Previdência: Fagnani disseca a proposta de Bolsonaro

Previdência: Fagnani disseca a proposta de Bolsonaro

Ricardo Machado – E se a re­ti­rada de di­reitos dos tra­ba­lha­dores, sob a jus­ti­fi­ca­tiva de sus­ten­ta­bi­li­dade da Pre­vi­dência, fosse tão so­mente uma cor­tina de fu­maça para a ma­nu­tenção do pro­jeto de trans­fe­rência de renda para os mais ricos? A questão que abre o texto bem po­deria ser to­mada como uma es­pécie de te­oria cons­pi­ra­tória se … Continue lendo »
A reforma da previdência vai aprofundar a crise

A reforma da previdência vai aprofundar a crise

Ana Luíza Matos de Oliveira, Barbara Vallejos Vazquez e Euzebio Jorge Silveira de Sousa – Desapareceu no Brasil a discussão sobre geração de emprego. Mesmo registrando 12,5 milhões de desocupados e 27,3 milhões de subutilizados (desocupados, subocupados por insuficiência de horas e na força de trabalho potencial) – um quarto da força de trabalho brasileira – o único problema do Brasil parece ser a previdência. Após a … Continue lendo »
“É o pior início de governo desde o fim da ditadura”

“É o pior início de governo desde o fim da ditadura”

Gabriel Brito – O go­verno de Jair Bol­so­naro com­pleta três meses e os tra­di­ci­o­nais 100 dias de paz po­lí­tica para apre­sentar suas cre­den­ciais pas­saram longe de ser a marca do pe­ríodo. Em meio a epi­só­dios con­fusos e cons­tran­gi­mentos quase diá­rios, a in­só­lita prisão do ex-pre­si­dente Mi­chel Temer. Em en­tre­vista ao Cor­reio, o so­ció­logo Ruda Guedes … Continue lendo »
Previdência: os porquês da nova guerra

Previdência: os porquês da nova guerra

Eduardo Fagnani – Mais de 90 milhões de brasileiros beneficiam-se do sistema. Ainda que modestos, pagamentos são essenciais para reduzir a pobreza – e revelam a enorme potência da lógica de repartição. Por isso, o ultra-capitalismo não os tolera. A Previdência é um dos pilares da cidadania social brasileira. Entre 2001 e 2012, o total … Continue lendo »
Sem acordo com os partidos, Bolsonaro não vai governar, afirma cientista político

Sem acordo com os partidos, Bolsonaro não vai governar, afirma cientista político

Mario Cesar Carvalho – Associar presidencialismo de coalizão à corrupção, como fazem os bolsonaristas, “é um mito, uma bobagem sem tamanho”, diz o cientista político Fernando Limongi, professor aposentado da USP que dá aulas na escola de economia da Fundação Getulio Vargas. Corrupção, segundo ele, não é uma consequência inevitável da coalizão, prática que presidentes adotam … Continue lendo »
A morte como política

A morte como política

MARCELO SEMER – Há um ano atrás, quando a vereadora Marielle Franco e seu motorista Anderson Gomes foram cruelmente assassinados, a campanha presidencial já estava a todo vapor. Os pretendentes ao Planalto cuidaram de manifestar solidariedade e indignação com o bárbaro crime. Exceto o então deputado Jair Bolsonaro, que preferiu o silêncio, sob o pretexto de que … Continue lendo »
Do nacionalismo ao entreguismo vulgar: a ignorância como estratégia

Do nacionalismo ao entreguismo vulgar: a ignorância como estratégia

RAFAEL DA SILVA BARBOSA – Agora é semelhante aos tempos de Kubitschek e FHC. A diferença está no discurso, que não apela mais para a ‘modernização’ e usa cinismo A utilização da expressão “entreguismo vulgar” é um pleonasmo, pois, todo entreguismo, em essência, é vulgar. Mas, dadas as atuais circunstâncias, a classificação do termo pode … Continue lendo »
A perestroika brasileira é absolutamente descabida

A perestroika brasileira é absolutamente descabida

Patricia Fachin – É “difícil” fazer uma avaliação da política econômica conduzida pelo ministro Paulo Guedes, “porque de fato nada de concreto ainda foi feito na área, a não ser o envio da proposta de reforma da previdência ao Congresso”, diz a economista Leda Paulani à IHU On-Line, ao comentar a atuação da equipe econômica nos dois primeiros meses do novo governo. Já … Continue lendo »
O enganoso liberalismo do governo Bolsonaro

O enganoso liberalismo do governo Bolsonaro

Felipe Freller e Roberta K. Soromenho Nicolete – Autores liberais referidos pelo ministro da Educação poderiam servir com maior rigor para entender e criticar a emergência do próprio governo Bolsonaro. Poucos governos na história do Brasil trouxeram a ideologia como questão tão central quanto o de Jair Bolsonaro, mesmo que esse governo se apresente como técnico, e … Continue lendo »