadores

Frei Betto – A Re­forma da Pre­vi­dência pro­posta pelo go­verno Temer re­tira di­reitos dos tra­ba­lha­dores para de­fender pri­vi­lé­gios dos em­pre­ga­dores e do ca­pital. Se o go­verno pre­cisa de re­cursos, por que não pôr fim às de­so­ne­ra­ções con­ce­didas a bancos, agro­ne­gócio e em­presas? De­so­nerar é dis­pensar de pagar im­postos. Por que não cobra as multas de­vidas por … Continue lendo »
As estratégias dos ricos brasileiros para pagar menos impostos

As estratégias dos ricos brasileiros para pagar menos impostos

Camilla Veras Mota e Leticia Mori – Mais ricos usam emaranhado de leis tributárias para desviar de impostos No último dia 9 de agosto, o técnico de futebol Cuca foi multado em R$ 3,6 milhões pelo Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) por ter pago menos impostos sobre seu salário do que deveria durante o tempo … Continue lendo »
Ameaça de aumento do IR pode ajudar a reduzir meta fiscal

Ameaça de aumento do IR pode ajudar a reduzir meta fiscal

Laura Carvalho – Menos de 24 horas depois de ter admitido que membros da equipe econômica estudavam, entre outras medidas, a criação de uma nova faixa de tributação do Imposto de Renda da Pessoa Física (IRPF) com alíquota de 35% para rendas superiores a R$ 23 mil mensais, Michel Temer tratou de tranquilizar sua base garantindo que nem sequer … Continue lendo »
Noruega, o país onde todo mundo sabe o salário de todo mundo

Noruega, o país onde todo mundo sabe o salário de todo mundo

Lars Bevanger – Na última semana, os jornais britânicos revelaram o salário das estrelas da BBC –o que gerou polêmica no país pelos altos valores pagos a alguns e também pela diferença ainda notória nos pagamentos entre apresentadores e apresentadoras. Na Noruega, por sua vez, esses “segredos” simplesmente não existem. Desde 1814, qualquer pessoa pode … Continue lendo »
Quem recebe até três salários mínimos é quem mais paga impostos no Brasil

Quem recebe até três salários mínimos é quem mais paga impostos no Brasil

UOL – Mais de 79% da população brasileira, que recebe até três salários mínimos por mês, contribui com 53% da arrecadação tributária total no País. Na última terça-feira (12), o Brasil chegou à marca de R$ 1 trilhão em impostos arrecadados em 2014. Segundo cálculos feitos pelo IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação), 7,6% da população … Continue lendo »
Reforma tributária: afinal, quem paga a conta?

Reforma tributária: afinal, quem paga a conta?

Paulo Gil Introíni – A continuidade do processo político-econômico de redução das desigualdades e injustiças sociais depende da reforma tributária. O caráter regressivo do sistema tributário brasileiro dificulta o fortalecimento do mercado interno de consumo popular e desestimula o investimento, a variável por excelência para um crescimento autônomo e sustentável “…o grau em que um … Continue lendo »
Volta da tributação sobre lucros e dividendos renderia R$ 60 bilhões

Volta da tributação sobre lucros e dividendos renderia R$ 60 bilhões

Alexa Salomão – Cobrança foi extinta em 1995, no governo FHC, quando foi considerada que se tratava de bitributação A cobrança sobre lucros e dividendos de pessoas físicas foi extinta no Brasil em 1995, no governo Fernando Henrique Cardoso. O argumento: tratava-se de bitributação, pois as empresas já haviam pago o imposto sobre os mesmos … Continue lendo »