Esfera de influência: como os libertários americanos estão reinventando a política latino-americana

Esfera de influência: como os libertários americanos estão reinventando a política latino-americana

Lee Fang – Para Alejandro Chafuen, a reunião desta primavera no Brick Hotel, em Buenos Aires, foi tanto uma volta para casa quanto uma volta olímpica. Chafuen, um esguio argentino-americano, passou a vida adulta se dedicando a combater os movimentos sociais e governos de esquerda das Américas do Sul e Central, substituindo-os por uma versão pró-empresariado do … Continue lendo »
O distritão e a destruição da participação popular

O distritão e a destruição da participação popular

Cezar Britto — É ruim para o País uma regra em que o mandato tem como dono um indivíduo apenas compromissado com os seus próprios interesses A reforma política não é panaceia, tampouco a solução final para a cura dos males sofridos pela população. Mas ela é, sobretudo, ponto de partida para a restauração da confiança popular … Continue lendo »
‘Golpe no Brasil é parte do projeto de recolonização da A. Latina’, diz prêmio Nobel da Paz Pérez Esquivel

‘Golpe no Brasil é parte do projeto de recolonização da A. Latina’, diz prêmio Nobel da Paz Pérez Esquivel

Marco Weissheimer – Para ativista argentino, privatização de empresas estatais é um dos objetivos do golpe de Estado “O que está acontecendo no Brasil tem a ver com o projeto de recolonização do continente. Esse projeto tem alguns objetivos estratégicos: o controle dos nossos recursos naturais e, como já disse Michel Temer, a privatização das empresas … Continue lendo »
Um comandante nazista na Volkswagen do Brasil

Um comandante nazista na Volkswagen do Brasil

DW – Franz Stangl, ex-chefe de dois campos de extermínio na Polônia, não só se tornou funcionário da montadora em São Bernardo do Campo, como também montou esquema de espionagem na fábrica em colaboração com o regime militar. Ex-comandante dos campos de extermínio de Treblinka e Sobibór na Polônia, Franz Paul Stangl trabalhou por oito … Continue lendo »
Líder israelense queria expulsar os palestinos para o Brasil em 1967, revelam documentos históricos

Líder israelense queria expulsar os palestinos para o Brasil em 1967, revelam documentos históricos

Iara Haasz e Bruno Huberman – Impossibilidade do desejo dos dirigentes sionistas abriu espaço para a solução em vigência: guerra e expulsão permanente dos nativos palestinos Passou desapercebido de quase todos no Brasil uma surpreendente revelação feita em maio deste ano. A desclassificação de arquivos confidenciais israelenses sobre o período da Guerra dos Seis Dias … Continue lendo »
Chances de vitória de Bolsonaro são a desistência de um Brasil moderno

Chances de vitória de Bolsonaro são a desistência de um Brasil moderno

Celso Rocha de Barros – Não há um só país desenvolvido no mundo que corresponda à visão que Jair Bolsonaro defende para o Brasil. Os países mais desenvolvidos são justamente os que mais respeitam os direitos humanos, os que mais toleram a diversidade, aqueles em que a polícia e o Exército são mais claramente subordinados ao … Continue lendo »
Como a Volkswagen cooperou com a ditadura brasileira

Como a Volkswagen cooperou com a ditadura brasileira

Deutsche Welle — Imprensa alemã obtém acesso exclusivo à investigação sobre o envolvimento da montadora com o regime. Cooperação era maior do que se pensava Uma força-tarefa investigativa formada pelo jornal Süddeutsche Zeitung e as emissoras estatais NDR e SWR obteve acesso exclusivo à investigação externa, ordenada pela própria Volkswagen, sobre o papel de sua filial brasileira na ditadura militar (1964-1985). Segundo reportagens publicadas no … Continue lendo »
É o bem de uso comum do povo, estúpido!

É o bem de uso comum do povo, estúpido!

Lúcio Gregori – Quando da eleição de Clinton em 1992, James Car­ville, es­tra­te­gista da cam­panha, cu­nhou o dito “é a eco­nomia, es­tú­pido!”, para evi­den­ciar qual era ou de­veria ser a questão cen­tral na dis­puta elei­toral. Pa­ra­fra­se­ando, ainda que de modo far­sesco, eu diria que “é o bem de uso comum do povo, es­tú­pido!”, para dizer qual … Continue lendo »
As ciências humanas e a guerra cultural no Brasil

As ciências humanas e a guerra cultural no Brasil

Marcos Napolitano – Se quisermos um país com capacidade de formulação de políticas públicas eficazes, precisamos das ciências humanas na pesquisa e na educação. Independente do debate esquerda / direita, que se bem colocado pode até ser muito produtivo (o que não é o caso do Brasil atual, infelizmente), as ciências humanas têm um papel a … Continue lendo »