‘Estamos frente a um sistema de agiotagem que paralisou o país’

‘Estamos frente a um sistema de agiotagem que paralisou o país’

Glauco Faria – O economista Ladislau Dowbor, que está lançando o livro “A Era do Capital Improdutivo”, fala sobre como os mecanismos financeiros capturaram o poder político em todo o mundo, inclusive no Brasil “As corporações manejam grande poder sem nenhum contrapeso significativo” “Não há nenhuma razão objetiva para os dramas sociais que vive o … Continue lendo »
Redução das metas consolida mudança nos pilares da política econômica

Redução das metas consolida mudança nos pilares da política econômica

Laura Carvalho  – No que pode ser interpretado como mais um passo rumo ao abandono definitivo de um dos pilares do chamado tripé macroeconômico instituído no país em 1999, o governo anunciou na terça-feira (15) uma revisão das metas fiscais dos próximos quatro anos, adiando para 2021 qualquer previsão de superavit primário. Os deficit previstos passaram de … Continue lendo »
A doutrina da dívida odiosa e a dívida brasileira

A doutrina da dívida odiosa e a dívida brasileira

Maicon Cláudio da Silva – Para além da per­ma­nente san­gria no or­ça­mento fe­deral, os es­tudos da Au­di­toria Ci­dadã da Dí­vida têm de­mons­trado que a dí­vida pú­blica bra­si­leira é re­pleta de ile­ga­li­dades. Sobre esses as­pectos, al­guns an­te­ce­dentes his­tó­ricos nos pos­si­bi­litam re­fletir também a res­peito da na­tu­reza da dí­vida pú­blica e de sua le­gi­ti­mi­dade. Se­gundo Nildo Ou­ri­ques … Continue lendo »
Confusões globais

Confusões globais

Wladimir Pomar – Ao lado das con­fu­sões a res­peito da crise ca­pi­ta­lista e da pre­tensa con­fron­tação entre as cor­po­ra­ções fi­nan­ceiras “mul­ti­na­ci­o­nais” e “trans­na­ci­o­nais” como con­tra­dição prin­cipal deste mo­mento his­tó­rico, há ou­tras con­fu­sões ron­dando o mundo. Como exemplo, podem-se citar as que dizem res­peito ao en­fra­que­ci­mento da uni­po­la­ri­dade norte-ame­ri­cana, à vi­a­bi­li­dade ou não da re­versão da … Continue lendo »
Produtividade na economia dos EUA registra primeiro declínio anual desde 1981

Produtividade na economia dos EUA registra primeiro declínio anual desde 1981

José Martins – Os radares da Crítica detectam neste momento fortes indícios de que os próximos três meses serão decisivos para o atual período de expansão da economia mundial. Sinais preocupantes de que a pressão atmosférica está mais pesada do que o permitido para a navegação do capital nas altas altitudes atuais. A produtividade anual … Continue lendo »
Por que o brasil das “reformas” não vai sair do buraco? Dê uma olhada no ranking mundial de juros reais

Por que o brasil das “reformas” não vai sair do buraco? Dê uma olhada no ranking mundial de juros reais

Ana Araujo e José Martins – Não refrescou nada a recente redução para 9,5% ao ano da taxa básica nominal de juros da economia brasileira, a popular SELIC. A taxa nominal de juros pode até cair um pouco, mas sua taxa real (taxa nominal menos inflação projetada para os próximos 12 meses) não sai do lugar. O crédito … Continue lendo »
A Era do Capital Improdutivo – e como superá-la

A Era do Capital Improdutivo – e como superá-la

ANTONIO MARTINS – Em seu novo livro, Ladislau Dowbor oferece chaves preciosas para decifrar a metamorfose do sistema e suas novas formas de dominar e concentrar riquezas. Também sugere: é possível vencê-lo – mas com outros métodos… Cinco famílias lideradas por homens brancos agora concentram mais riqueza que metade – 3,5 bilhões – dos habitantes … Continue lendo »
A bolha está se formando e, quando estourar, será o pior “crash” da minha vida, alerta Jim Rogers

A bolha está se formando e, quando estourar, será o pior “crash” da minha vida, alerta Jim Rogers

PAULA BARRA  – Para ele, algumas ações dos Estados Unidos estão entrando em uma bolha e, quando estourar, as bolsas vão desabar e será o pior “crash” dos seus 74 anos de vida O mercado acionário americano vai colapsar e isso não vai demorar muito – algo entre o final de 2017 e 2018, alerta o … Continue lendo »
A Economia Política e o grande salto atrás

A Economia Política e o grande salto atrás

LUIS CASADO – Os banqueiros dominam a produção, controlam os palácios, não pagam impostos. As sociedades tornam-se impotentes. A democracia reduz-se a ficção. Diante da crise da modernidade, o neoliberalismo propõe marcha à ré A gruta de Lascaux (Dordogne, França) possui uma das mais impressionantes amostras de arte rupestre do Paleolítico. Em 80 a 90 metros de comprimento, foram classificadas 1.963 unidades gráficas entre pinturas … Continue lendo »
Alemanha lucrou 1,3 bilhão de euros com dívida grega desde 2009

Alemanha lucrou 1,3 bilhão de euros com dívida grega desde 2009

Redação – Banco do Desenvolvimento e Banco Central da Alemanha teriam arrecadado quantia em juros sobre empréstimos à Grécia, enquanto Banco Central Europeu coletou juros de mais de 1,1 bilhão de euros sobre dívida grega em 2016. Desde 2009, início da crise financeira na Grécia, a Alemanha lucrou 1,3 bilhão de euros (equivalentes a R$ 4,7 bilhões) … Continue lendo »