O totalitarismo primitivo da Escola Sem Partido

O totalitarismo primitivo da Escola Sem Partido

Cynara Menezes – Delação de professores. Interrogatórios. Caça às bruxas. Imposição de “verdades” oficiais nos EUA, durante período macarthista, revela os riscos que Brasil agora corre Há uma história pouco contada dentro da histeria anticomunista que tomou conta dos Estados Unidos entre 1947 e 1956, a chamada “caça às bruxas” ou macarthismo: a perseguição, pelo senador Joseph … Continue lendo »
O último suspiro do centro

O último suspiro do centro

Alessandra Orofino – Dia 14/5, Emmanuel Macron tomou posse na França. Sua vitória foi celebrada por muitos como o triunfo da moderação sobre o radicalismo. Mas um olhar atento para a vitória do centrista revela um diagnóstico bem mais interessante. Para começar, pesquisas realizadas pelos institutos Ipsos e Sopra Steria mostraram que se apenas os … Continue lendo »
Boaventura: procuram-se horizontes, urgente

Boaventura: procuram-se horizontes, urgente

Boaventura de Sousa Santos – A barbárie pós-moderna alastra-se. Como alternativa, proporemos apenas a diversidade? Talvez as epistemologias do Sul — outras maneiras de pensar, sentir e conhecer — nos sugiram uma saída As oito pessoas mais ricas do mundo têm tanta riqueza quanto a metade mais pobre da população mundial (3,5 bilhões de pessoas). Destroem-se … Continue lendo »
O nazismo era um movimento de esquerda ou de direita?

O nazismo era um movimento de esquerda ou de direita?

Camilla Costa – Em meio a crise econômica e política na Alemanha, nazismo trazia ideia de “revolução social”. mas só para os “arianos” “Cara, cai na real! Ser de esquerda é ser a favor de milhares de mortes causadas pelo comunismo e nazismo no mundo. Reflita!”, diz uma mensagem de janeiro no Twitter. “O socialismo/comunismo é … Continue lendo »
O lado invisível do terrorismo

O lado invisível do terrorismo

Marcelo Zero – Ao contrário do que supõe o ‘senso comum’, a imensa maioria das mortes por terrorismo ocorrem no Oriente Médio, África e Ásia, e apenas marginal e ocasionalmente na Europa e EUA. Além disso, há forte correlação entre o crescimento do terrorismo em escala global e as intervenções militares realizadas, em tese, para … Continue lendo »
Como a Igreja arruinou a vida sexual das Américas com pecado, culpa e preconceito

Como a Igreja arruinou a vida sexual das Américas com pecado, culpa e preconceito

Cynara Menezes – “Não existe pecado do lado de baixo do Equador”, escreveu o holandês Gaspar Barleu ao se deparar com a libidinagem no Recife do século 17. Não existia. A liberdade sexual dos primeiros moradores do Brasil seria logo substituída pela noção de transgressão, pelo pudor excessivo, pelas proibições e pelo preconceito – a … Continue lendo »
Como “intelectuais” franceses arruinaram o ocidente: pós-modernismo e seus impactos, explicados

Como “intelectuais” franceses arruinaram o ocidente: pós-modernismo e seus impactos, explicados

Helen Pluckrose – O pós-modernismo representa uma ameaça não só à democracia liberal, senão à própria modernidade. Isto pode soar ousado ou até hiperbólico, mas a verdade é que o conjunto de ideias e valores nas raízes do pós-modernismo rompeu os limites da academia e ganhou grande poder cultural na sociedade ocidental. Os “sintomas” irracionais e … Continue lendo »
Valores da periferia estão mais próximos do anarquismo do que do liberalismo

Valores da periferia estão mais próximos do anarquismo do que do liberalismo

Patricia Fachin – Entrevista especial com Marcio Pochmann A recente pesquisa publicada pela Fundação Perseu Abramo, intitulada “Percepções e valores políticos nas periferias de São Paulo”, tem gerado uma série de debates sobre qual é a visão de mundo das pessoas que vivem nas periferias brasileiras, já que muitas, segundo o estudo, se declararam favoráveis ao … Continue lendo »