Os 10 conflitos ambientais mais explosivos do mundo

Os 10 conflitos ambientais mais explosivos do mundo

Felipe Milanez — Belo Monte, o desastre em Mariana e o Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro colocam o Brasil no mapa dos piores conflitos ambientais do planeta Vazamento tóxico, contaminação, câncer, assassinato de ambientalistas, ameaças de morte, barramento de rios, espoliação, expulsão forçada. O ritmo moderno do crescimento econômico tem sido acompanhado de violências e … Continue lendo »
“Agroecologia potencializa outros direitos humanos”, afirma pesquisador

“Agroecologia potencializa outros direitos humanos”, afirma pesquisador

Rafael Tatemoto – Em entrevista, o advogado Gladstone Leonel Júnior comenta o livro “Direito à Agroecologia” “Uma prática agrícola diferenciada que pode ser um contraponto ao que conhecemos como agronegócio” O debate sobre um novo modelo agrícola, que garanta alimentação saudável para a população brasileira e respeito ao meio ambiente, tem se consolidado no meio … Continue lendo »
Casa é onde não tem fome

Casa é onde não tem fome

ELIANE BRUM – A história da família de ribeirinhos que, depois de expulsa por Belo Monte, nunca consegue chega Otávio das Chagas, o pescador sem rio e sem letras, não consegue chegar em casa. Desde que ele e sua família foram expulsos de sua ilha pela hidrelétrica deBelo Monte, Otávio já está na terceira casa. … Continue lendo »
Em terra de índio, a mineração bate à porta

Em terra de índio, a mineração bate à porta

Caco Bressane, Ciro Barros e Iuri Barcelos – Mesmo com a proibição constitucional, órgãos federais têm posição oposta sobre a validade de registrar processos minerários em território indígena. Atualmente, um terço dessas áreas na Amazônia Legal é cobiçado; o Pará é o campeão nacional Atualmente, mesmo antes de qualquer regulamentação que trate especificamente da mineração em terras … Continue lendo »
Gorilas em cativeiro criam dilema para primatologistas

Gorilas em cativeiro criam dilema para primatologistas

Natalie Angier – Harambe, o gorila-ocidental de 17 anos morto no Zoológico de Cincinnati no final do mês passado, depois que um garoto de três anos caiu dentro de sua jaula, pode não estar mais aqui fisicamente, mas teve seus tecidos colhidos para pesquisa e seu esperma extraído para ajudar a diversificar o patrimônio genético da … Continue lendo »