David Runciman: “Estamos presos a instituições ultrapassadas e não sabemos como alterá-las”

David Runciman: “Estamos presos a instituições ultrapassadas e não sabemos como alterá-las”

Liana Melo – O professor de política na Universidade de Cambridge David Runciman, autor de Como a democracia chega ao fim (Todavia), afirma que a realização de eleições não é mais suficiente para garantir a democracia. 1. Por que o senhor afirma, no livro, que a democracia está sob risco? A grande ameaça é que … Continue lendo »
De onde vieram e para onde irão os deputados federais eleitos pelo PSL?

De onde vieram e para onde irão os deputados federais eleitos pelo PSL?

VICTOR PICCHI GANDIN – Passada a eleição e a meio caminho da posse dos deputados federais eleitos em 2018 (marcada para 1º de fevereiro de 2019), duas coisas chamam a atenção: a expressiva votação dos deputados do Partido Social Liberal (PSL), que se tornou a segunda maior bancada da Câmara, e a falta de coesão de parte … Continue lendo »
Na Argentina, rejeição ao período militar impediria eleição de defensor da ditadura

Na Argentina, rejeição ao período militar impediria eleição de defensor da ditadura

Luciana Taddeo – Na Argentina, a maior parte da opinião pública rejeita a ditadura militar do país (1976-1983), que deixou 30 mil mortos e desaparecidos, além dos relatos de tortura e de bebês sequestrados pelo regime e adotados ilegalmente por outras famílias. Em 2016, uma pesquisa do instituto Ibarómetro apontou que 80,2% dos argentinos tinham “sentimentos … Continue lendo »
Militarismo com neoliberalismo, tragédia para a economia

Militarismo com neoliberalismo, tragédia para a economia

Pedro Rossi – Diferentemente de Temer, que abraçou por inteiro a agenda do mercado financeiro, Bolsonaro se lançaria em estratégia militarista para oferecer resultados em segurança pública e combate à corrupção, o que não combina com Estado mínimo. A contradição é receita para o desastre. A leitura do programa econômico do Bolsonaro aponta para dois … Continue lendo »
Três projetos de país em disputa e as incertezas da governabilidade

Três projetos de país em disputa e as incertezas da governabilidade

Patricia Fachin – Uma questão particular a ser analisada no debate eleitoral e após a eleição presidencial é como se dará a governabilidade a partir de 2019, adverte o economista Guilherme Delgado à IHU On-Line, na entrevista a seguir, concedida por telefone. Segundo ele, diante da fragmentação das campanhas neste ano, “a governabilidade, na perspectiva de dar soluções estruturais aos problemas legados por uma crise profunda de … Continue lendo »
O Brexit brasileiro

O Brexit brasileiro

Astrid Prange de Oliveira – O Brasil não é o primeiro país onde ‘fake news’ desafiam a democracia. Mas pode ser o primeiro onde as instituições democráticas têm a chance de enfrentá-las de forma contundente. Caros Brasileiros, O que é pior para o Brasil: a vitória de Haddad no segundo turno, com um possível quebra-quebra … Continue lendo »
A ditadura despertada

A ditadura despertada

MARCIO SOTELO FELIPPE – Quando se diz ‘movimento’ em vez de ‘ditadura’, o passado real torna-se outro. O ministro Dias Toffoli, presidente do STF, chamou um general para sua assessoria. O fato inusitado e difícil de compreender pode ter ganho luz pouco tempo depois. Em palestra na Faculdade de Direito da USP, justamente em evento que … Continue lendo »
Os ricos, os pobres e os precariados: os 3 tipos de eleitores de Bolsonaro

Os ricos, os pobres e os precariados: os 3 tipos de eleitores de Bolsonaro

Rosana Pinheiro-Machado – Uma possibilidade de lidar com o atual cenário político é partir do princípio de que metade da população é composta por fascistas, ignorantes – ou ambos. Sendo assim, podemos jogar a toalha e repetir que cada povo tem o governante que merece. Outra possibilidade, que me parece mais interessante, é diferenciar esse espectro … Continue lendo »
Censura nas universidades: Não esperaram nem o corpo da democracia esfriar

Censura nas universidades: Não esperaram nem o corpo da democracia esfriar

Leonardo Sakamoto – A Justiça Eleitoral obrigou a Universidade Federal Fluminense a retirar uma faixa que dizia ”UFF Antifascista” da fachada de sua Faculdade de Direito, sob pena de prisão de seu diretor. A juíza Maria Aparecida da Costa Bastos entendeu que isso representava propaganda negativa para Jair Bolsonaro e impôs a censura. Fiscais eleitorais teriam encontrado, … Continue lendo »