No último ano de vida, Martin Luther King passou a ser detestado pela elite liberal dos EUA

No último ano de vida, Martin Luther King passou a ser detestado pela elite liberal dos EUA

Zaid Jilani – A Guerra do Vietname já preocupava King há alguns anos. À medida que o conflito se arrastava, King sentiu que não tinha escolha e precisava denunciar a guerra publicamente. A reação da elite liberal veio com toda a força. Em 1999, uma sondagem do instituto Gallup apontou as pessoas mais admiradas pelos … Continue lendo »
Martin Luther King morreu há 50 anos

Martin Luther King morreu há 50 anos

António José André – No dia 4 de abril de 1968, Martin Luther King, reverendo afro-americano, pacifista e ativista da luta pelos direitos humanos, foi assassinado por James Earl Ray, em Memphis, (Tennessee-EUA). A sua luta pelos direitos civis e a sua participação em manifestações pacíficas despertou a consciência do país para uma participação na … Continue lendo »
O Marxismo, versão XXI.0

O Marxismo, versão XXI.0

Francisco Louçã – Na preparação da Conferência de dias 24 e 25 de março a assinalar os 200 anos de Karl Marx, Francisco Louçã diz que esta iniciativa “pretende contrastar com as atitudes revanchistas, vindas dos liberais, e cerimoniais, vindas de hermeneutas”. Um ciclo de efemérides assombra o marxismo: em outubro de 2017 passaram 150 … Continue lendo »
Jesus não morreu pelos “nossos pecados” e sim por enfrentar o sistema

Jesus não morreu pelos “nossos pecados” e sim por enfrentar o sistema

Alberto Maggi – Nesta Sexta-Feira da Paixão, Caminho Pra Casa publica artigo exclusivo de um dos maiores biblistas vivos, o frade italiano Alberto Maggi. A tradução é do biblista brasileiro padre Francisco Cornélio. No texto, Maggi demole duas ideias que estão na base do cristianismo falsificado que os integristas sustentam há séculos:  1) Jesus teria sido … Continue lendo »
Stephen Hawking presente: na luta até o fim

Stephen Hawking presente: na luta até o fim

Léa Maria Aarão Reis – Na imagem transformada em exemplar referência de resistência, Hawking enfrentava e desafiava o sistema embora caminhasse com dificuldade, com duas muletas e a Rolleiflex pendurada no pescoço. Esta imagem, uma imagem rara, preciosa, dizem amigos europeus que militaram intensamente nos anos finais da década dos ’60, foi feita, eles garantem, … Continue lendo »
O legado dos cinco primeiros anos de Francisco, o papa ‘que desceu do trono’

O legado dos cinco primeiros anos de Francisco, o papa ‘que desceu do trono’

Edison Veiga – Logo após o “habemus papam“, naquela noite de 13 de março de 2013 em Roma, o sorridente cardeal Jorge Bergoglio apresentou-se para uma Praça São Pedro lotada. Havia se tornado, então, papa Francisco, o 266º sumo pontífice da Igreja Católica. “Parece que meus colegas foram buscar um papa no fim do mundo”, disse … Continue lendo »
Noam Chomsky: “As pessoas já não acreditam nos fatos”

Noam Chomsky: “As pessoas já não acreditam nos fatos”

JAN MARTÍNEZ AHRENS  – Prestes a fazer 90 anos, acaba de abandonar o MIT. Ali revolucionou a linguística moderna e se transformou na consciência crítica dos EUA. Visitamos o grande intelectual em seu novo destino, no Arizona. Noam Chomsky (Filadélfia, 1928) superou faz tempo as barreiras da  vaidade. Não fala de sua vida privada, não usa … Continue lendo »
Quem foi Giordano Bruno, o místico ‘visionário’ queimado na fogueira há 418 anos

Quem foi Giordano Bruno, o místico ‘visionário’ queimado na fogueira há 418 anos

Evanildo da Silveira – O lugar em que Bruno foi queimado pela Inquisição, em Roma, tem hoje uma estátua em sua homenagem. Há 418 anos, em 17 de fevereiro de 1600, uma quinta-feira ensolarada, Roma presenciou um espetáculo dantesco. Centenas de pessoas lotaram o Campo dei Fiori (Campo das Flores), uma praça no centro da cidade, … Continue lendo »
Não foi Lula que se desviou, foi o poder que o mudou, diz o sociólogo José de Souza Martins

Não foi Lula que se desviou, foi o poder que o mudou, diz o sociólogo José de Souza Martins

Guilherme Azevedo – José de Souza Martins estava disposto a falar. A entrevista a seguir durou 117 minutos exatos. Poderia ter durado muito mais, pois não faltou prontidão a esse professor e pesquisador, que transformou os estudos sociológicos no Brasil com abordagens criativas e corajosas, arriscando deixar-se à margem para poder ver melhor. Suas investigações … Continue lendo »