Cinco elementos do passado da China que explicam seu presente

Cinco elementos do passado da China que explicam seu presente

Rana Mitter – ‘É impressionante como ecos do passado podem ser vistos no presente’ da China, diz historiador. Para entender as notícias sobre a abordagem chinesa a questões como comércio, relações exteriores e censura na internet, é preciso voltar ao passado. A China talvez seja mais consciente de sua própria história do que qualquer outra grande … Continue lendo »
A Guerra Fria voltou

A Guerra Fria voltou

Marcelo Zero – Além de aumentar pesadamente os investimentos em armas nucleares, a nova política dos EUA abandona o terrorismo como alvo prioritário e elege Rússia e China, aliadas do Brasil nos BRICS, como ameaças potenciais. Passou praticamente despercebido, no Brasil, o anúncio da Nuclear Posture Review, a nova política nuclear norte-americana, divulgada agora em fevereiro. … Continue lendo »
COMO FUNCIONA O SISTEMA ELEITORAL EM CUBA

COMO FUNCIONA O SISTEMA ELEITORAL EM CUBA

Juliana Medeiros – Neste 19 de abril, enquanto Cuba comemorava seu 57º aniversário da “Vitória de Playa Girón”, a Assembleia Nacional do Poder Popular realizava sua segunda jornada de sessão constitutiva, na qual seus deputados votaram pela formação do novo Conselho de Estado e seu presidente. Neste 19 de abril, enquanto Cuba comemorava seu 57º … Continue lendo »
O que vale para uns, não vale para outros

O que vale para uns, não vale para outros

Luiz Eça – Vendo Trump, Ma­cron e ma­dame May se apre­sen­tarem como de­fen­sores da li­ber­dade, dos di­reitos hu­manos e das leis in­ter­na­ci­o­nais, ame­a­çados pela Rússia e países is­lâ­micos ali­ados, é de se ima­ginar: que grandes ar­tistas Hollywood está per­dendo. Lem­bramos dos reis da Idade Média, que con­vo­cavam o mundo cristão para con­quistar Je­ru­salém dos bár­baros … Continue lendo »
O Pentágono treinou “rebeldes” da Al Qaeda na Síria na utilização de armas químicas

O Pentágono treinou “rebeldes” da Al Qaeda na Síria na utilização de armas químicas

Michel Chossudovsky – Os media ocidentais refutam as suas próprias mentiras. Eles não só confirmam que o Pentágono tem estado a treinar os terroristas na utilização de armas químicas como também reconhecem a existência de um não muito secreto “plano apoiado pelos EUA para lançar um ataque com armas químicas na Síria e culpar o regime … Continue lendo »
Primeiro atacar. Depois tentar provar

Primeiro atacar. Depois tentar provar

Luiz Eça – Não há dúvida de que o bombardeio em Damasco violou as leis internacionais. A ONU não foi consultada, nenhum dos Estados agressores agiram em auto -defesa e não havia provas de um desastre humanitário. Mas, o mundo já está acostumado a ver os EUA fazendo “justiça pelas próprias mãos”, ignorando as leis … Continue lendo »
SUBSAARIANOS NOS EUA ESTUDARAM MAIS DO QUE AMERICANOS

SUBSAARIANOS NOS EUA ESTUDARAM MAIS DO QUE AMERICANOS

ROBERTO LAMEIRINHAS – Imigrantes africanos também superam nativos no Reino Unido e na França em grau de instrução, mostra estudo da Pew Research. Cérebros interessam, seja lá de onde venham. Estima-se que o Projeto Manhattan, ponto crucial do programa de armas atômicas dos Estados Unidos, não teria sido viável sem as perseguições da Alemanha nazista. Nas … Continue lendo »
Trump, o homem-bomba, cria a guerra

Trump, o homem-bomba, cria a guerra

Haroldo Lima – Ataque dos Estados Unidos, Inglaterra e França à Síria leva ameaça de guerra no mundo a novo patamar; os povos e Nações independentes devem se unir para reprovar iniciativa. O espírito belicoso acompanha a história americana desde que os Estados Unidos surgiram no século XVIII. Nenhum país usou tão intensamente a força … Continue lendo »
Claudette Colvin, a pouco lembrada menina de 15 anos que ousou enfrentar a segregação racial nos EUA

Claudette Colvin, a pouco lembrada menina de 15 anos que ousou enfrentar a segregação racial nos EUA

Taylor-Dior Rumble – Claudette Colvin fez exatamente o mesmo ato desafiador que Rosa Parks, com nove meses de antecedência. A americana Rosa Parks ficou conhecida como a mulher que desafiou as leis segregacionistas dos anos 1950 ao recusar-se a ceder seu assento de ônibus a uma pessoa branca. Mas ela não foi a primeira a se … Continue lendo »