Banco Mundial admite que manipulou informações para favorecer politicamente a direita no Chile

Banco Mundial admite que manipulou informações para favorecer politicamente a direita no Chile

Victor Farinelli – Paul Romer admitiu que houve medições “injustas e enganosas” realizadas pela instituição nos últimos anos, e que foram “potencialmente contaminadas pelas motivações políticas do pessoal do Banco Mundial” Passadas exatamente quatro semanas do segundo turno das eleições presidenciais chilenas, com o megaespeculador Sebastián Piñera eleito, eis que o economista chefe do Banco … Continue lendo »
Ditadura e memória. A memória da ditadura

Ditadura e memória. A memória da ditadura

Jean Ortiz – Os “conselheiros” econômicos de Washington, os “Chicago-boys”, treinados na escola “liberal” de Milton Friedman, utilizaram Pinochet para implantar o ultraliberalismo no Chile, antes de Thatcher, antes de Reagan (…) O objetivo da violência era disciplinar a população enquanto o projeto econômico era aplicado, e a memória da violência serve ao mesmo objetivo. … Continue lendo »
Banco Mundial admite que manipulou dados sobre o Chile contra o Governo de Bachelet

Banco Mundial admite que manipulou dados sobre o Chile contra o Governo de Bachelet

ROCÍO MONTES – O economista-chefe do organismo, Paul Romer, pede desculpa ao país pelas manipulações num ranking de competitividade, que teriam motivação política. A edição do The Wall Street Journal (WSJ) deste sábado, 13 de janeiro, causou um profundo impacto no mundo da política e da economia chilenas. O economia-chefe do Banco Mundial, Paul Romer, reconheceu ao jornal … Continue lendo »
Os primeiros disparos da segunda Guerra Fria

Os primeiros disparos da segunda Guerra Fria

Luiz Eça – “Amé­rica pri­meiro não pode sig­ni­ficar que os in­te­resses da Eu­ropa ve­nham em úl­timo”. Assim disse Jean-Claude Juncker, pre­si­dente da Co­missão Eu­ro­peia, sobre lei que, apro­vada pela Câ­mara dos Re­pre­sen­tantes, de­pendia ainda da apro­vação do Se­nado e do pre­si­dente Trump. Ele es­tava en­ga­nado. A lei, que pune a Rússia (além do Irã e … Continue lendo »
Leilão de escravos é flagrado na Líbia

Leilão de escravos é flagrado na Líbia

José Antonio Lima — Seis anos após a desastrosa intervenção ocidental, a Líbia acumula uma nova tragédia, com imigrantes se tornando escravos e sendo vendidos por cerca de 1,5 mil reais Uma reportagem levada ao ar pela rede de televisão norte-americana CNN nesta terça-feira 14 mostrou as primeiras imagens de um crime denunciado pelas Nações Unidas … Continue lendo »
‘Golpe no Brasil é parte do projeto de recolonização da A. Latina’, diz prêmio Nobel da Paz Pérez Esquivel

‘Golpe no Brasil é parte do projeto de recolonização da A. Latina’, diz prêmio Nobel da Paz Pérez Esquivel

Marco Weissheimer – Para ativista argentino, privatização de empresas estatais é um dos objetivos do golpe de Estado. “O que está acontecendo no Brasil tem a ver com o projeto de recolonização do continente. Esse projeto tem alguns objetivos estratégicos: o controle dos nossos recursos naturais e, como já disse Michel Temer, a privatização das … Continue lendo »
Irã: protestos sem liderança levantam suspeitas de manipulação das redes

Irã: protestos sem liderança levantam suspeitas de manipulação das redes

RFI – ‘As sanções econômicas impostas pelos Estados Unidos têm impedido grandes investimentos estrangeiros no país, sobretudo por parte de empresas europeias’, opina professora de ciências políticas Desde 2009, quando o Movimento Verde levou milhões de pessoas às ruas em protesto contra a reeleição do presidente Mahmoud Ahmadinejad, o Irã não passava por uma onda tão violenta … Continue lendo »
Estados Unidos manejam a Lava Jato para destruir o Brasil e a América Latina

Estados Unidos manejam a Lava Jato para destruir o Brasil e a América Latina

El Clarín – Dilma Rousseff e Cristina Kirchner denunciaram que líderes nacionalistas e progressistas do continente estão sendo submetidos sistematicamente ao ‘lawfare’. Num discurso feito em julho deste ano, no qual felicitava a si mesmo, o subprocurador geral estadunidense Kenneth A. Blanco, que dirigia a Divisão Penal do Departamento de Justiça (porque logo o Secretário … Continue lendo »