No Chile, educação é cara, elitista e gera angústia nos jovens

No Chile, educação é cara, elitista e gera angústia nos jovens

AFP – Dívidas educacionais de milhões de dólares, que crescem como consequência das taxas de juros, são um dos pilares das manifestações no Chile. Com empréstimos comparáveis aos imobiliários, instituições com preços nas alturas e um sistema de dívida protegido pelo Estado, a educação no Chile acabou se tornando um eixo dos mais graves conflitos … Continue lendo »
1% dos mais ricos possuem 45% de toda a riqueza pessoal global; os 50% mais pobres ficam com menos de 1%

1% dos mais ricos possuem 45% de toda a riqueza pessoal global; os 50% mais pobres ficam com menos de 1%

Michael Roberts – O relatório anual do Credit Suisse sobre riqueza global acaba de ser lançado. Este relatório continua sendo a análise mais abrangente e explicativa da riqueza global (não da renda) e da desigualdade de riqueza. Todos os anos, o relatório de riqueza global da CS analisa a riqueza familiar de 5,1 bilhões de … Continue lendo »
Por que o Líbano também diz basta!

Por que o Líbano também diz basta!

Nizar Hassan – Primeiro ministro renunciou ontem, mas gesto não parece capaz de encerrar revolta. População reage contra imposto regressivo, cortes nos serviços públicos e sistema político que aliena os cidadãos, ao dividir poder entre partidos religiosos. O Líbano passou a viver, na última semana, uma revolta sem precedentes – tanto em escala como em … Continue lendo »
Chile tem a terceira maior concentração de renda no 1% mais rico

Chile tem a terceira maior concentração de renda no 1% mais rico

ANDRÉ BARROCAL – Inaugurador do neoliberalismo, país não foi refundado após ditadura Pinochet, segundo sociólogo Boaventura de Souza. O 1% mais rico da população do Chile abocanha 24% da geração anual de riquezas (PIB) do país. É a terceira maior concentração mundial de renda no topo da pirâmide, segundo um relatório anual sobre desigualdades globais … Continue lendo »
A economia mundial em declínio

A economia mundial em declínio

Prabhat Patnaik – O Banco Central Europeu rebaixou no mês passado a sua taxa de juro de referência para menos 0,5 por cento, a qual significa que se ele conceder um empréstimo de 100 euros seria então preciso reembolsar apenas 99,5 euros no término do empréstimo. Isto arrancou uma nova tendência:   em países como … Continue lendo »
O tsunami chileno

O tsunami chileno

Atilio A. Boron – Piñera e a repressão. O regime de Piñera – e insisto nisso de “regime” porque um governo que reprime com a brutalidade que todo o mundo viu não se pode considerar democrático – defronta-se com a mais séria ameaça popular já enfrentada por qualquer governo desde o derrube da Unidade Popular … Continue lendo »
Trump não nos ama

Trump não nos ama

Luiz Eça – Ele segue fi­el­mente o prin­cípio de John Foster Dulles, se­cre­tário de Es­tado dos EUA, de­pois da Se­gunda Guerra mun­dial: “os EUA não têm amigos, tem in­te­resses”. Pode pa­recer cí­nico, mas é na­tural. Afinal, o líder de um país tem de buscar o que é bom para seu país e seu povo. Não … Continue lendo »
Democracias em chamas

Democracias em chamas

JAMIL CHADE – Uma década depois da pior crise do capitalismo, até mesmo o Fórum de Davos admite que o resgate de 10 trilhões de dólares ao sistema econômico foi ineficiente e, agora, a desigualdade ameaça as democracias Quito, Londres, Barcelona, Beirute, Hong Kong, Santiago e até mesmo Bagdá e Argel. Praticamente nada une essas cidades pelo mundo. … Continue lendo »
A revolta não é um enigma

A revolta não é um enigma

Edson Teles – Seja no Chile dos encapuchados ou dos revoltosos de hoje, ou no Brasil do Quebra-quebra de 1983 ou da revolta de junho de 2013, seja ainda nos momentos em que o “morro desce e não é carnaval”, o que temos se destaca é a sistemática tentativa de desqualificação de uma ação política. … Continue lendo »