Mészáros: Igualdade substantiva e democracia substantiva

Mészáros: Igualdade substantiva e democracia substantiva

István Mészáros – No aniversário de István Mészáros, disponibilizamos o último artigo escrito por ele para a revista semestral da Boitempo, a Margem Esquerda. O problema das determinações substantivas se refere a uma mudança fundamental de uma futura sociedade, que, para se tornar historicamente sustentável, precisa ter a igualdade substantiva como princípio norteador vital do … Continue lendo »
Por que os Paraísos Fiscais não são invencíveis

Por que os Paraísos Fiscais não são invencíveis

Grazielle David – Um ano após o escândalo dos Panamá Papers, surgem propostas concretas para impedir que as megacorporações e os super-ricos continuem praticando sonegação internacional sistemática. Haverá vontade política? Para marcar o primeiro aniversário do Panamá Papers, escândalo relacionado com paraísos fiscais, organizações e movimentos do mundo todo articuladas por meio da Campanha Multinacionais paguem o justo organizaram … Continue lendo »
‘Golpe no Brasil é parte do projeto de recolonização da A. Latina’, diz prêmio Nobel da Paz Pérez Esquivel

‘Golpe no Brasil é parte do projeto de recolonização da A. Latina’, diz prêmio Nobel da Paz Pérez Esquivel

Marco Weissheimer – Para ativista argentino, privatização de empresas estatais é um dos objetivos do golpe de Estado. “O que está acontecendo no Brasil tem a ver com o projeto de recolonização do continente. Esse projeto tem alguns objetivos estratégicos: o controle dos nossos recursos naturais e, como já disse Michel Temer, a privatização das … Continue lendo »
Comuns, a nova fronteira da luta anticapitalista

Comuns, a nova fronteira da luta anticapitalista

Mary Ann Manahan e ShalmaliGuttal – Que são os territórios, recursos naturais, bens e saberes que todos usufruem — mas ninguém possui. Por que o sistema quer capturá-los a todo custo. Que futuro alternativo eles podem projetar Ascercas foram apropriadamente chamadas de revolução dos ricos contra os pobres Karl Polanyi, A Grande Transformação, 1944 Nosso território tradicional cobre não apenas … Continue lendo »
Notas sobre capitalismo e socialismo (6)

Notas sobre capitalismo e socialismo (6)

Wladimir Pomar – Como vimos, em­bora Es­tados Unidos e Brasil sejam países ca­pi­ta­listas, o grau de de­sen­vol­vi­mento de cada um deles é con­si­de­ra­vel­mente de­si­gual, suas crises es­tru­tu­rais também sendo sig­ni­fi­ca­ti­va­mente di­fe­rentes. Isso ficou ainda mais evi­dente a partir da crise de 2008, na qual ambos ainda estão afun­dados. Os Es­tados Unidos en­con­tram-se con­fron­tados por uma … Continue lendo »
Trabalho infantil: quase 1 milhão de menores trabalham em situação ilegal no Brasil, aponta IBGE

Trabalho infantil: quase 1 milhão de menores trabalham em situação ilegal no Brasil, aponta IBGE

REVISTA IHU ON-LINE – Dados de 2016 mostram que 190 mil crianças de até 13 anos trabalham no país; na faixa etária entre 14 e 17 anos, são 808 mil em situação ilegal; ao todo, 1,8 milhão estão empregados. Retrato do mercado de trabalho brasileiro revela que 998 mil menores são submetidos a trabalho ilegal no país. … Continue lendo »
Notas sobre capitalismo e socialismo (5)

Notas sobre capitalismo e socialismo (5)

Wladimir Pomar – Vol­tando ao pe­ríodo que tem início nos anos 1970, os Es­tados Unidos en­con­tram-se en­vol­vidos em crises fi­nan­ceiras e em pro­blemas es­tru­tu­rais. Há uma brutal con­cen­tração e cen­tra­li­zação de ca­pi­tais, for­mação de grandes cor­po­ra­ções trans­na­ci­o­nais, cres­cente mo­no­po­li­zação e oli­go­po­li­zação da eco­nomia, rá­pido de­sen­vol­vi­mento ci­en­tí­fico e tec­no­ló­gico, e o de­sem­prego es­tru­tural já mostra a sua … Continue lendo »
A cada 3 desempregados no Brasil, 2 são pretos ou pardos, diz IBGE

A cada 3 desempregados no Brasil, 2 são pretos ou pardos, diz IBGE

UOL – Pretos e pardos são mais atingidos pelo desemprego e ganham pouco mais que a metade dos rendimentos dos trabalhadores brancos no país. No terceiro trimestre, dos 13 milhões de brasileiros desocupados, 8,3 milhões eram pretos ou pardos, o que dá 63,7% do total. Os pretos ou pardos representam 54,9% da população brasileira com 14 … Continue lendo »
E se Stálin tivesse os EUA?

E se Stálin tivesse os EUA?

ALON FEUERWERKER – Desde a morte de Mao Tsé-Tung, a China procura combinar um sistema político socialista e uma economia com fortes componentes capitalistas. E a espetacular prosperidade chinesa destes anos assenta-se, também e principalmente, no acesso aos capitais e ao mercado de consumo do Ocidente, especialmente dos Estados Unidos. Um dia, Mao e Richard … Continue lendo »