A arte de imbecilizar crianças

A arte de imbecilizar crianças

Christian Dunker – “A arte de perder não é difícil de dominar; há tantas coisas que parecem preenchidas com a intenção de serem perdidas, que a perda delas não é nenhum desastre. Perca algo todos os dias. (…) Então pratique perder melhor, perder mais rápido: lugares e nomes, e até mesmo onde é que você … Continue lendo »
Cuba, Fidel e o dia depois: a possibilidade de uma ilha

Cuba, Fidel e o dia depois: a possibilidade de uma ilha

Pablo Stefanoni – Ne­nhuma re­vo­lução pôde re­criar-se como mito du­rante meio sé­culo. Ne­nhuma, com a ex­ceção da Cu­bana. Cin­quenta anos de­pois do ou­tubro russo, a re­vo­lução havia pas­sado pelo trau­má­tico re­co­nhe­ci­mento do gulag sta­li­nista. Meio sé­culo de­pois da Longa Marcha vi­to­riosa de Mao Ze­dong, o Im­pério do Meio já es­tava tran­si­tando para o “exi­toso” ex­pe­ri­mento de … Continue lendo »