Gays e crianças como moeda eleitoral

Gays e crianças como moeda eleitoral

ELIANE BRUM – As milícias em benefício próprio descobriram como barganhar com a vida dos brasileiros e ganhar adeptos manipulando o medo e o ódio O fechamento da mostra Queer Museum – Cartografia da Diferença na Arte Brasileira aponta a crescente articulação entre setores da política tradicional e milícias como o Movimento Brasil Livre (MBL). Essa articulação está desenhando o … Continue lendo »
MBL promove intolerância e intimidação de adversários

MBL promove intolerância e intimidação de adversários

Pablo Ortellado – Uma exposição sobre diversidade sexual no Santander Cultural em Porto Alegre, com obras de Leonilson, Adriana Varejão, Lygia Clark e Portinari foi fechada no último domingo (10) depois de uma campanha iniciada pelo MBL que a acusou de promover a pedofilia e a pornografia. O Santander decidiu suspender a exposição depois de uma chuva … Continue lendo »
O Gustavo do 3ºB é ‘bicha’: como ensinar os filhos a lidar com preconceito?

O Gustavo do 3ºB é ‘bicha’: como ensinar os filhos a lidar com preconceito?

Luciana Bugni – Eu tinha 16 anos quando minha melhor amiga me procurou no colégio para me segredar apreensiva: o Gustavo me contou que é gay. Minha primeira reação foi “por que ele não contou para mim?”. Minha segunda reação foi “eu já sabia que estava acontecendo isso”. Minha terceira reação foi um sentimento de … Continue lendo »
Não há arte possível para a gente de bem

Não há arte possível para a gente de bem

Daniela Name – A autocensura transformada em censura pelo Santander Cultural é um sinal dos dias sombrios que atravessamos. Uma exposição que inflamou aquela cidade fria. Os cidadãos de bem comentavam, mesmo sem ter visto. As mães protegiam seus filhos daquelas telas, esculturas, fotografias e objetos, consideradas uma ameaça à família, ao espírito nacional, aos … Continue lendo »
Eu não sou seu negro pergunta: quem é bárbaro?

Eu não sou seu negro pergunta: quem é bárbaro?

Elaine Santos – Como Frantz Fanon, James Baldwin parece acreditar: brancos e negros “têm de se afastar das vozes desumanas de seus ancestrais respectivos, a fim de que nasça uma autêntica comunicação” James Baldwin foi poeta e crítico social afro americano, nascido em Nova York em 1924. Tem nos romances suas críticas centrais acerca das diversas … Continue lendo »
Livro reúne informações sobre as 252 etnias indígenas que restam no Brasil

Livro reúne informações sobre as 252 etnias indígenas que restam no Brasil

MARCELO LEITE – Nesta segunda-feira (17), brasileiros serão confrontados com uma radiografia diante da qual têm preferido virar a cara: o volume “Povos Indígenas no Brasil 2011/2016”. É a 12ª edição do livro apelidado de “Pibão”. Chega com 827 páginas em formato grande (21 x 28,5 cm), fazendo justiça plena à alcunha. Compilada pelos antropólogos do … Continue lendo »
Historiador defende cota racial e critica ‘escravidão contemporânea’ e reforma trabalhista

Historiador defende cota racial e critica ‘escravidão contemporânea’ e reforma trabalhista

Cauê Muraro – João José Reis pediu reparação à África e lamentou falta do ensino da cultura do continente nas escolas. Ele participou de debate neste sábado (29). O historiador João José Reis na mesa que abriu a programação da Flip 2017 neste sábado (29); ele defendeu sistema de cotas e criticou reforma trabalhista O … Continue lendo »
Crise democrática é fruto da indústria cultural, diz escritor Amós Oz

Crise democrática é fruto da indústria cultural, diz escritor Amós Oz

MAURÍCIO MEIRELES – Hitler e Stálin não esperavam, é claro, mas deram um presente à humanidade: o medo do fanatismo e da violência. Por mais de 50 anos, o mundo viveu com tal medo. Agora, a data de validade desse “presente” chegou. Quem diz é Amós Oz, uma das principais vozes da literatura israelense. Contundente analista político, … Continue lendo »