Negros ganham metade da renda de brancos; igualdade levará mais de 70 anos

Negros ganham metade da renda de brancos; igualdade levará mais de 70 anos

Gabriela Fujita – A abolição da escravidão aconteceu em 1888, mas negros e brancos ainda vivem em um mundo desigual. A Oxfam, entidade humanitária fundada no Reino Unido e hoje presente em 94 nações, que combate a pobreza e promove a justiça social, estima que esses dois grupos só terão uma renda equivalente no país em 2089, daqui … Continue lendo »
Situação de desigualdade das mulheres ameaça desenvolvimento mundial, conclui relatório da ONU

Situação de desigualdade das mulheres ameaça desenvolvimento mundial, conclui relatório da ONU

G1 – Relatório ‘Situação da População Mundial 2017’ ressalta que desigualdade na saúde e na garantia de direitos sexuais e reprodutivos afeta paz e desenvolvimento econômico globais. Mulheres estudam menos, ganham menos e têm mais probabilidade de ficarem desempregadas, aponta relatório da ONU O aumento das desigualdades e falhas na proteção dos direitos das mulheres, … Continue lendo »
Seu filho e as questões de gênero, uma aula a céu aberto

Seu filho e as questões de gênero, uma aula a céu aberto

Vera Iaconelli – Quando movimentos obscurantistas de ultradireita, liderados (não dá para usar encabeçados, pois é justamente a cabeça que falta) por uma figura cuja misoginia e homofobia são notórias, reivindicam que exposições de arte, aulas de história, palestras de filósofos e outras expressões culturais e políticas sejam barradas, a mensagem é clara e horripilante: … Continue lendo »
O problema do Brasil é o ódio ao pobre

O problema do Brasil é o ódio ao pobre

Jessé Souza – As noções de patrimonialismo e populismo são as ideias-guia que permitem à elite arregimentar a classe média. Elas, afinal, são as guardiãs da “distância social” em relação aos pobres, que é a pedra de toque da aliança antipopular construída no Brasil para preservar o privilégio, acesso aos capitais econômico e cultural, de 20% … Continue lendo »
Se está na cozinha, é uma mulher: como os algoritmos reforçam preconceitos

Se está na cozinha, é uma mulher: como os algoritmos reforçam preconceitos

JAVIER SALAS – As máquinas inteligentes consolidam os vieses sexistas, racistas e classistas que prometiam resolver. Um homem calvo, de uns 60 anos, mexe com suas espátulas de madeira alguns pedaços de carne dentro da frigideira. Usa óculos de acetato, calça jeans e está em frente ao fogão de sua pequena cozinha, decorada com tons claros. … Continue lendo »
A ideologia racista como mito fundante da sociedade brasileira

A ideologia racista como mito fundante da sociedade brasileira

Juliana Borges – A con­jun­tura atual no país nos faz vo­ca­lizar a todo o mo­mento que es­tamos vi­vendo “um re­tro­cesso”, “um re­torno ao pas­sado”. O go­verno ile­gí­timo de Mi­chel Temer se ins­taura apos­tando na crise de re­pre­sen­tação e par­ti­ci­pação e apro­fun­dando-a. Com isso, avança uma agenda re­gres­siva e de re­formas ne­o­li­be­rais. Nesse bojo, são apre­sen­tadas as … Continue lendo »
Globalização gerou insegurança e, ao invés de derrubar, reforçou fronteiras

Globalização gerou insegurança e, ao invés de derrubar, reforçou fronteiras

PATRÍCIA CAMPOS MELLO – Nunca na história moderna tantos muros foram construídos nas fronteiras, afirma Élisabeth Vallet, autora de livro referência sobre o assunto. Segundo seus estudos, o bloqueio entre países decorre de uma insegurança social gerada pela globalização e visa a conter imigrantes, terroristas e contrabandistas, nessa ordem. Com o fim da Guerra Fria, … Continue lendo »
Avançamos e levamos porrada ao mesmo tempo

Avançamos e levamos porrada ao mesmo tempo

Luís Brasilino – Em entrevista, Klecius Borges, psicólogo especialista em terapia afirmativa para gays, lésbicas, bissexuais e seus familiares, celebra conquistas dos homossexuais, como o aumento da visibilidade e da tolerância, mas destaca que ainda há um longo caminho para que os LGBT´s sejam plenamente aceitos na sociedadeLuís Brasilino LE MONDE DIPLOMATIQUE BRASIL – O … Continue lendo »
Mapa da morte em SP vai da Suécia até o México; locais dos crimes se repetem

Mapa da morte em SP vai da Suécia até o México; locais dos crimes se repetem

ARTUR RODRIGUES, RAPHAEL HERNANDES, DANIEL MARIANI e MARLENE BERGAMO – Quando o som das balas começa, a manicure Adriana de Mesquita, 31, esconde a filha de quatro anos no quarto e diz a ela que estão soltando bombinhas na rua. É o jeito que encontrou para que a menina fique mais calma nos dias em que acontecem troca de … Continue lendo »
Mulheres sauditas podem guiar, mas continuam guiadas

Mulheres sauditas podem guiar, mas continuam guiadas

Luiz Eça – Até agora, as mu­lheres sau­ditas eram le­gal­mente proi­bidas de guiar au­to­mó­veis. Os le­gis­la­dores ba­se­aram-se nos en­si­na­mentos do sheik Saab al-Haj que afir­mava ter o cé­rebro fe­mi­nino um quarto do ta­manho do mas­cu­lino. O que, é claro, as tor­nava um pe­rigo pú­blico, quando ao vo­lante. O re­cente di­reito de di­rigir con­ce­dido às mu­lheres … Continue lendo »