Adeus aos insetos da sua infância

Adeus aos insetos da sua infância

JAVIER RICO – Há menos gafanhotos, grilos, abelhas e borboletas porque muitas dessas espécies, que polinizam 84% das plantas que servem como alimento, estão ameaçadas. Quase um terço das espécies de ortópteros (como gafanhotos, grilos ou cigarras) está ameaçado, algumas em perigo de extinção. Há quanto tempo você não vê um gafanhoto no seu passeio … Continue lendo »
Em São Paulo, muros contam história de uma metrópole violenta e desigual

Em São Paulo, muros contam história de uma metrópole violenta e desigual

FERNANDA MENA – Os muros de São Paulo contam a história de uma cidade que cresceu depressa, assim como sua desigualdade social e, com ela, a criminalidade, o medo e a segregação. Não marcam fronteiras nem barram imigrantes. Em vez disso, isolam os espaços privados, procurando evitar o olhar do outro e a presença de intrusos. * O portão … Continue lendo »
As discretas invasões da burguesia

As discretas invasões da burguesia

Guilherme Boulos – Uma das seis magníficas piscinas do Clube Pinheiros, onde título de sócio custa cerca de R$ 100 mil. Revista Época considerou-o “o melhor de S.Paulo”, mas omitiu que ocupa irregularmente área pública Clubes seletos. Bancos. Faculdades privadas. Associação de Magistrados. Em S.Paulo, organizações privadas surrupiam áreas públicas, mas mídia silencia e governador tolera Não … Continue lendo »
Cai geração de resíduos no país e mais cidades usam lixão, aponta estudo

Cai geração de resíduos no país e mais cidades usam lixão, aponta estudo

MARA GAMA – Pela primeira vez desde que começou a ser feito o levantamento, em 2003, a geração de resíduos urbanos (RSU) caiu no país. É o que mostra o Panorama de Resíduos Sólidos 2016 lançado na quinta (31) em São Paulo. O estudo é feito pela Abrelpe (Associação Brasileira de Empresas de Limpeza Pública) … Continue lendo »
Militarização: as novas guerras nas ruas, as guerras paradigmáticas de sempre

Militarização: as novas guerras nas ruas, as guerras paradigmáticas de sempre

Tomaz Paoliello e Manoela Miklos – A gestão violenta de populações é um projeto funcional de governo e repressão de setores da sociedade, e de ordenamento e gestão de determinados espaços periféricos Os militares estão de volta ao Rio de Janeiro sem nunca terem deixado a cidade. Nos últimos 12 meses, os militares foram chamados 4 vezes para … Continue lendo »
Por um projeto para as cidades brasileiras

Por um projeto para as cidades brasileiras

Outras Palavras – Movimentos e organizações lançam manifesto pela mudança. Documento descreve como especulação avançou nos últimos vinte anos, e propõe mobilização nacional para resistir Um documento de dezenas de movimentos sociais Estamos vivendo um período de transição no mundo e no Brasil. As mudanças estão em curso e serão feitas com ou sem a participação … Continue lendo »
Sem banheiro, mais de 4 milhões de brasileiros precisam defecar ao ar livre

Sem banheiro, mais de 4 milhões de brasileiros precisam defecar ao ar livre

Jamil Chade – Cerca de 3 milhões de brasileiros – ou 11% da população rural – ainda não contam com banheiros. Se somados ao mais de 1 milhão nas zonas urbanas na mesma situação, o País registra mais de 4 milhões de habitantes que precisam defecar ao ar livre. Os dados foram publicados nesta quarta-feira, … Continue lendo »
Quatro fatos mostram que o homem se transformou numa força geológica

Quatro fatos mostram que o homem se transformou numa força geológica

Reinaldo José Lopes – Tem gente que não acredita que o funcionamento geológico e biológico do planeta anda sendo profundamente alterado pela ação dos seres humanos. Para essas pessoas, o impacto do Homo sapiens pode até ser considerável em escala local, mas jamais seria significativo em escala global. Peço licença para discordar e apresento alguns números que … Continue lendo »