A violência brasileira não é mais produto da miséria e da pobreza; tem origem na fragilidade moral da sociedade

A violência brasileira não é mais produto da miséria e da pobreza; tem origem na fragilidade moral da sociedade

Patricia Fachin – “Este é o cenário brasileiro hoje: um país que avançou economicamente – a despeito da crise recente -, um país que avançou socialmente, reduziu muito a pobreza e a miséria e, ao mesmo tempo, trouxe no seu bojo o crescimento da violência, porque o tráfico se consolidou no país”, constata o sociólogo e … Continue lendo »
Sem tempo para sonhar: EUA têm mais negros na prisão hoje do que escravos no século XIX

Sem tempo para sonhar: EUA têm mais negros na prisão hoje do que escravos no século XIX

Dodô Calixto – No dia histórico do discurso “Eu tenho um sonho”, de Martin Luther King, panorama social é dramático aos afrodescendentes norte-americanos. O presidente norte-americano, Barack Obama, participa nesta quarta-feira (28/08) em Washington de evento comemorativo pelo aniversário de 50 anos do emblemático discurso “Eu tenho um Sonho”, de Martin Luther King Jr. – considerado … Continue lendo »
Graeber: assim multiplicam-se trabalhos estúpidos

Graeber: assim multiplicam-se trabalhos estúpidos

David Graeber – Que dizer de uma sociedade que demanda cada vez menos músicos e poetas, enquanto multiplica legiões de advogados corporativos, contadores e operadores de telemarketing? Por que o capitalismo dominado pelas finanças produz este monstrengo? Em 1930, John Maynard Keynes previu que até o final do século a tecnologia teria avançado o suficiente, … Continue lendo »
Exaustos-e-correndo-e-dopados

Exaustos-e-correndo-e-dopados

Eliane Brum – Na sociedade do desempenho, conseguimos a façanha de abrigar o senhor e o escravo no mesmo corpo Nos achamos tão livres como donos de tablets e celulares, vamos a qualquer lugar na internet, lutamos pelas causas mesmo de países do outro lado do planeta, participamos de protestos globais e mal percebemos que … Continue lendo »
O pensamento raso brasileiro que não é preconceituoso, mas…

O pensamento raso brasileiro que não é preconceituoso, mas…

Leonardo Sakamoto – Alguns leitores reclamaram do post de ontem. Disseram que tentei criar uma divisão que não existe na sociedade – ignorando, talvez, que a sociedade foi dividida no momento em que o primeiro português mandou o primeiro indígena colher pau-brasil e colocar num porão de navio. Gente, uma dica: preconceito é para ser dito, repetido … Continue lendo »
Um dia de vagabundo

Um dia de vagabundo

Gregorio Duvivier – Pra quem acha que artista é vagabundo, queria sugerir um programão pra esse domingo: um dia na vida de um vagabundo. Você vai acordar às cinco da manhã. “Ah, mas é domingo”. Esse conceito de domingo não existe pro vagabundo. “Ah, mas minha família almoça todo domingo.” Ih, filho, melhor esquecer também esse … Continue lendo »
A história do Brasil como conhecemos é uma fantasia, diz cientista político

A história do Brasil como conhecemos é uma fantasia, diz cientista político

JULIANA GRAGNANI – Para o jornalista, escritor e cientista político Jorge Caldeira, “a história do Brasil como a conhecemos é uma fantasia, quase como se fosse o Joãosinho Trinta pensando o país”. Ele participou nesta quinta (30) de mesa mediada pela repórter especial da Folha Sylvia Colombo na Casa Folha, em Paraty, onde acontece a Flip. … Continue lendo »