“Marxismo cultural”, fantasma da direita tacanha

“Marxismo cultural”, fantasma da direita tacanha

Após a Guerra Fria, intelectuais norte-americanos passaram a ver em Gramsci, Lukacs e Marcuse os devassadores da família ocidental. Alguns brasileiros copiaram esta crença Jason Wilson – O que o colunista australiano Nick Cater, o grupo de ódio de videogame #Gamergate, o assassino em massa norueguês Anders Breivik e indivíduos aleatórios no YouTube têm em comum? Além … Continue lendo »
A aliança entre EUA e Europa acabou?

A aliança entre EUA e Europa acabou?

Antonio Luiz M. C. Costa — É preciso saber até onde vai a “declaração de independência” de Bruxelas diante de Washington A prepotência de Trump fez de um cumprimento uma queda de braço, vencida por Macron Enquanto a passagem de Donald Trump pelo Oriente Médio e o Vaticano praticamente nada trouxe de novo, de sua passagem pelas reuniões … Continue lendo »
O totalitarismo primitivo da Escola Sem Partido

O totalitarismo primitivo da Escola Sem Partido

Cynara Menezes – Delação de professores. Interrogatórios. Caça às bruxas. Imposição de “verdades” oficiais nos EUA, durante período macarthista, revela os riscos que Brasil agora corre Há uma história pouco contada dentro da histeria anticomunista que tomou conta dos Estados Unidos entre 1947 e 1956, a chamada “caça às bruxas” ou macarthismo: a perseguição, pelo senador Joseph … Continue lendo »
Por que Diretas Já

Por que Diretas Já

ELIANE BRUM – É preciso interromper a crescente fragilização da democracia para recuperar a capacidade de imaginar um país O voto no Brasil hoje vale muito pouco. E precisa voltar a valer. Diante de um buraco tão fundo, que não para de se alargar, refundar a democracia depende da retomada pela população do poder de … Continue lendo »
Até onde vai a ‘nova direita’?

Até onde vai a ‘nova direita’?

Glauco Faria e Luciano Velleda – Em um cenário de descrédito para a atual classe política, novos personagens e agremiações têm oportunidade de crescer e ampliar seu espaço Leia o segundo artigo: http://controversia.com.br/4197 O antipetismo unificou pessoas que se definem como “de direita” com divergências em diversos temas Eles começaram a aparecer com mais força nos … Continue lendo »
Chefe militar de Médici pedia propina; qual a diferença hoje?

Chefe militar de Médici pedia propina; qual a diferença hoje?

Matias Spektor – Um dos principais chefes militares do governo Médici pedia propina a empresários americanos. Com mediação da Fiesp ou por meio de extorsão, ele costurava os laços entre a embaixada americana, a iniciativa privada e o porão. É o que revela um documento secreto recém-aberto ao público. Se nossa podridão é de longa … Continue lendo »
As bases e o ‘habitat’ da nova direita

As bases e o ‘habitat’ da nova direita

Glauco Faria e Luciano Velleda – Na segunda matéria sobre novos atores que ganham relevância no cenário político brasileiro, o papel dos ‘think tanks’ e a importância das redes sociais Confira aqui a primeira matéria: http://controversia.com.br/4149 O Instituto Liberal, entidade presidida pelo economista e ex-colunista da revista Veja Rodrigo Constantino e que tem Bernardo Santoro como … Continue lendo »
Voltamos à era do messianismo político que gerou Hitler, diz frei Betto

Voltamos à era do messianismo político que gerou Hitler, diz frei Betto

ANNA VIRGINIA BALLOUSSIER – Frei Betto, 72, é inquestionavelmente um homem de esquerda. Participou da fundação da CUT, serviu de assessor especial ao amigo Lula em seus primeiros anos na Presidência e dá assessoria a movimentos sociais como MST. Nem por isso passa a mão na cabeça do campo progressista. Para ele, a autocrítica “se … Continue lendo »
O Pós-Temer

O Pós-Temer

Celso Rocha de Barros – A discussão sobre quem sucederá Michel Temer em caso de eleições indiretas está particularmente horrorosa. A classe política parece já ter decidido o que quer: um governo Temer sem Temer. A mesma coalizão sustentando o governo, o mesmo programa, outro sujeito discursando no 7 de setembro. O que se procura … Continue lendo »
A Cracolândia acabou?

A Cracolândia acabou?

Vera Telles e equipe – A Cra­co­lândia teve mais uma vez o seu fim de­cre­tado, dessa vez pelo atual pre­feito de São Paulo, João Doria, de­pois de uma me­ga­o­pe­ração po­li­cial, co­or­de­nada pelo Grupo de Ope­ra­ções Es­pe­ciais da Po­lícia Civil. Che­fiada pelo go­ver­nador Ge­raldo Alckmin, a in­ves­tida teve início na manhã de do­mingo, 21 de maio, … Continue lendo »