Sindicato de presos na Alemanha

Sindicato de presos na Alemanha

Gilles Bouvaist – Certamente, o trabalho forçado pertence ao passado. Entretanto, o trabalho não desapareceu do universo carcerário. Ele é apresentado agora como um instrumento de reinserção. Mas o preso é um trabalhador como qualquer outro? Quais são seus direitos e quem os defende? Somos uma empresa local moderna e com bom desempenho. Nossa prioridade … Continue lendo »
As primárias Democratas à sombra do neoliberalismo

As primárias Democratas à sombra do neoliberalismo

David Coates – Sob a liderança de Bill Clinton e Tony Blair, os partidos de centro-esquerda abandonaram suas políticas mais progressistas por uma aceitação da ortodoxia. A batalha das primárias do Partido Democrata entre Hillary Clinton e Bernie Sanders está sendo travada à sombra do “neoliberalismo” – à sombra das políticas econômicas e da filosofia … Continue lendo »
Origem e apogeu das lumpen-burguesias latino-americanas

Origem e apogeu das lumpen-burguesias latino-americanas

Jorge Beinstein – Elites económicas e decadência sistémica [1] O salvamento do México. Após a chegada de Maurício Macri à presidência em alguns círculos académicos argentinos desencadeou-se a reflexão acerca do “modelo económico que a direita estava a tentar impor. Tratou-se não só de bisbilhotar os curricula vitae de ministros, secretários de Estado e outros … Continue lendo »
EUA: as eleições preparam a guerra

EUA: as eleições preparam a guerra

John Pilger – Hillary deixa por onde passa uma trilha de golpes sangrentos: Honduras, Líbia, Ucrânia. Sua campanha é financiada por nove dos dez maiores fabricantes de armamentos do mundo Depois de renovar o arsenal atômico, Obama provoca Moscou e Pequim. Hillary ataca Trump, o repulsivo. Mas é ela, supostamente sofisticada, que representa a hiper-militarização Há poucos … Continue lendo »
Famílias mais ricas de Florença permanecem as mesmas há 600 anos, diz estudo

Famílias mais ricas de Florença permanecem as mesmas há 600 anos, diz estudo

ANSA – Pesquisa realizada por economistas concluiu que riqueza da cidade italiana passa de geração em geração desde 1427. Séculos se passaram, mas as famílias mais ricas de Florença continuam as mesmas. É isso que indica um recente estudo realizado por dois economistas italianos, no qual é mostrado que a maior parte das riquezas da cidade … Continue lendo »
Um grito sobre Schengen

Um grito sobre Schengen

Benoît Bréville – A União Europeia anunciou em 15 de dezembro de 2015 a criação de uma nova força policial encarregada de vigiar as fronteiras exteriores do continente. Um passo adiante em direção ao retrocesso securitário que não resolverá a crise dos migrantes Mais de 1 milhão de pedidos de asilo; dezenas de barcos acostando … Continue lendo »
Sementes do fascismo em Israel

Sementes do fascismo em Israel

LUIZ EÇA – Sob ameaça de um voto de desconfiança, Netanyahu procurou o líder da oposição, Herzog, para entrar no seu governo, trazendo os votos do seu Partido Trabalhista. As negociações avançaram apesar dos protestos de muitos correligionários, indignados por um apoio do seu partido, socialdemocrata, à coligação direitista no poder. O líder trabalhista justificou-se … Continue lendo »
Chomsky: três desafios ao poder de Washington

Chomsky: três desafios ao poder de Washington

Noam Chomsky – Para manter e ampliar hegemonia global, EUA atuam agressivamente no Leste da Ásia, Europa Oriental e Mundo Árabe. Mas enfrentam, além das sociedades locais, as resistências de Pequim e Moscou Quando perguntamos “Quem governa o mundo?” em geral adotamos a convenção padronizada de que, nos assuntos mundiais, os atores são os Estados, principalmente … Continue lendo »
Em busca dos booms perdidos

Em busca dos booms perdidos

Paul Krugman – Se Hillary Clinton vencer em novembro, Bill Clinton ocupará um papel duplo único na história política dos Estados Unidos, tornando-se não só o primeiro Primeiro Marido, mas também o primeiro Primeiro Cônjuge que um dia foi presidente. É evidente que ele não passará seu tempo fazendo bolos. O que ele fará, então? Na … Continue lendo »
SNOWDEN: Denunciar não são apenas vazamentos, mas um ato de resistência política

SNOWDEN: Denunciar não são apenas vazamentos, mas um ato de resistência política

Edward Snowden – “Esperei 40 anos por alguém como você”. Estas foram as primeiras palavras que Daniel Ellsberg[1] me disse quando nos conhecemos no ano passado.  Dan e eu sentimos uma afinidade imediata; ambos sabíamos o que significou arriscar tanto – e ser inequivocadamente transformado – por revelar verdades secretas. Um dos desafios de ser um … Continue lendo »