Tese revela conquistas das domésticas nos anos 2000

Tese revela conquistas das domésticas nos anos 2000

Isabel Gardenal – Políticas públicas tiveram impacto positivo na categoria Os anos 2000 impactaram positivamente a categoria das trabalhadoras domésticas no Brasil, com melhoria na economia e na perspectiva política. Foi um projeto que apostou nas políticas públicas e de inclusão como ferramenta de transformação social. “Teve um grande avanço, mas é preciso investir mais em programas … Continue lendo »
A antessala da barbárie social amplificada

A antessala da barbárie social amplificada

Leslie Chaves – Entrevista especial com Giovanni Alves “A precarização do trabalho nas condições da crise do capitalismo brasileiro na última metade da década de 2010 se apresenta constituída de modo global pela ampliação da nova precariedade salarial e pela precarização das condições de existência social do trabalho vivo”, alerta o sociólogo. “O Brasil é hoje um … Continue lendo »
Situação de refugiados coloca Grécia em estado de urgência humanitária

Situação de refugiados coloca Grécia em estado de urgência humanitária

Adéa Guillot – Os primeiros refugiados sírios são deportados para a Turquia, enquanto aumenta o clima de violência nos acampamentos Eram 12 no total: duas mulheres, quatro crianças e seis homens. Doze refugiados sírios foram enviados, no dia 27 de abril, da ilha grega de Lesbos para a vizinha Turquia. Escoltados por agentes da agência europeia … Continue lendo »
‘‘Todos os vínculos foram explodidos”

‘‘Todos os vínculos foram explodidos”

Luiza Villaméa – O psicanalista Tales Ab’Sáber mostra como o pacto social costurado por Lula se desfez, criando espaço para as forças da direita e atualizando a longa tradição de crise política do País. Ab’Sáber abre a série de artigos, entrevistas e reportagens que debatem o Brasil Ab’Sáber: “O lulopetismo como grande fantasia de um … Continue lendo »
O que você precisa desaprender?

O que você precisa desaprender?

Ana Paula Coelho – Buscamos incessantemente conhecimento, mas temos dificuldade em abrir espaços autênticos de reflexão e mudança. Será possível desaprender (desprogramar) crenças limitantes? Uma delas certamente é a de que “precisamos sempre saber mais e mais”. Na era da informação e do conhecimento, a síndrome de FOMO (Fear Of Missing Out) nos dá sempre a sensação de que precisamos … Continue lendo »
Matar uma pessoa para salvar outras cinco vidas é justificável?

Matar uma pessoa para salvar outras cinco vidas é justificável?

Daniel Mediavilla – Estudo sugere que quem prefere as escolhas morais absolutas são mais confiáveis. Comparação é com as que fazem escolhas pensando em maximizar o bem comum O dilema do trem é uma experiência clássica para avaliar opções de ordem moral. Will Langenberg Um trem descontrolado avança na direção de cinco pessoas. Você está … Continue lendo »
Eles querem uma nova polícia

Eles querem uma nova polícia

Luiza Sansão – “A instituição da qual fazemos parte é assassina”, afirma o investigador Denilson Neves. Conheça ele e outros policiais que encampam a luta pelos direitos humanos dentro das corporações Na contramão do pensamento hegemônico das polícias, que legitima práticas criminosas, policiais que são ativistas em direitos humanos lutam, de dentro das corporações, por uma reestruturação … Continue lendo »
Uma em cada 4 pessoas assassinadas em SP foi morta pela polícia

Uma em cada 4 pessoas assassinadas em SP foi morta pela polícia

Amanda Rossi e Luísa Brito – Mortes classificadas na capital como confronto aumentaram 61% em 2015. SPTV teve acesso a mais de 4 mil boletins de ocorrência via Lei de Acesso.  A polícia paulista foi responsável por uma em cada quatro pessoas assassinadas na cidade de São Paulo em 2015, a maior taxa já registrada, segundo levantamento … Continue lendo »
Número de suicídios nos Estados Unidos é o mais alto em 30 anos

Número de suicídios nos Estados Unidos é o mais alto em 30 anos

SABRINA TAVERNISE – De acordo com uma análise de dados federais, o suicídio nos Estados Unidos subiu para seu nível mais elevado em quase 30 anos, e sua incidência cresceu entre todas as faixas etárias exceto os adultos mais velhos. O crescimento foi especialmente pronunciado entre as mulheres. Também foi substancial entre os norte-americanos de meia-idade, … Continue lendo »