Crise democrática é fruto da indústria cultural, diz escritor Amós Oz

Crise democrática é fruto da indústria cultural, diz escritor Amós Oz

MAURÍCIO MEIRELES – Hitler e Stálin não esperavam, é claro, mas deram um presente à humanidade: o medo do fanatismo e da violência. Por mais de 50 anos, o mundo viveu com tal medo. Agora, a data de validade desse “presente” chegou. Quem diz é Amós Oz, uma das principais vozes da literatura israelense. Contundente analista político, … Continue lendo »
Jessé Souza: “A classe média é feita de imbecil pela elite”

Jessé Souza: “A classe média é feita de imbecil pela elite”

Sergio Lirio — Os extratos médios, diz o sociólogo, defendem de forma acrítica os interesses dos donos do poder e perpetuam uma sociedade cruel forjada na escravidão Em agosto, o sociólogo Jessé Souza lança novo livro, A Elite do Atraso – da Escravidão à Lava Jato. De certa forma, a obra compõe uma trilogia, ao lado de A Tolice da Inteligência … Continue lendo »
“O problema é que damos todo o poder para plataformas como Google e Facebook”

“O problema é que damos todo o poder para plataformas como Google e Facebook”

DAVID ALANDETE – Um dos mais destacados empreendedores e ideólogos da Internet defende a utilidade do conteúdo viral nas redes sociais São tempos agitados em ambos os lados do Atlântico, entre o naufrágio do Brexit e a ascensão de Donald Trump à Casa Branca. Embora a maioria tenha mergulhado em um estado de choque com tais resultados das urnas, Eli … Continue lendo »
As ciências humanas e a guerra cultural no Brasil

As ciências humanas e a guerra cultural no Brasil

Marcos Napolitano – Se quisermos um país com capacidade de formulação de políticas públicas eficazes, precisamos das ciências humanas na pesquisa e na educação. Independente do debate esquerda / direita, que se bem colocado pode até ser muito produtivo (o que não é o caso do Brasil atual, infelizmente), as ciências humanas têm um papel a … Continue lendo »
As razões que fazem a Nova Zelândia ter o maior índice de suicídio entre jovens em países desenvolvidos

As razões que fazem a Nova Zelândia ter o maior índice de suicídio entre jovens em países desenvolvidos

Andreas Illmer – Quando você pensa na Nova Zelândia, o que vem à mente provavelmente são as belezas naturais – fiordes, montanhas, paisagens remotas e paradisíacas – em um país distante. Mas, há alguns anos, o país vem lutando contra outra forma de isolamento – depressão e suicídio. Relatório do Fundo das Nações Unidas para … Continue lendo »
Antonio Candido: o homem que nos ensinou a pensar por conta própria

Antonio Candido: o homem que nos ensinou a pensar por conta própria

Rodrigo Morais – Como todos os necrológios sobre ele haverão de afirmar, Antonio Candido, além de grande crítico literário e historiador, foi um dos maiores pensadores da cultura brasileira, à altura de nomes como Gilberto Freyre, Sérgio Buarque de Holanda e Caio Prado Júnior. Carioca criado em Minas e formado intelectualmente em São Paulo, Candido … Continue lendo »
A segunda morte de Mário de Andrade

A segunda morte de Mário de Andrade

Lira Neto – Muita gente fez cara de nojo. Como as autoridades permitiriam tamanho disparate? De quem teria partido a ideia de profanar o palco do Theatro Municipal de São Paulo –templo sagrado da cultura erudita, símbolo dos anseios cosmopolitas da mais alta sociedade paulistana–, permitindo a apresentação de um reles sambista, animador de gafieiras … Continue lendo »
Os sete capítulos esquecidos de ‘Cem Anos de Solidão’

Os sete capítulos esquecidos de ‘Cem Anos de Solidão’

ÁLVARO SANTANA ACUÑA – García Márquez publicou episódios avulsos para sondar o público antes de terminar o romance Meses antes de terminar Cem Anos de Solidão, Gabriel García Márquez amargava sérias dúvidas sobre a qualidade de um romance que se tornaria um clássico da literatura. “Quando li o que tinha escrito”, confessou por carta a um … Continue lendo »