A banca (sistema financeiro internacional) ou o fim de uma civilização

A banca (sistema financeiro internacional) ou o fim de uma civilização

Pedro Augusto Pinho – As civilizações surgem, crescem (as vezes) e morrem, como nos ensinam os livros de história. Mas estes mesmos livros, na quase totalidade, não nos informam sobre o efetivo poder que sustenta os diversos momentos da vida dos povos, das civilizações. Precisamos, desde logo, distinguir governo e poder. O governo é visível, … Continue lendo »
30 anos de domínio financeiro especulativo e perspectivas para 2018

30 anos de domínio financeiro especulativo e perspectivas para 2018

Nelson Rodrigues dos Santos – Permanecemos desafiados a manter lucidez e coragem para avaliar a real profundidade e as consequências da maior e mais bem engendrada das ditaduras conhecidas, que há 30 anos vem se estendendo ás nações e povos: a ditadura do capital financeiro especulativo nas entranhas da relação Sociedade-Estado. Iniciou-se nos anos 80 nas … Continue lendo »
Deserto vira cemitério de veículos da Volkswagen

Deserto vira cemitério de veículos da Volkswagen

Fernanda Ezabella – Carros a diesel foram recomprados após escândalo da fraude dos testes de poluentes em 2015. No deserto californiano, dezenas de aviões descansam em paz após o último pouso de suas carreiras no aeroporto de logísticas de Victorville, cidade de 120 mil habitantes a 140 km de Los Angeles. Desde 2017, milhares de automóveis se juntaram ao … Continue lendo »
Ford, Soros, Gates: A quem servem as mega fundações? A professora Joan Roelofs dá algumas pistas

Ford, Soros, Gates: A quem servem as mega fundações? A professora Joan Roelofs dá algumas pistas

Luiz Carlos Azenha – George Soros doou mais de U$ 32 bi desde 1979, segundo sua própria fundação. A resposta curta à pergunta do título, não atribuível à entrevistada, é: aos próprios bilionários. Nos Estados Unidos, quem cria uma fundação pode deduzir do imposto de renda de 20 a 30% do valor que transferiu a ela, … Continue lendo »
Despesas de guerra levam os EUA à bancarrota

Despesas de guerra levam os EUA à bancarrota

John W. Whitehead – O complexo militar-industrial ataca de novo. “Para quê gastar dinheiro em despesas militares quando tudo está a ruir em torno de nós? Será que precisamos de gastar mais dinheiro com as nossas forças armadas (cerca de US$600 mil milhões este ano) do que o conjunto dos sete maiores países seguintes? Precisamos de 1,4 … Continue lendo »
Raízes do protecionismo

Raízes do protecionismo

Luiz Gonzaga Belluzzo – A polarização política exprime a ruptura das relações entre o mercado e os direitos dos desfavorecidos. Nos Estados Unidos, o presidente Trump, entre protestos e aplausos, sapecou tarifas de 25% sobre o aço e 10% no lombo do alumínio. Na Itália, o Movimento 5 Estrelas teve mais votos na urna, votos insuficientes, … Continue lendo »
Crise faz Brasil perder espaço na lista das multinacionais latinas

Crise faz Brasil perder espaço na lista das multinacionais latinas

Thais Carrança – Sob impacto da recessão, da crise política e das investigações da operação Lava-Jato, o Brasil foi o país que mais perdeu espaço entre a “elite” das multinacionais latino-americanas na última década, entregando a liderança para o México e em meio ao avanço da Colômbia, Argentina e Peru. A América Latina como um … Continue lendo »
Políticas sociais e austeridade fiscal

Políticas sociais e austeridade fiscal

CEBES – Como as políticas sociais são afetadas pelo austericídio da agenda neoliberal no Brasil e no mundo Documento preparado por Fabiola Sulpino Vieira, Isabela Soares Santos, Carlos Ocké Reis e Paulo Henrique de Almeida Rodrigues, acrescido das contribuições recebidas do IDISA, ABRES e dos núcleos do Cebes, bem como durante os debates realizados a … Continue lendo »
Privatização da Eletrobras: incompetência e irresponsabilidade

Privatização da Eletrobras: incompetência e irresponsabilidade

AEEL – Associação dos Empregados da Eletrobras – Temer e a direção da empresa insistem em um projeto de lei que, se implementado, entregará patrimônio público estratégico a preço de banana, resultará em anos de litígio, paralisará investimentos, aumentará os preços da energia, além de ampliar o risco de racionamento. É notório que a sustentação … Continue lendo »