O crescimento insolente de Portugal é um golpe no culto à austeridade

O crescimento insolente de Portugal é um golpe no culto à austeridade

Pascal de Lima – O sucesso do modelo português não vem das políticas de oferta, mas das políticas de demanda. A Comissão Europeia não esconde seu mal-estar. Durante muito tempo, o modelo de referência na Europa foi o modelo alemão. Bruxelas cansou de fazer sua apologia, particularmente devido ao excepcional excedente orçamentário alemão, à dinâmica … Continue lendo »
“Maior erro dos progressismos foi não ter tocado a riqueza; agora vemos avanço continental das direitas”

“Maior erro dos progressismos foi não ter tocado a riqueza; agora vemos avanço continental das direitas”

Raphael Sanz – O ano se en­cerrou em todo o con­ti­nente com enormes re­tro­cessos para os tra­ba­lha­dores. Macri e Temer apro­fundam pa­cotes de ajustes e ace­leram me­ga­em­pre­en­di­mentos li­gados à mi­ne­ração e ao agro­ne­gócio nos dois mai­ores paíse, o Chile vive o apro­fun­da­mento de seu já con­so­li­dado mo­delo ne­o­li­beral e a Ve­ne­zuela segue imersa em grave crise. … Continue lendo »
Mészáros: Igualdade substantiva e democracia substantiva

Mészáros: Igualdade substantiva e democracia substantiva

István Mészáros – No aniversário de István Mészáros, disponibilizamos o último artigo escrito por ele para a revista semestral da Boitempo, a Margem Esquerda. O problema das determinações substantivas se refere a uma mudança fundamental de uma futura sociedade, que, para se tornar historicamente sustentável, precisa ter a igualdade substantiva como princípio norteador vital do … Continue lendo »
“A diversidade não impede a unidade da esquerda na defesa da democracia”

“A diversidade não impede a unidade da esquerda na defesa da democracia”

Rodrigo Martins — A existência de diferentes candidaturas do campo progressista não invalida uma aliança no segundo turno, emenda o líder do MTST ‘Deixemos o pensamento único e a intolerância para a direita’, propõe Boulos Cotado como candidato do PSOL à Presidência da República, Guilherme Boulos recusa-se a alimentar a inútil polêmica sobre a desunião da … Continue lendo »
Ciclo do PT se encerrou, diz Boulos

Ciclo do PT se encerrou, diz Boulos

Maria Cristina Fernandes e Cristiane Agostine – O ciclo do PT no poder se encerrou e a esquerda precisa tirar o foco da eleição de 2018 e reconstruir-se. A análise é do líder nacional do MTST, Guilherme Boulos, cotado para disputar a Presidência pelo Psol, em um eventual cenário eleitoral sem o ex-presidente Luiz Inácio Lula … Continue lendo »
“O GRANDE ERRO DA ESQUERDA É PENSAR QUE MOVIMENTOS SOCIAIS SÃO SEMPRE BONS”

“O GRANDE ERRO DA ESQUERDA É PENSAR QUE MOVIMENTOS SOCIAIS SÃO SEMPRE BONS”

Flávia Milhorance – “Sopram ventos malignos no planeta azul”. É com essa sentença que o catalão Manuel Castells, um dos sociólogos mais citados do mundo, abre seu mais novo livro, do qual ele falou, pela primeira vez publicamente, no Rio de Janeiro esta semana. O recém-lançado “Ruptura: La crisis de la democracia liberal” (Alianza Editorial, ainda … Continue lendo »
A esquerda e a corrupção

A esquerda e a corrupção

Renato Janine Ribeiro – Fora dos Estados Unidos poucos conhecem a história do político Huey Long, que mandou na Luisiana até ser assassinado, em circunstâncias misteriosas, em 1935. Foi acusado de corrupto e saudado como reformador social. Acabo de ler “Blood and Thunder”, um romance policial cujo autor, Max Allan Collins, jura que ele foi corrupto. … Continue lendo »
“Há um espaço que só o PSOL pode ocupar, uma proposta de esquerda radical”, diz Juliano Medeiros, novo presidente nacional do partido

“Há um espaço que só o PSOL pode ocupar, uma proposta de esquerda radical”, diz Juliano Medeiros, novo presidente nacional do partido

Lucas Vasques – Medeiros: “Muita gente fala ‘poxa, se vocês se entendessem mais, a direita não estaria tão forte’. Mas considero essa visão um pouco ingênua. A questão é: se entender em torno de qual programa, qual tática?” “Eu acredito que a esquerda deva ir pra cima dessa turma que tomou o poder. Nenhuma concessão, nenhum … Continue lendo »
A esquerda e o dilema da democracia real

A esquerda e o dilema da democracia real

THOMÁS DE BARROS – A “soberania popular” refere-se sempre a um “povo”, mas o “povo” não é algo sólido, rígido Qual deveria ser o projeto da esquerda brasileira? Essa parece ser uma das perguntas recorrentes nos círculos intelectuais do país, num cenário em que o bloco progressista tem dificuldades para se articular. Muito do debate cresce … Continue lendo »