Escolha racional do modelo de exploração do Pré-Sal

Escolha racional do modelo de exploração do Pré-Sal

PAULO METRI – O mercado internacional do petróleo sofre com o desaquecimento da economia mundial. É influenciado por grupos relacionados a novas tecnologias, interessados em capturar fatias deste mercado. A magnitude das reservas descobertas no planeta impacta o mercado. O cartel dos países exportadores (a OPEP) e as grandes petrolíferas de países que não estão na … Continue lendo »
Por que o Rio quebrou?

Por que o Rio quebrou?

CID BENJAMIN – Estado deixou de arrecadar R$ 185 bilhões com ICMS, por conta de isenções a grandes empresas O Estado do Rio está quebrado. A afirmação não é nova. O próprio governador decretou calamidade pública. Mas o Rio não quebrou por algum desastre natural. Quebrou por práticas indefensáveis e inaceitáveis de seus governantes. Cabral, … Continue lendo »
Para não dizer que não falei da Economia

Para não dizer que não falei da Economia

Marcelo Carvalho (UNIFESP) – A justificativa usada pelo Governo Temer na defesa da PEC do Corte de Gastos é a necessidade de combater a crise econômica que herdou das gestões de Dilma. Essa afirmação coloca, de imediato, duas questões que proponho abordar aqui em suas linhas gerais. Em primeiro lugar, a compreensão da natureza e da … Continue lendo »
Taxa média de juros no cartão de crédito supera em agosto 451% ao ano

Taxa média de juros no cartão de crédito supera em agosto 451% ao ano

Henrique Manreza – A taxa média de juros cobrada no cartão de crédito atingiu, em agosto, o patamar de 451,44% ao ano, o maior desde outubro de 1995, segundo levantamento da Anefac (Associação Nacional dos Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade) divulgado nesta segunda-feira (12). Ao mês, a taxa apurada foi de 15,29%, ante 15,22% … Continue lendo »
Em busca de um novo projeto nacional

Em busca de um novo projeto nacional

Maurício Thuswohl – Carlos Lessa, ex-presidente do BNDES, fustiga retrocessos da era Temer. Mas diz que Brasil está sem rumo há muito, porque também Lula e Dilma deslumbraram-se com globalização e financismo. O economista e professor Carlos Lessa é figura sem par no pensamento político e econômico brasileiro. Conhecido por seu perfil nacionalista, ele faz sobre … Continue lendo »
PARA O “ÚNICO” LIBERAL BRASILEIRO, O BRASIL NÃO TEM LIBERAIS DE VERDADE

PARA O “ÚNICO” LIBERAL BRASILEIRO, O BRASIL NÃO TEM LIBERAIS DE VERDADE

J.P. Cuenca – A única certeza possível sobre o nosso futuro é que a sucessão de recentes episódios será lembrada enquanto for contada a História do Brasil. Se na semana passada o STF atropelou a presunção de inocência garantida pela Constituição de 1988, nesta deu-se início ao desmonte chantagista e inconstitucional de direitos sociais também assegurados … Continue lendo »
Europa abandona cartilha neoliberal sem se desculpar pelos danos causados

Europa abandona cartilha neoliberal sem se desculpar pelos danos causados

Vicenç Navarro – As medidas neoliberais não só foram prejudiciais para a classe trabalhadora como também afetaram a própria eficiência do sistema econômico. Ao largo da minha longa vida acadêmica, vi com frequência como as ideias que alguma vez foram consideradas radicais terminaram sendo aceitas anos depois, dependendo do tempo de resposta da sociedade e … Continue lendo »
Como os super-ricos brasileiros evitam impostos

Como os super-ricos brasileiros evitam impostos

Patricia Fachin – Com base em dados da Receita, economista calcula: 0,05% da população ganham mais de R$ 100 mil ao mês; e 0,15%, mais de R$ 50 mil. Eles pagam apenas 7% de Imposto de Renda Aproximadamente 70 mil pessoas estão no topo da pirâmide dos super-ricos brasileiros, que têm rendimentos acima de um milhão … Continue lendo »
“Fim da farra, Tio Sam!”

“Fim da farra, Tio Sam!”

Dilip Hiro – Sinais de um tremor na geopolítica global. China e Rússia, fortalecidas, unem-se em múltiplos terrenos para enfrentar hegemonia dos EUA. Desafio é militar, financeiro e cultural “É como D. Quixote consola Sancho Pança, [com a ideia] de que, embora, sim, lhe venham todas as surras, ao menos não precisa ser valente” Karl Marx, Grundisse … Continue lendo »
A falácia do ajuste liberal

A falácia do ajuste liberal

Paulo Kliass – Com a PEC 241, a estrutura do Estado permanecerá eficiente para cumprir sua função primordial: perpetuar a desigualdade social e a concentração de renda. O governo Temer tem apostado todas as suas fichas na aprovação de algumas medidas de impacto na área econômica, com o objetivo de se credenciar com maior confiança junto … Continue lendo »