Nova fase do golpe

Nova fase do golpe

Ricardo Gebrim – Crescem as articulações de bastidores para afastar Temer a partir do dia 2 de janeiro e, através de eleições indiretas, colocar Nelson Jobim É preciso ficar alerta para os riscos de antecipação da classe dominante Florestan Fernandes nos alertava sobre a capacidade antecipatória de nossa classe dominante. Esta é uma peculiaridade presente em … Continue lendo »
OS DOIS LADOS DA PROPOSTA DE REFORMA DA PREVIDÊNCIA

OS DOIS LADOS DA PROPOSTA DE REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Helena Borges e Vinicius Pereira – DENTRE AS DIVERSAS nuances danosas que a reforma da Previdência apresenta ao trabalhador — como o achatamento dos benefícios e o cerceamento de aposentadorias — a definição de uma idade mínima de 65 anos é o ponto central da proposta, segundo o próprio Henrique Meirelles. Contudo, o ministro da Fazenda ignora … Continue lendo »
Direita contemporânea mescla valores liberais com ideias próximas ao fascismo, afirma historiador da UFMG

Direita contemporânea mescla valores liberais com ideias próximas ao fascismo, afirma historiador da UFMG

Ewerton Martins Ribeiro – O mundo assiste a um surpreendente avanço da direita na política mundial, que vai da recente eleição de Donald Trump à Presidência dos Estados Unidos ao caso da França, que parece decidida a escolher um presidente de direita – ou mesmo de extrema-direita – nas eleições do ano que vem. Essa … Continue lendo »
Kátia Abreu, Duarte Nogueira, Padilha: os ruralistas da delação da Odebrecht

Kátia Abreu, Duarte Nogueira, Padilha: os ruralistas da delação da Odebrecht

Alceu Luís Castilho – Delator conta que senadora recebeu doação; e que, quando ministra, reuniu-se com os presidentes da empreiteira e da Odebrecht Agro A delação de Claudio Melo Filho, ex-diretor de relações institucionais da Odebrecht, abala a República ao mencionar diretamente Michel Temer, o ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, e o presidente do … Continue lendo »
Ao que parece, vem aí uma eleição indireta para presidente paga por você

Ao que parece, vem aí uma eleição indireta para presidente paga por você

Vladimir Safatle – A democracia é um regime muito interessante. Nela, o Congresso Nacional é a representação dos interesses do povo. Povo este que, afinal, como costuma se dizer, é a fonte do poder, escolhendo em plena liberdade seus representantes. Mas há estes momentos mágicos nos quais os representantes decidem contra os interesses e escolhas … Continue lendo »
A PEC 55 e o estado de sítio rentista

A PEC 55 e o estado de sítio rentista

Jeferson Miola – O Brasil está prestes a viver num estado de sítio rentista decretado pelos golpistas numa relação de subordinação às chantagens do Judiciário e da mídia. Em 13 de dezembro de 1968, o ditador Costa e Silva decretou o Ato Institucional [AI] nº 5. Essa medida, equivalente ao estado de sítio, consolidou o … Continue lendo »
Maniqueísmo institucional

Maniqueísmo institucional

Glauber Braga – Estamos em um bom momento para discutir o direito penal máximo. A votação no Congresso Nacional das chamadas dez medidas do Ministério Público foi reveladora. Da esquerda à direita ficou claro que a exceção parlamentar é aquela que não insere a pena como alternativa de solução de todos os nossos problemas. Medidas … Continue lendo »
A crise acaba com o capitalismo?

A crise acaba com o capitalismo?

Adriano Benayon – Ninguém que tenha apreço pelo bem-comum suporta o capitalismo, sistema cuja característica é não estabelecer limite algum à concentração da economia por grupos privados. Eliminá-lo não implica, porém, excluir a propriedade privada dos meios de produção. Esta pode existir em sistema não-capitalista, se não estiver cartelizando os mercados e não ocupar setores … Continue lendo »
Casamento de empreiteiras com poder começou com JK e teve lua de mel na ditadura

Casamento de empreiteiras com poder começou com JK e teve lua de mel na ditadura

Carlos Madeiro – O casamento harmonioso das empreiteiras envolvidas na operação Lava Jato com as obras públicas é mais antigo do que muitos pensam: começou no governo Juscelino Kubitschek (1955-1960) e teve sua “lua-de-mel” na ditadura militar (1964-1985). Essa é a análise de especialistas ouvidos pelo UOL e que fizeram uma retrospectiva sobre a história … Continue lendo »
Temer é hoje o obstáculo maior à normalidade democrática

Temer é hoje o obstáculo maior à normalidade democrática

Mario Sergio Conti – O bunker brasiliense recebeu o seu último bloco de concreto no Dia do Fico de Renan Calheiros na presidência do Senado. Judiciário, Legislativo e Executivo mandaram às favas escrúpulos legais e firulas democráticas. Entrincheiraram-se na defesa da cleptocracia. A traição da Odebrecht pôs os cleptocratas em polvorosa. Baratas voam em todas … Continue lendo »