“Com a reforma trabalhista, o poder do empregado fica reduzido a pó”

“Com a reforma trabalhista, o poder do empregado fica reduzido a pó”

Ingrid Matuoka — Para pesquisadora de sociologia do trabalho, a aprovação da reforma trabalhista conduzirá ao aumento da violência e da desigualdade Nesta quarta-feira 26 deve ser votada em plenário da Câmara dos Deputados a reforma trabalhista (PL 6786/2016), de autoria do Executivo e de relatoria de Rogério Marinho (PSDB). Ela tramita em regime de urgência graças … Continue lendo »
Lobistas de bancos, indústrias e transportes estão por trás das emendas da reforma trabalhista

Lobistas de bancos, indústrias e transportes estão por trás das emendas da reforma trabalhista

Alline Magalhães, Breno Costa, Lúcio Lambranho e Reinaldo Chaves – LOBISTAS DE ASSOCIAÇÕES empresariais são os verdadeiros autores de uma em cada três propostas de mudanças apresentadas por parlamentares na discussão da Reforma Trabalhista. Os textos defendem interesses patronais, sem consenso com trabalhadores, e foram protocolados por 20 deputados como se tivessem sido elaborados por seus gabinetes. Mais da … Continue lendo »
A crise da República e o papel da esquerda

A crise da República e o papel da esquerda

Guilherme Boulos — É preciso fugir da seletividade com sinal invertido e da adesão ao grande acordo nacional de Jucá Aqui jaz a Nova República. As delações da Odebrecht, se observadas sem o viés estreito do udenismo, são uma verdadeira aula de como o Estado brasileiro foi capturado pelos interesses privados. Expõem no meio da … Continue lendo »
“Capitalismo militariza-se a cada dia e não é possível vencê-lo pela força”, diz Nobel da Paz

“Capitalismo militariza-se a cada dia e não é possível vencê-lo pela força”, diz Nobel da Paz

Daniel Santini – Adolfo Pérez Esquivel fala sobre o conceito da não violência ativa Desde 2013, três estados da região Norte do Paraguai encontram-se em estado de exceção permanente, ocupados por tropas das forças armadas. Designados originalmente para combate emergencial ao Exército do Povo Paraguaio (EPP), grupo guerrilheiro que tem como estratégia a realização de sequestros, … Continue lendo »
Xadrez da reação da política e do início do fim do ciclo Lava Jato

Xadrez da reação da política e do início do fim do ciclo Lava Jato

Luis Nassif – Sobre a conjuntura política do Brasil e seus dilemas Cena 1 – o quadro político atual Têm-se um presidente, Michel Temer, com 5% de aprovação e com viés de baixa, apresentado a toda Nação como chefe de uma organização corrupta, que há vinte anos chantageia presidentes eleitos. Têm-se, também, o Congresso mais … Continue lendo »
Parar o Congresso Nacional

Parar o Congresso Nacional

Vladimir Safatle – Você deixaria o seu futuro e o futuro de seus filhos ser decidido por criminosos ou por pessoas com fortes suspeitas de crimes? Pois é isso que está acontecendo agora. Questões fundamentais para o seu futuro, como o sistema de aposentadorias e as leis trabalhistas, estão sendo decididas por pessoas indiciadas na … Continue lendo »
Há mais coisas na periferia do que supõe nossa vã filosofia

Há mais coisas na periferia do que supõe nossa vã filosofia

Dennis de Oliveira – Em determinados momentos fico impressionado com a superficialidade de certas análises políticas sobre a população da periferia feita por intelectuais, analistas, “experts” e até lideranças de movimentos sociais, inclusive o movimento negro. Primeiro, partiram do pressuposto que o fato dos governos Lula e Dilma terem possibilitado uma ascensão social recorde a … Continue lendo »
Trabalhadores, a classe a destruir

Trabalhadores, a classe a destruir

Nuno Ramos de Almeida – Nos últimos 35 anos, um esforço ideológico tenaz tentou mostrar que o futuro das sociedades estava nas classes médias e “empreendedores”. O objetivo era minar a própria ideia do conflito social No final da I Guerra Mundial, os médicos observaram um fenômeno estranho: os feridos dos países que tinham vencido a … Continue lendo »