A financeirização da moradia no Brasil: cidade como direito ou mercadoria?

A financeirização da moradia no Brasil: cidade como direito ou mercadoria?

Thêmis Amorim Aragão – Seguindo a tendência internacional, o setor construtivo brasileiro tem promovido uma progressiva financeirização do mercado imobiliário, não somente no que tange ao consumo (mercado de imóveis e mercado de crédito), mas também à produção, a partir da abertura de capital das principais empresas construtoras nacionais. Em um mundo pós-guerra fria, a … Continue lendo »
Cidades: assim se privatizou o Porto Maravilha

Cidades: assim se privatizou o Porto Maravilha

Adriano Belisário – História de um retrocesso emblemático: área degradada do centro do Rio, que seria recuperada com moradias e espaços públicos, foi entregue à especulação. Como mega-empresas obtiveram dos governos a rendição total img src=”http://outraspalavras.net/outrasmidias/wp-content/uploads/2016/08/160818-PortoMaravilha-485×302.jpg” alt=”160818-PortoMaravilha” /> O Porto Maravilha, na versão atual. Espaços residenciais (em vermelho) ocupam áreas mínimas, se comparadas às comerciais (azuis). … Continue lendo »
“Moradia se tornou sinônimo de mercadoria”, diz a ex-relatora da ONU Raquel Rolnik

“Moradia se tornou sinônimo de mercadoria”, diz a ex-relatora da ONU Raquel Rolnik

Camilla Hoshino e Thiago Hoshino – Em entrevista, a arquiteta fala sobre financeirização das políticas habitacionais em diversas partes do mundo Raquel Rolnik esteve em Curitiba para o lançamento de seu livro “Guerra dos Lugares” e participou do Circo da Democracia “A mudança de paradigma é que a moradia se transformou em um setor econômico, … Continue lendo »
Ruralistas oferecem mercado de terras sem fronteiras e com muita grilagem ao capital estrangeiro

Ruralistas oferecem mercado de terras sem fronteiras e com muita grilagem ao capital estrangeiro

GUILHERME C. DELGADO – Antes de qualquer consideração de política agrária, que o título deste artigo requer, vou caracterizar de maneira muito resumida a situação da propriedade e posse da terra na conjuntura, utilizando o único indicador empírico de cobertura nacional: o Cadastro de Imóveis Rurais do INCRA, de caráter autodeclaratório, base legal para pagamento … Continue lendo »
O mal-estar da globalização

O mal-estar da globalização

José Antonio Segatto – Criou-se um mercado mundial de produtos, capitais e mão de obra, não o cidadão do mundo. Nos anos 80 do século 20 foi desencadeado um complexo e diversificado processo transformador que culminou com o ingresso do capitalismo numa nova fase, a globalização, expressa em mudanças como a reestruturação produtiva, a financeirização … Continue lendo »
“Ler Marx hoje faz todo o sentido”

“Ler Marx hoje faz todo o sentido”

Alexandra Prado Coelho – Na crise do mercado imobiliário de 2007-2008 nos EUA, a melhor solução teria sido dar o dinheiro às pessoas para elas pagarem as suas dívidas aos bancos e ficarem com as casas, em vez de o dar aos bancos, que “só se salvaram a eles próprios”, defende o geógrafo marxista David Harvey. … Continue lendo »
O desperdício da conciliação judicial em conflitos sobre terra

O desperdício da conciliação judicial em conflitos sobre terra

Jacques Távora Alfonsin – Enquanto a concentração da terra em poucas mãos não conhecer limite, não haverá limite também para o aumento dos conflitos sobre terra. O número crescente de conflitos sobre posse de terra, em todo o Brasil, seja no meio urbano, seja no meio rural, já demonstrou claramente a inconveniência de ser resolvido por … Continue lendo »
Petróleo, interesses americanos e o golpe na Turquia

Petróleo, interesses americanos e o golpe na Turquia

Diego Fernando Machado Garcia – A perspectiva do petróleo é ignorada pela mídia nacional e nós da América Latina não podemos ficar assistindo como as outras nações são invadidas. Os recentes acontecimentos envolvendo uma suposta tentativa de golpe na Turquia não podem ser vistos isoladamente.  É preciso ter em conta todo o relevante quadro circunstancial … Continue lendo »
“Agroecologia potencializa outros direitos humanos”, afirma pesquisador

“Agroecologia potencializa outros direitos humanos”, afirma pesquisador

Rafael Tatemoto – Em entrevista, o advogado Gladstone Leonel Júnior comenta o livro “Direito à Agroecologia” “Uma prática agrícola diferenciada que pode ser um contraponto ao que conhecemos como agronegócio” O debate sobre um novo modelo agrícola, que garanta alimentação saudável para a população brasileira e respeito ao meio ambiente, tem se consolidado no meio … Continue lendo »