Para pesquisadoras, debate sobre gênero é político e necessário

Para pesquisadoras, debate sobre gênero é político e necessário

Bruna Caetano – Evento na FFLCH abordou a subocupação de cargos importantes hierarquicamente por mulheres dentro e fora da Universidade. “Não se nasce mulher, torna-se mulher”. A frase de Simone de Beauvoir foi escolhida por Maria Arminda do Nascimento Arruda, segunda diretora da história da FFLCH (Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas) da USP, ao … Continue lendo »
O ativista que criou uma identidade falsa para se infiltrar em grupos racistas nos EUA e Europa

O ativista que criou uma identidade falsa para se infiltrar em grupos racistas nos EUA e Europa

BBC Brasil – Patrik Hermansson chegou cedo ao Emancipation Park de Charlottesville, em Virginia, nos Estados Unidos, naquele 12 de agosto de 2017. Ali, ele se juntou a um grupo de ativistas de extrema direita chamado Alt-right, que protestavam contra a retirada da estátua de Robert E. Lee, um líder dos confederados durante a guerra … Continue lendo »
Brasil, a lanterna no ranking de participação de mulheres na política

Brasil, a lanterna no ranking de participação de mulheres na política

MARINA ROSSI – Atuação feminina em cargos do Executivo é abaixo da média mundial e deixa país em último lugar no continente americano. Ao longo dos últimos anos, o mundo vem presenciando um grito potente de mulheres que, em diversos países, clamam por igualdade de gênero. Em diferentes esferas, dos estádios de futebol ao ambiente corporativo, há uma luta … Continue lendo »
Como é ser negro no Brasil

Como é ser negro no Brasil

Milton Santos – O professor Florestan Fernandes e o professor Otavio Ianni, escreveram ambos que os Brasileiros, de um modo geral, não têm vergonha de ser racista, mas têm vergonha de se dizer que são racistas. Eu tive a sorte de ser negro em pelo menos quatro continentes e em cada um desses é diferente ser … Continue lendo »
O discurso de ódio que está envenenando o Brasil

O discurso de ódio que está envenenando o Brasil

XOSÉ HERMIDA – A caça às bruxas de grupos radicais contra artistas, professores, feministas e jornalistas se estende pelo país. Mas as pesquisas dizem que os brasileiros não são mais conservadores. Artistas e feministas fomentam a pedofilia. O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e o bilionário norte-americano George Soros patrocinam o comunismo. As escolas públicas, a … Continue lendo »
Na era do empobrecimento da linguagem, quem ousa ser diferente deve ser eliminado

Na era do empobrecimento da linguagem, quem ousa ser diferente deve ser eliminado

Rubens Casara – Os discursos de ódio, a dificuldade de interpretar um texto, o desaparecimento das metáforas, a incompreensão das ironias, a divulgação de notícias falsas (ou manipuladas) e o desrespeito à Constituição são fenômenos que podem ser explicados a partir de uma única causa: o empobrecimento subjetivo. Empobrecimento que se dá na linguagem. Alguns … Continue lendo »
Entre discursos loucos e nobres, para onde devemos olhar para entender as chaves das políticas migratórias dos EUA

Entre discursos loucos e nobres, para onde devemos olhar para entender as chaves das políticas migratórias dos EUA

PRISCILA VILLELA – A principal marca do governo Trump tem sido os seus apaixonados discursos grosseiros. Sem ‘papas na língua’, o atual presidente norte-americano tem quebrado protocolos atribuídos à sua posição, na medida em que qualifica imigrantes como aqueles que “trazem as drogas, trazem o crime, são estupradores”, contra os quais propôs a construção de um … Continue lendo »
Check list: 21 razões pelas quais já estamos em Estado de exceção

Check list: 21 razões pelas quais já estamos em Estado de exceção

Lenio Luiz Streck – Estado de exceção ocorre quando determinadas leis ou dispositivos legais são suspensos (no sentido de não serem aplicados) Valho-me do livro que melhor analisa, para além de Agamben, o problema do que se pode chamar de Estado de exceção nestes tempos conturbados. Falo de Autoritarismo e golpes na América Latina — Breve ensaio … Continue lendo »
Nenhum ser humano é ilegal

Nenhum ser humano é ilegal

Bruno Garcia – Diante da onda de refugiados, a Europa precisa definir o que abraçar: seu legado universalista ou sua face xenófoba “As fronteiras da Europa devem ser fechadas”, disse o primeiro-ministro da Hungria, Victor Órban, em setembro de 2015. Àquela altura, a chegada de uma massa incalculável de refugiados à Europa Central transformou a … Continue lendo »