O que há em comum nas rebeliões sociais de diferentes países da América do Sul

O que há em comum nas rebeliões sociais de diferentes países da América do Sul

José Martins – Meio da tarde de terça-feira (19). Formidável cena em movimento estampada na tela do twiter da @ Mission_Verdad : soldados do exército boliviano (divisão de infantaria) se unem ao movimento de nações originárias em resistência que marcham desde Oruru rumo a La Paz. E cantam : povo e soldados, juntos na luta! … Continue lendo »
A formação do ser neoliberal

A formação do ser neoliberal

Eleutério F. S. Prado – Empresário de si mesmo. Iludido pelo consumo. Alienado da natureza. Suscetível a seitas que o impedem de desabar. Em novo livro, Pierre Dardot e Christian Laval mostram como a nova racionalidade capitalista criou o sujeito que a reproduz. Os economistas de direita costumam ridicularizar a ideia de economista neoliberal, assim como … Continue lendo »
Como os Estados Unidos arruinaram suas universidades públicas

Como os Estados Unidos arruinaram suas universidades públicas

Pedro Fiori Arantes – A transformação das universidades públicas norte-americanas em mais uma modalidade de negócios foi um “grande erro”, afirma professor da Universidade da Califórnia com livro sobre o tema. Enquanto no Brasil o governo federal pretende que as universidades terceirizem sua gestão e mesmo as atividades-fim sob comando de organizações privadas (OS), passem … Continue lendo »
É tudo pago: o Chile além da desigualdade

É tudo pago: o Chile além da desigualdade

Emilio Chernavsky – Numa sociedade que é uma das mais desiguais, a prestação de serviços públicos é regida por regras puramente comerciais, que incluem mecanismos ágeis de exclusão de usuários. Quase tudo é pago e, para muitos, caro ou inacessível. O que iniciou com protestos localizados contra o segundo aumento no ano na tarifa do metrô … Continue lendo »
Neoliberalismo do Chile tem grande apelo entre seres totalitários

Neoliberalismo do Chile tem grande apelo entre seres totalitários

José de Souza Martins – Milton Friedman, da Universidade de Chicago, mentor dos “Chicago boys”, que disseminam o neoliberalismo econômico nos países precários como o nosso, disse que uma economia livre só tem sentido em sociedades democráticas e livres. No entanto, esse neoliberalismo tem grande apelo entre os seres totalitários que transformam as reformas econômicas neoliberais … Continue lendo »
Alucinações circulatórias da moeda e do capital fechando o ciclo

Alucinações circulatórias da moeda e do capital fechando o ciclo

José Martins – Marx lembrava com satisfação, na Introdução à Crítica da Economia Política, a inspiradíssima frase de lorde Gladstone – o mais poderoso político e primeiro-ministro inglês da imperialista era vitoriana: “… nem mesmo o amor levou tanta gente à loucura como as cogitações sobre a essência da moeda…” Acontece que, na última semana, mais de … Continue lendo »
Protestos no Chile têm origem na privatização de serviços, diz especialista

Protestos no Chile têm origem na privatização de serviços, diz especialista

Leonardo Sakamoto – “Os manifestantes veem que seus pais e avós recebem aposentadorias de miséria, 80% delas abaixo do salário mínimo e 44% da linha de pobreza. Percebem que, dessa forma, não há capacidade de sobreviver dignamente.” De acordo com  Andras Uthoff, professor da Faculdade de Economia e Negócios da Universidade do Chile e doutor … Continue lendo »
O odor da fúria

O odor da fúria

Jamil Chade – Incêndios em Santiago, Quito, Barcelona ou Paris. Milhares de pessoas tomando as ruas de Londres, Bagdad, o centro de Argel ou as praças de Hong Kong. Visualmente, os manifestantes não se parecem. Uns são brancos de olhos azuis. Outros, indígenas, árabes ou asiáticos. Mas em castelhano, em inglês, em árabe ou em … Continue lendo »
Neoliberalismo: genocídio de almas

Neoliberalismo: genocídio de almas

Marcio Sotelo Felippe – Em 1947, uma aprazível localidade suíça, Mont Pelerin, abrigou uma reunião que afetou profundamente o rumo do nosso tempo. Somos todos hoje, de um ou de outro modo, prisioneiros de Mont Pelerin. Ali se iniciou a brutal trajetória do neoliberalismo. O encontro foi organizado pelo economista austríaco Friedrich Hayek, que poucos … Continue lendo »