A Revolução na Finlândia

A Revolução na Finlândia

Eric Blanc – A esquecida Revolução Finlandesa talvez tenha mais lições para nós hoje do que os acontecimentos de 1917 na Rússia. No último século, histórias sobre a revolução de 1917 geralmente focaram-se em Petrogrado e nos socialistas russos. Mas o Império Russo era predominantemente composto por não-russos – e os levantes na periferia imperial … Continue lendo »
40% das crianças de até 14 anos estão em situação de pobreza no Brasil, mostra estudo

40% das crianças de até 14 anos estão em situação de pobreza no Brasil, mostra estudo

UOL – Dentre a população brasileira de zero a 14 anos, 40,2% se encontra em situação de pobreza. O percentual corresponde a mais de 17,3 milhões de jovens pobres no Brasil. É o que aponta um levantamento da Fundação Abrinq, divulgado nesta terça (25), que compara a situação da infância no Brasil com as metas assumidas … Continue lendo »
A “entidade independente” do Banco Central blinda o sistema financeiro

A “entidade independente” do Banco Central blinda o sistema financeiro

Guilherme Delgado – Ir­res­pon­sável, ili­mi­tado e in­fa­lível são atri­butos cla­ra­mente não re­pu­bli­canos, que pro­va­vel­mente al­gumas mo­nar­quias ab­so­lutas os­ten­taram ou ainda os­tentam na his­tória ou al­gumas fi­guras pre­té­ritas ao Deus das re­li­giões mo­no­teístas – de­miurgos e ídolos. Tais atri­butos cla­ra­mente não cabem nas es­tru­turas do Es­tado cons­ti­tu­ci­onal mo­derno, mais con­ven­ci­o­nal­mente co­nhe­cido por es­tado de­mo­crá­tico de di­reito. Mas, … Continue lendo »
Dez conselhos para os militantes da esquerda

Dez conselhos para os militantes da esquerda

Frei BETTO – Pontos para reflexão. 1. Mantenha viva a indignação. Verifique periodicamente se você é mesmo de esquerda. Adote o critério de Norberto Bobbio: a direita considera a desigualdade social tão natural quanto a diferença entre o dia e a noite. A esquerda encara-a como uma aberração a ser erradicada. Cuidado: você pode estar … Continue lendo »
Por um projeto para as cidades brasileiras

Por um projeto para as cidades brasileiras

Outras Palavras – Movimentos e organizações lançam manifesto pela mudança. Documento descreve como especulação avançou nos últimos vinte anos, e propõe mobilização nacional para resistir Um documento de dezenas de movimentos sociais Estamos vivendo um período de transição no mundo e no Brasil. As mudanças estão em curso e serão feitas com ou sem a participação … Continue lendo »
Os erros de estratégia se pagam

Os erros de estratégia se pagam

Valerio Arcary – Os erros de es­tra­tégia se pagam. In­sistir na mesma es­tra­tégia, tro­cando os lí­deres, não terá outro de­sen­lace senão novas der­rotas. As vir­tudes dos ho­mens são se­me­lhantes ao voo dos pás­saros. A ave que se ha­bitua com a pai­sagem ras­teira, perde o gosto pela al­tura. Sa­be­doria po­pular in­diana A úl­tima se­mana foi triste. … Continue lendo »
“O Estado Islâmico é hoje uma fera encurralada”

“O Estado Islâmico é hoje uma fera encurralada”

Correio da Cidadania – Em en­tre­vista ao site do Par­tido An­ti­ca­pi­ta­lista francês, o in­te­lec­tual e es­critor li­banês Gil­bert Achcar ana­lisa o re­cente iso­la­mento do Catar no bloco das mo­nar­quias do golfo e afirma que o Es­tado Is­lâ­mico não tem mais como re­a­lizar seu pro­jeto. Como ex­plica a rup­tura da Arábia Sau­dita e seus ali­ados, em … Continue lendo »
Quem recebe até três salários mínimos é quem mais paga impostos no Brasil

Quem recebe até três salários mínimos é quem mais paga impostos no Brasil

UOL – Mais de 79% da população brasileira, que recebe até três salários mínimos por mês, contribui com 53% da arrecadação tributária total no País. Na última terça-feira (12), o Brasil chegou à marca de R$ 1 trilhão em impostos arrecadados em 2014. Segundo cálculos feitos pelo IBPT (Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação), 7,6% da população … Continue lendo »
O apito da panela de pressão

