Entre Bolsonaro e Paulo Guedes, fico com o gordinho do Posto Ipiranga

Entre Bolsonaro e Paulo Guedes, fico com o gordinho do Posto Ipiranga

RUI DAHER – Enquanto isso, ler a entrevista da antropóloga e professora luso-brasileira Manuela Carneiro da Cunha é um alento. Em tempos tão incertos e trevosos, ler a entrevista da antropóloga e professora luso-brasileira Manuela Carneiro da Cunha (1943-), publicada no (Valor, 16/9, por Daniela Chiaretti) é um estrondo de conhecimento, bom-senso e humanismo.Título: “Opressão vivida hoje … Continue lendo »
O processo de desindustrialização do Brasil

O processo de desindustrialização do Brasil

Antonio Manoel Mendonça de Araújo – A economia brasileira obteve um grande avanço entre os anos de 1950 e 1980, mas, o que vemos agora, após o golpe de 2016, principalmente, foi um grande declínio de nossa economia. Enquanto crescíamos 4,5% ao ano no período de 1950 a 1980, estamos crescendo míseros 0,9% ao ano. Comparando-se o nosso crescimento … Continue lendo »
Por que cortar gastos não é a solução para o Brasil ter crescimento vigoroso?

Por que cortar gastos não é a solução para o Brasil ter crescimento vigoroso?

Esther Dweck, Fernando Maccari Lara, Guilherme Mello, Julia Braga e Pedro Rossi – Vivemos a mais longa crise econômica da nossa história e o ritmo de recuperação segue muito lento, apesar da enorme capacidade ociosa da nossa indústria, mantendo um alto nível de desemprego, incertezas sobre o futuro do país e um processo de empobrecimento de … Continue lendo »
Novos cenários para a economia mundial

Novos cenários para a economia mundial

José Martins – O crescimento continua se enfraquecendo nas maiores economias do mundo. É exatamente este o título do relatório publicado nesta segunda-feira (09) pela Organização para o Comércio e o Desenvolvimento Econômico (OCDE) sobre a tendência da economia mundial para os próximos seis a nove meses. Curtíssimo prazo. As curvas apresentadas neste relatório sintetizam a chamada … Continue lendo »
Desnacionalização não incrementou produtividade, aponta estudo

Desnacionalização não incrementou produtividade, aponta estudo

CARLOS DRUMMOND – A venda de empresas nacionais apenas reforçou um padrão de inserção externa frágil e subordinado. A alegação do governo de que algumas atividades podem parar por falta de dinheiro “é extremamente preocupante” e mostra que “ele está preso à armadilha que colocou: ao impor um teto real de gastos, mais regra de … Continue lendo »
Quase um quarto dos jovens brasileiros não estuda nem trabalha

Quase um quarto dos jovens brasileiros não estuda nem trabalha

Roberta Jansen e Marina Barbosa – Segundo dados da Pnad, o porcentual é ainda mais alto na faixa etária que vai dos 18 aos 24 anos, idade em que, teoricamente, deveriam estar na universidade, chegando a 27,7%. Quase um quarto dos jovens brasileiros (23%) nem estuda nem trabalha, segundo os novos dados da Pesquisa Nacional por … Continue lendo »
Alucinações circulatórias da Moeda e do capital fechando o ciclo

Alucinações circulatórias da Moeda e do capital fechando o ciclo

José Martins – Marx lembrava com satisfação, na Introdução à Crítica da Economia Política, a inspiradíssima frase de lorde Gladstone – o mais poderoso político e primeiro-ministro inglês da imperialista era vitoriana: “… nem mesmo o amor levou tanta gente à loucura como as cogitações sobre a essência da moeda…” Acontece que, na última semana, mais … Continue lendo »
Crise que machuca a economia é, sobretudo, de inteligência

Crise que machuca a economia é, sobretudo, de inteligência

LUIZ GONZAGA BELLUZZO – Bolsonaro, Guedes e seus ‘seguidores’ empenham-se na desconstrução do arcabouço institucional que sustentou o desenvolvimento do País. Ao investigar as razões do desenvolvimento asiático, os autores mais inclinados à análise histórica e institucional concentraram a atenção nas seguintes questões: 1. A natureza e relevância das políticas industriais (e de constituição de … Continue lendo »