Estudos apontam que até 900 mil pessoas deixaram classes A e B

Estudos apontam que até 900 mil pessoas deixaram classes A e B

Autoria: Bruno Villas Bôas Apesar do fim da recessão econômica e do início de recuperação do emprego, milhares de brasileiros deixaram de pertencer às classes sociais A e B no ano passado, considerado o critério de renda, mostram estimativas do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos do banco Bradesco e da consultoria LCA, obtidas pelo Valor. Segundo … Continue lendo »