A esperteza ridicularizada

A esperteza ridicularizada

Laurindo Lalo Leal Filho – Não se deve lutar contra um apelido por mais que ele nos desgoste. Essa lição aprendi ainda criança. Quanto mais o apelidado repudia o apelido mais a alcunha fica nele grudada. Lembro disso porque soube que o ex-juiz Moro está injuriado com a excelente denominação recebida: “Marreco de Maringá”. É … Continue lendo »
A terra é plana!

A terra é plana!

Frei Betto – Homem de fé que sou, e ainda mais mi­neiro, sempre des­con­fiei dessa ci­ência in­flu­en­ciada pelo mar­xismo. Se a Terra fosse re­donda e gi­rasse em torno do pró­prio eixo, no mí­nimo de­ve­ríamos sentir ton­turas. Esse pre­con­ceito contra o ge­o­cen­trismo de Pto­lomeu de­corre dos ma­lé­volos con­ceitos pau­lo­frei­ri­anos as­su­midos por Co­pér­nico e Ga­lileu. Eles ado­taram … Continue lendo »
Convicção da boçalidade é tal que fica difícil não ser vencido pela exaustão

Convicção da boçalidade é tal que fica difícil não ser vencido pela exaustão

Bernardo Carvalho – Num embate recente, deparei com uma ultradireitista exultante da sua recente saída do armário. A idiotia sequestrou a inteligência. São tantas as frentes de batalha e os ataques em série, e tal a impermeabilidade da má-fé e a convicção da boçalidade, que no final fica difícil não sair de campo vencido pela … Continue lendo »
‘Vivi Estado Novo e ditadura, mas nunca vi período tão assustador’, diz referência em alfabetização

‘Vivi Estado Novo e ditadura, mas nunca vi período tão assustador’, diz referência em alfabetização

Laís Semis – Magda Becker Soares tem 86 anos e não costuma perder o sono à toa. Recuperando-se de uma cirurgia delicada, uma das maiores autoridades brasileiras em alfabetização diz que nem mesmo o fato de encarar a mesa de cirurgia a deixou preocupada. “Mas quando saiu o anúncio sobre essa secretaria de Alfabetização com o … Continue lendo »
Bolsonarismo importa dos EUA teoria conspiratória sobre marxismo cultural

Bolsonarismo importa dos EUA teoria conspiratória sobre marxismo cultural

Maurício Meireles – Tese diz que esquerda se infiltrou nas artes, imprensa e outras instituições para destruir a civilização ocidental por dentro. Fábricas e fazendas não estão mais com nada. O grande movimento da esquerda agora, em vez de buscar o poder pelas armas, seria a luta no campo da cultura —apropriando-se, pouco a pouco, de instituições como … Continue lendo »
Prefiro não: do Estado Islâmico ao bolsonarismo

Prefiro não: do Estado Islâmico ao bolsonarismo

Priscila Figueiredo – Civilização em declínio: o que um filme sobre a força da “Jihad” pode dizer a respeito dos que, humilhados pela ordem, encontraram caminho apenas na ultra-direita. O filme tunisiano Meu querido filho, de Mohammed Ben Attia, tem muito de um estampido seco. Acho que esse efeito migra para dentro do espectador também, que é … Continue lendo »
Direita, esquerda e Gramsci na cena histórica

Direita, esquerda e Gramsci na cena histórica

Marcus Ianoni – É a extrema-direita quem está implementando a dita hegemonia cultural – sobre a qual refletiu Gramsci – com sua indústria de fake news, seu exército neopentecostal, o discurso fácil e maniqueísta contra corrupção, a aliança com elites do aparato repressivo, a mídia e o mercado. Várias vozes da direita, em diversos tons e … Continue lendo »
Brasil praticamente gabarita traços de fascismo apontados por Umberto Eco

Brasil praticamente gabarita traços de fascismo apontados por Umberto Eco

Rodrigo Casarin – Em abril de 1995, o escritor, semiólogo e filósofo italiano Umberto Eco foi convidado pela Universidade de Columbia, nos Estados Unidos, para participar de um simpósio que celebrava a libertação da Europa das mão dos nazistas e fascistas durante a Segunda Guerra. Eco escreveu e leu um texto que chamou de “O … Continue lendo »