Pleno emprego em economia de guerra

Pleno emprego em economia de guerra

Fernando Nogueira da Costa – A aversão à política de gastos do governo, típica da ideologia neoliberal, é superada sob o fascismo. Grandes corporações controlam a máquina do Estado e não há mais necessidade do mito das ‘finanças públicas saudáveis’, que impedia governos trabalhistas A antipatia da casta de mercadores quanto à política de gastos do … Continue lendo »
A Apple (e seu IPhone) no olho do furacão

A Apple (e seu IPhone) no olho do furacão

José Martins – Há um crescente mal estar no mercado mundial. Ninguém mais entre os capitalistas e economistas em geral procura esconder a preocupação com a aproximação de uma forte desaceleração da economia mundial. Quando ela deve ocorrer? As opiniões variam muito. A maioria, entretanto, aposta que a brecada deve ocorrer em 2019 ou, no mais … Continue lendo »
Governo Bolsonaro: 54 milhões de pobres e mais cinco desafios que o presidente eleito enfrentará em 2019

Governo Bolsonaro: 54 milhões de pobres e mais cinco desafios que o presidente eleito enfrentará em 2019

Matheus Magenta e Juliana Gragnani – Em 2016, o Brasil tinha 52,8 milhões de pessoas pobres (25,7% da população). Em 2017, esse número cresceu para 54,8 milhões (26,5%) Mais pessoas ficaram pobres e desassistidas no Brasil entre 2016 e 2017. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgou nesta quarta-feira uma série de indicadores sociais … Continue lendo »
Brasil gangorra: cresce pobreza extrema, mas também a renda dos mais ricos

Brasil gangorra: cresce pobreza extrema, mas também a renda dos mais ricos

Leonardo Sakamoto – Indígena tenta impedir reintegração de posse no Amazonas. Foto vencedora do Prêmio Vladimir Herzog de Direitos Humanos, categoria Fotografia – Luiz Gonzaga Alves de Vasconcelos, Jornal A Crítica. A população em situação de extrema pobreza – com renda inferior a pouco mais de R$ 7 por dia – passou de 6,6%, em … Continue lendo »
O salário do medo (e do armagedom)

O salário do medo (e do armagedom)

José Martins – A evolução dos salários mundiais no decorrer dos ciclos econômicos mais recentes mostra melhor a natureza depredadora da economia do imperialismo. Não como um mero problema de desigualdade de rendimentos, como é costumeiramente salientado pelos reformadores sociais de direita ou de esquerda – mas como uma questão de crescente exploração das diferentes … Continue lendo »
Água dura em pedra mole

Água dura em pedra mole

Laura Carvalho – Diante da escalada das tensões comerciais entre Estados Unidos e China e dos impactos da reversão dos fluxos globais de capitais sobre as economias emergentes, o relatório da OCDE divulgado nesta quarta-feira (21) reduziu as expectativas de crescimento para a economia mundial de 3,7% para 3,5% em 2019. Após a queda brusca no preço de ações … Continue lendo »
Cresce o risco de uma nova crise mundial

Cresce o risco de uma nova crise mundial

Carlos Drummond – Agora é oficial: uma nova crise mundial, cogitada com frequência crescente nos últimos meses, é possibilidade concreta, reconhece a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico no seu relatório periódico mais importante, o Economic Outlook, de acompanhamento da situação e perspectivas da economia global, divulgado na quarta-feira 21. Para a OCDE, “nuvens acumulam-se no horizonte” … Continue lendo »