Chineses ultrapassam americanos e lideram grupo dos 10% mais ricos do mundo pela 1ª vez, diz Credit

Luísa Melo – Em 2019, parcela dos mais afortunados é composta por 100 milhões de adultos da China, contra 99 milhões dos EUA, mostra estudo.

China é segundo país com mais milionários no mundo, atrás apenas dos EUA

Pela primeira vez, há mais chineses do que norte-americanos entre os 10% mais ricos do mundo, aponta relatório do banco Credit Suisse. Segundo o estudo, a China agora tem 100 milhões de pessoas no seleto grupo, contra 99 milhões dos Estados Unidos.

Para estar entre os 10% mais ricos, é preciso ter uma fortuna de US$ 109,43 mil em ativos líquidos (ou seja, que podem ser convertidos em dinheiro rapidamente). Para estar entre os 1% mais ricos, o valor é de US$ 936,43 mil.

Na média, porém, norte-americanos ainda são muito mais ricos que os chineses: cada adulto tem US$ 432,36 mil, contra US$ 65,9 mil. Já a riqueza média do brasileiro ficou em US$ 23,5 mil, segundo o estudo do Credit.

EUA têm mais milionários

Além disso, a quantidade americanos que têm mais de US$ 1 milhão ainda é quatro vezes maior do que a de chineses: 18,6 milhões (ou 40% do total de milionários do mundo, em primeiro lugar), contra 4,4 milhões (ou 10%, em segundo lugar).

Países com mais milionários no mundo em 2019 (em %)

De 2018 para 2019, o número de milionários no mundo cresceu de 45,64 milhões para 46,79 milhões (mais 1,14 milhão). O Brasil foi o sexto país que mais ganhou milionários: passou de 217 mil para 259 mil (mais 42 mil). Veja na tabela:

Mudança na quantidade de milionários no mundo de 2018 para 2019

País Milionários em 2018 Milionários em 2019 Quantidade a mais
Estados Unidos 17,939 milhões 18,614 milhões 675 mil
Japão 2,838 milhões 3,025 milhões 187 mil
China 4,289 milhões 4,447 milhões 158 mil
Alemanha 2,122 milhões 2,187 milhões 65 mil
Holanda 789 mil 832 mil 43 mil
Brasil 217 mil 259 mil 42 mil
Índia 725 mil 759 mil 34 mil
Espanha 945 mil 979 mil 33 mil
Canadá 1,293 milhão 1,322 milhão 30 mil
Suíça 791 mil 810 mil 19 mil
Mundo 45,647 milhões 43,792 milhões 1,146 milhão

Mundo trilhões mais rico

A riqueza do mundo cresceu 2,6% de 2018 para 2019, chegando a US$ 360,60 trilhões. “Isso representa uma melhoria em relação ao declínio visto de 2014 a 2015, mas ainda está abaixo do crescimento médio registrado desde a crise financeira em 2008”, destaca o Credit no estudo.

Comparando o total de ganhos e perdas entre as principais economias, os Estados Unidos foram o país que mais contribuiu para esse aumento, com US$ 3,8 trilhões. Em segundo lugar vem a China, com US$ 1,9 trilhão, seguida por Japão (US$ 930 bilhões), Índia (US$ 625 bilhões) e Brasil (USD 312 bilhões).

As maiores perdas ocorreram na Austrália (menos US$ 257 bilhões), Turquia (US$ 257 bilhões) e Paquistão (US$ 141 bilhões).

Desigualdade

O levantamento mostrou também que há uma desigualdade. A metade mais pobre da população, junta, detinha menos de 1% de toda a riqueza global até meados de 2019, enquanto os 10% mais ricos concentravam 82% da riqueza, e o 1% mais rico, 45%.

https://g1.globo.com/economia/noticia/2019/10/21/chineses-ultrapassam-americanos-e-lideram-grupo-dos-10percent-mais-ricos-do-mundo-pela-1a-vez-diz-credit.ghtml

Responda