Investir em educação de qualidade é a solução para diminuir violência em SP

Investir em educação de qualidade é a solução para diminuir violência em SP

Lucas Veloso – Segundo pesquisa “Viver em São Paulo”, educação foi mencionada por 36% dos paulistanos. Em 2015, aposta era no combate à corrupção na polícia e nos presídios. Segundo pesquisa “Viver em São Paulo”, é preciso investir em educação de qualidade para combater a violência Investir em educação de qualidade para jovens de baixa renda, … Continue lendo »
Como o MST se tornou o maior produtor de arroz orgânico da América Latina

Como o MST se tornou o maior produtor de arroz orgânico da América Latina

Paula Sperb – O agricultor Isaías Vedovatto tinha 22 anos quando cortou a cerca da Fazenda Annoni, em Sarandi (RS), na madrugada de 29 de outubro de 1985. Ele foi o primeiro dos 7,5 mil camponeses, de mais de 30 cidades gaúchas, a pisar na invasão de terra, marcante na história do Movimento dos Trabalhadores Rurais … Continue lendo »
“Erradicar a fome é muito barato”

“Erradicar a fome é muito barato”

ALEXANDRA PRADO COELHO – Produzir mais alimentos “não é a prioridade” num planeta em que a fome “está circunscrita” e a obesidade começa a ser um problema. José Graziano da Silva, Director-Geral da FAO e o responsável pelo programa Fome Zero, no Brasil, esteve em Portugal e deixou uma mensagem: quem alimenta o mundo são … Continue lendo »
Indústria de alimentos ultraprocessados jamais colocará interesses de saúde pública na frente do seu lucro

Indústria de alimentos ultraprocessados jamais colocará interesses de saúde pública na frente do seu lucro

Patricia Fachin – Pesquisas realizadas desde os anos 1980 demonstram que vem crescendo de maneira expressiva e contínua a presença de alimentos ultraprocessados na alimentação dos brasileiros. Eles já representam mais de 20% das calorias ingeridas. “Ou seja, estamos trocando nossas refeições tradicionais, nosso arroz e feijão, pelas refeições prontas”, critica a doutora em Nutrição e … Continue lendo »
Sabe aquela história de que a Suécia é liberal? É cegueira ideológica

Sabe aquela história de que a Suécia é liberal? É cegueira ideológica

Rodrigo Souza – A Suécia é um dos poucos países do mundo que conseguiu conciliar desenvolvimento econômico com justiça social. O principal fator que explica esse sucesso: ela ter ignorado a ideologia do “Livre Mercado”. Na obra de agradável leitura “Economia: modo de usar – um guia básico dos principais conceitos econômicos”, o professor de economia de … Continue lendo »
Quem produz os alimentos que chegam à mesa do brasileiro?

Quem produz os alimentos que chegam à mesa do brasileiro?

Nádia Pontes – Após safra recorde em 2017, agronegócio é consagrado campeão do PIB e da inflação baixa, e celebrado por muitos como garantia de comida na mesa. Maioria dos alimentos, porém, vem de outra fonte. Agricultura familiar responde por 70% da produção de alimentos consumidos no país, estima IBGE A recuperação da economia brasileira … Continue lendo »
Silêncio

Silêncio

Frei Betto – A sim­ples pro­núncia ou lei­tura da pa­lavra si­lêncio causa es­panto hoje em dia. Quem busca si­lêncio? Quem sabe fazê-lo? Sin­toma que evi­dencia quão rui­dosa é a so­ci­e­dade pós-mo­derna. Vi­vemos na era pa­nóp­tica, na qual é di­fícil es­capar de as­sé­dios alheios na forma de ruídos. Ruídos não se re­sumem a sons cap­tados pela … Continue lendo »
‘O Estado não está sendo favorável à vida no Brasil’

‘O Estado não está sendo favorável à vida no Brasil’

Amanda Massuela – Nos últimos três anos, observamos a ativação do ódio no processo político brasileiro. Não que sua aparição seja exatamente uma novidade na vida política do país, uma vez que a violência está no conjunto dos princípios primeiros, fundadores do Brasil. Entretanto, desde o golpe que no dia 31 de agosto de 2016 retirou … Continue lendo »
Atlas do envenenamento alimentar no Brasil

Atlas do envenenamento alimentar no Brasil

LUIZ MARQUES – No âmbito da expansão global do capitalismo comercial e industrial desde o século XVI, três aspectos indissociáveis conferem ao Brasil posições de indisputada proeminência. (1) Somos o país que, durante quase quatro séculos, mais indivíduos escravizou em toda a história da escravidão humana. (2) A destruição e degradação conjuntas das coberturas vegetais do país constituem, em … Continue lendo »