Mea culpa do financismo?

Mea culpa do financismo?

Paulo Kliass – Christine Lagarde criticou publicamente Meirelles, afirmando que ‘a prioridade das políticas econômicas precisa ser o combate à desigualdade social.’ O ano começou com muita mesmice e algumas novidades. As trapalhadas, as denúncias de corrupção e os equívocos desastrosos do governo Temer seguem na mesma toada. Os massacres ocorridos nos presídios em vários … Continue lendo »
Mito da gastança não explica a escalada do desemprego

Mito da gastança não explica a escalada do desemprego

Laura Carvalho – Os dados de mercado de trabalho recém-divulgados pelo IBGE confirmam a profundidade da crise econômica que caracterizou o biênio 2015-2016: a taxa de desemprego, que ainda caía até o fim de 2014, quase dobrou em dois anos. O número de desempregados já chega a 12,3 milhões de pessoas –1,3 milhão a mais … Continue lendo »
O jornalismo insensível e a banalização do desemprego

O jornalismo insensível e a banalização do desemprego

Cristina Fróes de Borja Reis e Fernanda Graziella Cardoso – Que a velha mídia oriente-se pelos dogmas de mercado, já não se estranha. O grotesco é não enxergar o drama humano de 12,3 milhões de pessoas A estatística recém-divulgada da pesquisa PNAD contínua do IBGE é desoladora: 12,3 milhões de pessoas desocupadas no país no último … Continue lendo »
Como e por que Levy e Meirelles quebraram o Brasil

Como e por que Levy e Meirelles quebraram o Brasil

José Luiz Fevereiro – Na ausência de terremotos, tsunamis ou bombardeios da OTAN, a crise é o desastre ‘natural’ necessário para o desmonte do estado de bem-estar social. Quando Dilma Roussef venceu as eleições em 2014 o Brasil estava às portas de uma recessão. A política de desonerações tributárias acompanhada da redução do investimento público na … Continue lendo »
“Direito à moradia é absoluto na Constituição, o à propriedade não”, diz Erminia Maricato

“Direito à moradia é absoluto na Constituição, o à propriedade não”, diz Erminia Maricato

Manuela Azenha – Urbanista fala de como a influência do capital imobiliário impede a aplicação da legislação e diz o que espera do governo de Michel Temer: a barbárie Para Maricato, o grande nó a ser desfeito na crise urbana que atinge todo o País é a aplicação da função social da propriedade. Foto: Divulgação A … Continue lendo »
Em Davos, o consenso neoliberal fica de pernas para o ar

Em Davos, o consenso neoliberal fica de pernas para o ar

Antonio Luiz M. C. Costa — O Fórum Econômico Mundial assiste, boquiaberto, ao nacionalismo se impor sobre o livre-comércio O projeto de um mercado global sem fronteiras, no qual as transnacionais industriais e financeiras do Ocidente ditariam as regras do comércio em benefício próprio e das grandes potências, enfrentou manifestações de ativistas a partir de 1999 … Continue lendo »
O peso das patentes no preço dos medicamentos

O peso das patentes no preço dos medicamentos

Grazielle David e Walter Britto – Brasil gasta cada vez mais com medicamentos caros e pouco inovadores. Causa: o sistema obsoleto das patentes, que garante monopólio a megaempresas globais. No período de 2008 a 2015, os gastos reais do Ministério da Saúde aumentaram em 36,6%; já os destinados a medicamentos elevaram-se em 74%, mais do que … Continue lendo »
Brasil perde florestas para a soja, mostra IBGE

Brasil perde florestas para a soja, mostra IBGE

ALCEU CASTILHO – Menos 10% de florestas. Quarenta por cento a mais de áreas agrícolas. Silvicultura, eucalipto à frente? Aumento territorial de 56%. A vegetação campestre diminuiu 14%. As pastagens (divididas entre as naturais e com manejo) se mantêm no patamar de 260 milhões de hectares – quase cinco vezes mais que as áreas agrícolas. Os dados … Continue lendo »
Até onde vai a desglobalização?

Até onde vai a desglobalização?

Marcos Troyjo – Não são raras, ou tampouco despropositadas, as comparações que se fazem entre conjunturas que precederam grandes catástrofes e o presente cenário internacional. Para uns, está emergindo uma redistribuição do poder pelo mundo semelhante àquela do século 19. Por esse ângulo, os EUA não são mais hegemônicos — e portanto a ordem internacional … Continue lendo »
O Brasil é um país bovino. O Estado brasileiro sinaliza que apoia o desmatamento, apesar de políticas setoriais de controle

O Brasil é um país bovino. O Estado brasileiro sinaliza que apoia o desmatamento, apesar de políticas setoriais de controle

Patricia Fachin – “A Operação Lava Jato já apurou os desvios de corrupção na construção de Belo Monte, na Transposição do Rio São Francisco, na construção de Angra III, na implementação de obras relacionadas à Petrobras — como o Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro – Comperj. Todas essas obras tiveram incentivos de diversos órgãos governamentais, como … Continue lendo »