O que há em comum nas rebeliões sociais de diferentes países da América do Sul

O que há em comum nas rebeliões sociais de diferentes países da América do Sul

José Martins – Meio da tarde de terça-feira (19). Formidável cena em movimento estampada na tela do twiter da @ Mission_Verdad : soldados do exército boliviano (divisão de infantaria) se unem ao movimento de nações originárias em resistência que marcham desde Oruru rumo a La Paz. E cantam : povo e soldados, juntos na luta! … Continue lendo »
Conheça a história dos Irmãos Rebouças, os primeiros engenheiros negros do Brasil

Conheça a história dos Irmãos Rebouças, os primeiros engenheiros negros do Brasil

THAMIRIS TREIGHER – Se hoje a cidade de Curitiba é a capital do estado do Paraná, tal fato se deve ao empenho e à perseverança de dois irmãos nascidos na Bahia, ambos engenheiros: Antonio e André Rebouças. Os irmãos são considerados os primeiros afrodescendentes brasileiros a cursar uma universidade e os dois maiores engenheiros do Brasil no … Continue lendo »
Novo projeto de poder de Bolsonaro, a Aliança pelo Brasil é o primeiro partido neofascista do país

Novo projeto de poder de Bolsonaro, a Aliança pelo Brasil é o primeiro partido neofascista do país

João Filho – Bolsonaro alugou um partido nanico, ajudou a transformá-lo em um dos maiores partidos do Brasil e agora o abandona após uma tentativa fracassada de golpe para tomar o seu controle e abocanhar o fundo partidário. Pela ótica da dinâmica política tradicional, esse jogo é uma loucura que levaria ao enfraquecimento e isolamento do governo. … Continue lendo »
PIB é ilusão perversa, diz Nobel de Economia

PIB é ilusão perversa, diz Nobel de Economia

Joseph Stiglitz – O mal-estar social alastra-se, o colapso da Natureza avança e a democracia declina. Se ainda assim o termômetro que afere o “sucesso” das sociedades nos diz que tudo vai bem — então, é preciso trocá-lo por outro. Já há como fazê-lo. O mundo enfrenta três crises existenciais: uma crise climática, uma crise … Continue lendo »
O trabalhismo radical irá transformar a Inglaterra

O trabalhismo radical irá transformar a Inglaterra

Susi Weissman – Por três décadas, o “extremo centro” silenciou todas as alternativas ao neoliberalismo, apresentando-se como algo mais moderno. Mas, como Tariq Ali insiste, há uma alternativa – e o Partido Trabalhista de Jeremy Corbyn está oferecendo exatamente isso. O processo eleitoral britânico começou dia 6 de novembro, e os britânicos irão às urnas … Continue lendo »
Zaptiqueta

Zaptiqueta

Antonio Prata – Já que estamos viciados nos celulares e autocondenados a arrastá-los por aí como as bolas de chumbo dos prisioneiros nas histórias em quadrinhos, é mister entrarmos num acordo sobre algumas mínimas normas de etiqueta. Não me refiro aos trolls do Twitter, aos ogros da dark web, às almas sebosas que dedicam a vida … Continue lendo »
O ódio como política

O ódio como política

Leonardo Isaac Yarochewsky – A socióloga Esther Solano Gallego – organizadora da obra “O ódio como política: a reinvenção das direitas no Brasil” – constata que nos últimos anos, o chamado campo progressista assistiu perplexo, à reorganização e ao fortalecimento político das direitas. “Direitas”, “novas direitas”, “onda conservadora”, “fascismo”, “reacionarismo” trata-se, segundo a socióloga de “uma … Continue lendo »
A formação do ser neoliberal

A formação do ser neoliberal

Eleutério F. S. Prado – Empresário de si mesmo. Iludido pelo consumo. Alienado da natureza. Suscetível a seitas que o impedem de desabar. Em novo livro, Pierre Dardot e Christian Laval mostram como a nova racionalidade capitalista criou o sujeito que a reproduz. Os economistas de direita costumam ridicularizar a ideia de economista neoliberal, assim como … Continue lendo »
Ex-agente duplo conta como a CIA promove ‘guerras não violentas’ para implodir governos

Ex-agente duplo conta como a CIA promove ‘guerras não violentas’ para implodir governos

Marco Weissheimer – A missão da CIA para Raúl Capote era formar líderes universitários e criar o projeto “Genesis”, com o objetivo de estabelecer em Cuba a estratégia do “golpe suave”, elaborada por autores como Gene Sharp. Entre 2004 e 2011, o escritor e professor cubano Raúl Antonio Capote Fernández atuou, a pedido da inteligência … Continue lendo »