Revolução Russa: mitos, erros e atualidade (II)

Revolução Russa: mitos, erros e atualidade (II)

Eduardo Mancuso – Proibição dos partidos. Requisições forçadas de trigo. Criação da polícia política. Paz desastrosa. Como os equívocos iniciais do poder soviético contribuiriam para frustrar o primeiro ensaio socialista. Esta é a segunda de três partes de A Revolução Russa de Outubro de 1917, livro recém-lançado por Eduardo Mancuso. Historiador, colaborador editorial de Outras Palavras, ele soma, à militância … Continue lendo »
Revolução Russa: mitos, erros e atualidade (I)

Revolução Russa: mitos, erros e atualidade (I)

Eduardo Mancuso – Num livreto didático — porém instigante e não-convencional — o significado histórico de Outubro de 1917, os descaminhos do socialismo primitivo e uma aposta: superar a ditadura dos mercados é mais necessário que nunca. Esta é a primeira de três partes de A Revolução Russa de Outubro de 1917, livro recém-lançado por Eduardo Mancuso. Historiador, … Continue lendo »
Outubro e sua importância: uma conversa com China Miéville

Outubro e sua importância: uma conversa com China Miéville

Eric Blanc – Para aqueles in­te­res­sados em com­pre­ender a his­tória da Re­vo­lução Russa na es­pe­rança de con­frontar mais efe­ti­va­mente o ca­pi­ta­lismo, a tensão entre uni­versal e par­ti­cular se re­vela fun­da­mental. A di­fi­cul­dade que ine­vi­ta­vel­mente surge é a de como dis­cernir o que foi his­to­ri­ca­mente es­pe­cí­fico da Rússia de 1917 e o Bol­che­vismo da­quilo que talvez re­flita … Continue lendo »
A Revolução Russa e o revisionismo histórico

A Revolução Russa e o revisionismo histórico

Domenico Losurdo – “Para a ideologia hegemônica de hoje, a dominação colonial e o banho de sangue da guerra mundial são sinônimos de normalidade, ou mesmo de sanidade psicológica, enquanto que a Revolução de Outubro – oposta a tudo isso – representa uma epidemia, a disseminação da loucura.” “Duas epidemias assolaram o mundo em 1918. Uma … Continue lendo »
As questões de Outubro

As questões de Outubro

Daniel Bensaïd – Daniel Bensaïd passa a limpo o legado da Revolução Russa ao longo de três questões cruciais de historiografia política Antes mesmo de entrar na massa dos novos documentos acessíveis pela abertura dos arquivos soviéticos (que permitirão, indubitavelmente, novas luzes e uma renovação das controvérsias), as discussão vem tropeçar no pensamento pronto da ideologia … Continue lendo »
O significado histórico de Outubro de 1917

O significado histórico de Outubro de 1917

Michael Löwy – A Revolução Russa abriu um horizonte emancipatório que não foi eclipsado, apesar das traições, das decepções e, por fim, da brutal restauração capitalista que a sucedeu. “Semelhante fenômeno não mais se esquece na história da humanidade. […] Ainda que a revolução viesse por fim a fracassar […] aquela predição filosófica nada perde, apesar … Continue lendo »
As “Teses de abril”, de Lenin

As “Teses de abril”, de Lenin

Slavoj Žižek – Trecho do livro “Às portas da revolução: escritos de Lenin de 1917”, com textos clássicos de Lenin selecionados, introduzidos e posfaciados pelo filósofo esloveno Slavoj Žižek No centenário da publicação das “Teses de abril” de Lenin, o Blog da Boitempo recupera um trecho do livro Às portas da revolução: escritos de Lenin de … Continue lendo »
Revolução Russa: obstinação e contingência histórica

Revolução Russa: obstinação e contingência histórica

Giovanni Alves – Enquanto a I Revolução Industrial criou as circunstancias históricas para a eclosão do movimento cartista e das revoluções europeias de 1848, a II Revolução Industrial aprofundou nos ‘elos mais fracos’ do sistema imperialista, como a Rússia tsarista, contradições sociais que, sob o impacto da I Guerra Mundial, levaram efetivamente à insurgência das massas … Continue lendo »