A dívida odiosa

A dívida odiosa

Pierre Pénet – O pagamento das dívidas públicas pelos estados superendividados é realmente uma prioridade política? Éric Toussaint, economista e ativista, explica que algumas dívidas são odiosas e por isso propõe reformar a arquitetura financeira internacional. A dívida pública é o cerne de muitas crises que marcaram a história financeira desde o início do século … Continue lendo »
Notas sobre capitalismo e socialismo (9)

Notas sobre capitalismo e socialismo (9)

Wladimir Pomar – Para tentar sair da crise em que o Brasil havia afun­dado na dé­cada an­te­rior, nos anos 1990 a bur­guesia se en­gajou em vá­rios mo­vi­mentos, tendo como mote prin­cipal a re­dução da in­flação. Re­a­lizou uma des­bra­gada aber­tura co­mer­cial. Li­berou o mo­vi­mento dos ca­pi­tais fi­nan­ceiros, da taxa de juros e da taxa de câmbio. … Continue lendo »
Deserto vira cemitério de veículos da Volkswagen

Deserto vira cemitério de veículos da Volkswagen

Fernanda Ezabella – Carros a diesel foram recomprados após escândalo da fraude dos testes de poluentes em 2015. No deserto californiano, dezenas de aviões descansam em paz após o último pouso de suas carreiras no aeroporto de logísticas de Victorville, cidade de 120 mil habitantes a 140 km de Los Angeles. Desde 2017, milhares de automóveis se juntaram ao … Continue lendo »
O Marxismo, versão XXI.0

O Marxismo, versão XXI.0

Francisco Louçã – Na preparação da Conferência de dias 24 e 25 de março a assinalar os 200 anos de Karl Marx, Francisco Louçã diz que esta iniciativa “pretende contrastar com as atitudes revanchistas, vindas dos liberais, e cerimoniais, vindas de hermeneutas”. Um ciclo de efemérides assombra o marxismo: em outubro de 2017 passaram 150 … Continue lendo »
10 MODOS COMO O CAPITALISMO NEGA OU TIRA A SUA LIBERDADE

10 MODOS COMO O CAPITALISMO NEGA OU TIRA A SUA LIBERDADE

Robson Fernando De Souza – Um dos mais fortes argumentos a favor do capitalismo utilizado por seus defensores é que ele seria um sistema que garante a liberdade. Será mesmo? Dizem por aí que o capitalismo — em especial o liberal, com o mínimo de regulação estatal — vem “trazer liberdade” para as pessoas. Seria tanto a liberdade de ganhar … Continue lendo »
Notas sobre capitalismo e socialismo (8)

Notas sobre capitalismo e socialismo (8)

Wladimir Pomar – Vol­tando às notas sobre ca­pi­ta­lismo e so­ci­a­lismo, um dos grandes pro­blemas das es­tra­té­gias de luta das cor­rentes e par­tidos de viés po­pular, so­ci­a­lista e/ou co­mu­nista no Brasil tem con­sis­tido no fato de que, para parte deles, o so­ci­a­lismo apa­rece como uma mi­ragem, ao invés de uma pos­si­bi­li­dade con­creta para su­perar as con­tra­di­ções do … Continue lendo »
Notas sobre capitalismo e socialismo (7)

Notas sobre capitalismo e socialismo (7)

Wladimir Pomar – Os termos so­ci­a­lismo e co­mu­nismo ti­veram origem, no sé­culo 18, em cor­rentes re­li­gi­osas pre­o­cu­padas com a ali­e­nação e a mor­bidez da nas­cente ex­plo­ração ca­pi­ta­lista sobre os tra­ba­lha­dores. Elas su­pu­nham que através da edu­cação e de ex­pe­ri­men­ta­ções prá­ticas de tra­balho so­ci­a­li­zado ou co­mu­ni­tário seria pos­sível trans­formar o en­ten­di­mento dos ca­pi­ta­listas ex­plo­ra­dores e mo­di­ficar … Continue lendo »
Efeito estufa: produção versus consumo

Efeito estufa: produção versus consumo

Alejandro Nadal – No Acordo de Paris, cada nação determina de maneira independente suas metas de redução de emissões de gases do efeito estufa (GEE). Porém, não existe um mecanismo coercitivo para garantir o cumprimento desses objetivos. A concentração de dióxido de carbono na atmosfera já supera as 405 partículas por milhão (ppm), segundo as mais … Continue lendo »
Demissão após a maternidade: “Não cometi nenhum erro. Eu só gerei uma vida”

Demissão após a maternidade: “Não cometi nenhum erro. Eu só gerei uma vida”

TALITA BEDINELLI – Pesquisa aponta que metade das mulheres que engravidam perdem o emprego até dois anos depois da licença-maternidade. Ana Carolina Gaspar, de 34 anos, tinha um cargo de gerência em uma multinacional do setor de varejo quando engravidou de Júlia. Estava havia tempo suficiente na empresa para perceber alguns sinais do machismo cotidiano, como ter que … Continue lendo »