Maio de 68, Junho de 2013

Maio de 68, Junho de 2013

Morris Kachani – Trilhando seu caminho entre a direção de numerosos documentários de respeito e a gestão da revista piauí, João Moreira Salles, filho caçula do ex-ministro, embaixador e banqueiro Walther Moreira Salles, enxerga com apreensão o futuro da nação: “Não tem ninguém que possa oferecer uma solução para esse impasse, que é o próprio sistema … Continue lendo »
Os governos do PT reduziram ou não a desigualdade?

Os governos do PT reduziram ou não a desigualdade?

Sergio Lirio — Estudo compila os ganhos sociais nas faixas mais baixas de renda entre 2002 e 2015. Refluxo a partir da reeleição de Dilma coloca os avanços em risco. Ao combater a pobreza, as políticas públicas reduziram a desigualdade racial Pesquisas recentes coordenadas pelo economista francês Thomas Piketty, referência atual nos estudos sobre desigualdade, ressuscitaram … Continue lendo »
O que é ‘pós-verdade’, a palavra do ano segundo a Universidade de Oxford

O que é ‘pós-verdade’, a palavra do ano segundo a Universidade de Oxford

André Cabette Fábio – Anualmente a Oxford Dictionaries, departamento da universidade de Oxford responsável pela elaboração de dicionários, elege uma palavra para a língua inglesa. A de 2016 é “pós-verdade” (“post-truth”). Em 2015, a palavra escolhida foi um emoji – mais especificamente, aquela carinha amarela que chora de tanto rir. Além de eleger o termo, a instituição definiu o … Continue lendo »
Como era o Brasil quando as armas eram vendidas em shoppings e munição nas lojas de ferragem

Como era o Brasil quando as armas eram vendidas em shoppings e munição nas lojas de ferragem

GIL ALESSI – Antes do Estatuto do Desarmamento taxas de homicídio cresciam de forma alarmante. Parlamentares tentam mudar a lei para permitir acesso facilitado à compra de armas. Imagine um país onde qualquer pessoa com mais de 21 anos pudesse andar armada na rua, dentro do carro, nos bares, festas, parques e shoppings centers. Em um … Continue lendo »
A cada 3 desempregados no Brasil, 2 são pretos ou pardos, diz IBGE

A cada 3 desempregados no Brasil, 2 são pretos ou pardos, diz IBGE

UOL – Pretos e pardos são mais atingidos pelo desemprego e ganham pouco mais que a metade dos rendimentos dos trabalhadores brancos no país. No terceiro trimestre, dos 13 milhões de brasileiros desocupados, 8,3 milhões eram pretos ou pardos, o que dá 63,7% do total. Os pretos ou pardos representam 54,9% da população brasileira com 14 … Continue lendo »
Silêncio

Silêncio

Frei Betto – A sim­ples pro­núncia ou lei­tura da pa­lavra si­lêncio causa es­panto hoje em dia. Quem busca si­lêncio? Quem sabe fazê-lo? Sin­toma que evi­dencia quão rui­dosa é a so­ci­e­dade pós-mo­derna. Vi­vemos na era pa­nóp­tica, na qual é di­fícil es­capar de as­sé­dios alheios na forma de ruídos. Ruídos não se re­sumem a sons cap­tados pela … Continue lendo »
Freyre: “nas senzalas da Bahia de 1835 havia mais gente sabendo ler do que nas casas-grandes”

Freyre: “nas senzalas da Bahia de 1835 havia mais gente sabendo ler do que nas casas-grandes”

Cynara Menezes – A quem interessa a persistência do mito de que todo africano que veio escravizado para o Brasil era “selvagem”? Um dos mitos mais persistentes sobre a escravidão é a de que os negros que foram trazidos à força para o Brasil vieram exclusivamente para trabalhar na lavoura e na cozinha das casas-grandes … Continue lendo »