O pastor, o grileiro e o general: as estratégias do governo Temer para desmontar o Incra e a Funai

O pastor, o grileiro e o general: as estratégias do governo Temer para desmontar o Incra e a Funai

Cauê S. Ameni – Ao lotear cargos para PMDB e PSC, governo entrega gestão dos órgãos a figuras controversas e tenta, com MPs, enfraquecer suas funções Nos primeiros dias de 2017, o presidente Michel Temer voltou as baterias do governo para os órgãos responsáveis pela reforma agrária e políticas para indígenas. As nomeações e as medidas propostas pelo … Continue lendo »
Nova direita, esquerda e o capitalismo democrático

Nova direita, esquerda e o capitalismo democrático

Marcus Ianoni – Um dos resultados políticos do processo de estabilização monetária do Plano Real, em 1994, foi a convergência do espectro ideológico do sistema partidário para o centro, oscilando, no entanto, nas eleições presidenciais, entre a centro-direita, capitaneada pelo PSDB, e a centro-esquerda, liderada pelo PT, esta mais claramente configurada, enquanto programa eleitoral e … Continue lendo »
Bolsonaro só existe como opção visível por causa da Globo

Bolsonaro só existe como opção visível por causa da Globo

Paulo Henrique Arantes – “O público não é imbecil, ele é tornado imbecil pela mídia comprada, direta ou indiretamente, para fazer este papel”. Sociólogo explica como e por quê pregadores do ódio ganham espaço no mundo, o papel da Globo no fenômeno Bolsonaro e a maneira como o capital financeiro se apossa do estado “O … Continue lendo »
A insustentável lerdeza do judiciário

A insustentável lerdeza do judiciário

Felippe Hermes – O País gasta quase tanto com burocracia jurídica quanto com educação. Em troca, recebe um dos Judiciários mais ineficientes da Terra. E agora? Viramos um país de concurseiros. Neste momento, 10 milhões de brasileiros estudam para algum concurso público – é quase 10% da população economicamente ativa, aquela que junta quem está trabalhando … Continue lendo »
A receita para destruir um país

A receita para destruir um país

Vladimir Safatle – Há três formas de destruir um país. As duas primeiras são por meio da guerra e de catástrofes naturais. A terceira, a mais segura e certa de todas, é entregando seu país para economistas liberais amigos de operadores do sistema financeiro. Em todos os países onde eles aplicaram suas receitas de “austeridade”, … Continue lendo »
Talvez até desse um romance

Talvez até desse um romance

Vladimir Safatle – Talvez isto até desse um enredo razoável de romance histórico-político do tipo Gore Vidal. Em uma república em algum lugar na América Latina, o vice-presidente mobiliza toda a casta política para derrubar a presidente que o elegeu e “estancar a sangria” produzida por denúncias de corrupção a envolver toda a classe, além … Continue lendo »
“A ideia de eleição geral precisa vir acompanhada de fortes rebeliões sociais”

“A ideia de eleição geral precisa vir acompanhada de fortes rebeliões sociais”

Gabriel Brito e Raphael Sanz – Já es­tamos no se­gundo mês de 2017 e o quadro de de­pressão geral con­tinua a do­minar todo o ce­nário bra­si­leiro. Com a eclosão da crise car­ce­rária e as mais de 100 mortes cau­sadas em di­fe­rentes mas­sa­cres, dentro de um pro­cesso de re­or­de­na­mento econô­mico que atinge até o crime or­ga­ni­zado, veem-se … Continue lendo »
A situação financeira dos estados e a crise dos presídios

A situação financeira dos estados e a crise dos presídios

Guilherme C. Delgado – Menos de um mês após a pro­mul­gação da cha­mada PEC do Teto (55/2016), ex­plodem de forma autô­noma duas crises na pres­tação de ser­viços pú­blicos, para o que a re­fe­rida PEC pode fun­ci­onar como com­bus­tível no fogo. No pri­meiro caso, temos a si­tu­ação de en­di­vi­da­mento dos Es­tados com a União, dí­vidas essas … Continue lendo »