Oi, terceirizar não resolve, viu?

Oi, terceirizar não resolve, viu?

Jorge Luiz Souto Maior – A experiência concreta mostra que a ampliação da terceirização não é garantia de sucesso econômico, mas sim fator de enorme dano à classe trabalhadora. O setor empresarial, apoiado por alguns juristas, economistas, veículos de informação e políticos, tem dito que a único modo de melhorar a saúde econômica das empresas … Continue lendo »
Crise da ‘Oi’: falácia da privatização

Crise da ‘Oi’: falácia da privatização

Paulo Kliass – Ao mesmo tempo em que o governo enche a boca para tecer elogios à possibilidade de vender empresas estatais, as manchetes estampam o escândalo da Oi. A turma que tomou de assalto o Estado brasileiro a partir do golpeachment em curso tem muita pressa. Tendo em vista as dificuldades políticas crescentes enfrentadas … Continue lendo »
Oi: de supertele à bancarrota

Oi: de supertele à bancarrota

Gustavo Gindre — A história da operadora de telecomunicações é ilustrativa de um país que favorece uma elite e coloca em risco o direito de milhões de brasileiros A história traumática da Oi culminou com o pedido de recuperação judicial e uma dívida de mais de R$ 64 bilhões A Oi precisa ser salva de seus acionistas … Continue lendo »
Uma certa idéia de Brasil

Uma certa idéia de Brasil

César Benjamin – Para o livro Enciclopédia de Brasilidade, organizado por Carlos Lessa “Os discursos de que não viu, são discursos. Os discursos de quem viu, são profecias.” Antônio Vieira, Sermão da Terceira Dominga do Advento, 1669 1. Muitos motivos se somaram, ao longo da nossa história, para dificultar a tarefa de decifrar, mesmo imperfeitamente, o … Continue lendo »
O massacre da Previdência

O massacre da Previdência

FERNANDO BRITO – Prepare-se, porque a coisa é feia: aumento do fator previdenciário de 85/95 (soma da idade e do tempo de contribuição)  para 105 anos (tanto para homens quanto para mulheres). Pensão por morte, desvinculada do mínimo, de 60% e mais 10% por dependentes. Por invalidez, 65%, acrescendo-se um ano por ano de contribuição. O benefício … Continue lendo »
“Um governo com 80% de aprovação não fazer nada por uma sociedade mais coesa realmente cometeu graves equívocos”

“Um governo com 80% de aprovação não fazer nada por uma sociedade mais coesa realmente cometeu graves equívocos”

GABRIEL BRITO E VALÉRIA NADER – O Correio prossegue na publicação de análises da política econômica do governo interino de Michel Temer e suas consequências nas áreas sociais. Dessa vez, entrevistamos Lena Lavinas, professora do Instituto de Economia da UFRJ com estudos focalizados nas políticas públicas de cunho social, claramente penalizadas no programa comandado pelo ministro … Continue lendo »
Os crimes do Banco Central contra o futuro

Os crimes do Banco Central contra o futuro

Luis Nassif – Como Dilma ouviu Alexandre Tombini e mergulhou país numa crise econômica e política que devastou a democracia. Por que a dupla Temer-Meirelles pode ser ainda pior Para entrar na próxima etapa de desenvolvimento, há a necessidade de superar diversos tabus que se acumularam nas últimas décadas, especialmente no campo macroeconômico, romper com o … Continue lendo »