O apito da panela de pressão

Paulo Kliass – Frente ao atual quadro, é compreensível a indagação de quem não entende a passividade da maioria. Até quando aguardar para que ouçamos o apito da panela? O primeiro semestre deste ano marca o quadragésimo aniversário de uma importante etapa do movimento de luta contra a ditadura militar, que havia se instalado em … Continue lendo »
Meirelles, o presidente invisível

Meirelles, o presidente invisível

Samuel Pinheiro Guimarães – Enquanto país se distrai com o futuro de Temer e a “agenda da corrupção”, um homem comanda, em nome da aristocracia financeira e da mídia, as contrarreformas que realmente importam ao Mercadoo 1. Henrique Meirelles, ministro da Fazenda, ex-presidente do Bank of Boston e durante vários anos presidente do Conselho da J … Continue lendo »
Portugal, a nova vitrine do socialismo europeu

Portugal, a nova vitrine do socialismo europeu

Luiz Eça – Por­tugal en­trou em 2011 numa si­tu­ação pré-fa­li­mentar. Os efeitos da grande crise econô­mica de 2008-2009, so­mados aos gastos ex­ces­sivos de go­vernos so­ci­a­listas, tor­naram a dí­vida pú­blica gi­gan­tesca. Ficou cada vez mais di­fícil para o go­verno José Só­crates fi­nan­ciar suas des­pesas, pois os juros cres­ciam de forma in­sus­ten­tável. Che­garam a quase 17%, em … Continue lendo »
‘Muitos ricos se comportam como o crime organizado’, diz jornalista que investigou quadrilhas no mundo todo

‘Muitos ricos se comportam como o crime organizado’, diz jornalista que investigou quadrilhas no mundo todo

Juan Carlos Pérez Salazar – Dos Balcãs ao Brasil, o jornalista britânico Misha Glenny, ex-correspondente de guerra da BBC, observa de perto há 25 anos as emaranhadas redes do crime organizado e como elas espalham tentáculos pelo mundo. Ele testemunhou como a guerra civil que dividiu a Iugoslávia também serviu para criar nos Balcãs “uma máquina … Continue lendo »
RECLAMAR MENOS, ATUAR MAIS

RECLAMAR MENOS, ATUAR MAIS

Frei Betto – Quando me perguntam sobre o Brasil, respondo que não vejo luz no fim do túnel porque nem mesmo enxergo o túnel… Não lembro de ter vivido conjuntura tão incerta. Na ditadura os atores, de um lado e outro, eram definidos. Agora não. Há um assombroso retrocesso no país, e é praticamente insignificante a … Continue lendo »
Reforma tributária: afinal, quem paga a conta?

Reforma tributária: afinal, quem paga a conta?

Paulo Gil Introíni – A continuidade do processo político-econômico de redução das desigualdades e injustiças sociais depende da reforma tributária. O caráter regressivo do sistema tributário brasileiro dificulta o fortalecimento do mercado interno de consumo popular e desestimula o investimento, a variável por excelência para um crescimento autônomo e sustentável “…o grau em que um … Continue lendo »
Condutas discriminatórias precisam de diagnóstico compatível com o crime, defende psiquiatra

Condutas discriminatórias precisam de diagnóstico compatível com o crime, defende psiquiatra

Marco Weissheimer – No dia 8 de setembro, o Comitê Contra a Intolerância e a Discriminação, da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), promoveu um debate sobre os efeitos da discriminação na área da saúde. Participaram do debate Raquel Silveira, do Instituto de Psicologia da UFRGS, e Telmo Kiguel, médico psiquiatra e coordenador do … Continue lendo »
Ocidente não sabe nem do cheiro do que a Eurásia está cozinhando

Ocidente não sabe nem do cheiro do que a Eurásia está cozinhando

Pepe Escobar – Uma mudança geopolítica tectônica aconteceu em Astana, Cazaquistão, há poucos dias. Pois ainda não se viu nem qualquer mínima repercussão nos círculos atlanticistas. Na reunião anual da cúpula da Organização de Cooperação de Xangai (OCX), fundada em 2001, os dois países, Índia e Paquistão foram admitidos como membros plenos, como Rússia, China e … Continue lendo »