A emergência da inversão: menos glorificação dos bilionários e mais bem-estar das famílias

A emergência da inversão: menos glorificação dos bilionários e mais bem-estar das famílias

João Vitor Santos e Wagner Fernandes de Azevedo – Ladislau Dowbor acredita que já dispomos de recursos financeiros e tecnológicos para assegurar uma reconversão econômica. Falta apenas capital político para fazer frente às corporações. O mundo está em tamanha transformação que tudo parece ter um novo modo de ser, um novo lugar. Nem mesmo o … Continue lendo »
François Chesnais “uma nova fase prolongada de acumulação de capital, não é possível”

François Chesnais “uma nova fase prolongada de acumulação de capital, não é possível”

Henri Wilno – Diante da catástrofe do incêndio na Amazônia, vimos apresentando uma série de artigos sobre a depredação capitalista do meio ambiente: uma coleção de textos de análise marxista e de esquerda de intelectuais de vários países, como as contidas nesta entrevista de Chesnais de abril de 2017. Mesmo diante de algumas visões programáticas … Continue lendo »
IBGE: 1 milhão desceu linha da pobreza em média por ano no país desde 2015

IBGE: 1 milhão desceu linha da pobreza em média por ano no país desde 2015

Carlos Madeiro – A Síntese de Indicadores Sociais, divulgada hoje pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas), aponta que, em média, 1 milhão de brasileiros por ano desceu abaixo da linha da pobreza entre 2015 e 2018 —quando 6,5% da população estava classificada como pobre, o maior índice da série, iniciada em 2012. Para … Continue lendo »
1% dos mais ricos possuem 45% de toda a riqueza pessoal global; os 50% mais pobres ficam com menos de 1%

1% dos mais ricos possuem 45% de toda a riqueza pessoal global; os 50% mais pobres ficam com menos de 1%

Michael Roberts – O relatório anual do Credit Suisse sobre riqueza global acaba de ser lançado. Este relatório continua sendo a análise mais abrangente e explicativa da riqueza global (não da renda) e da desigualdade de riqueza. Todos os anos, o relatório de riqueza global da CS analisa a riqueza familiar de 5,1 bilhões de … Continue lendo »
Bens e serviços públicos são os novos ativos financeiros

Bens e serviços públicos são os novos ativos financeiros

Patricia Fachin – Entrevista especial com Denise Gentil. O processo de financeirização da economia brasileira, iniciado nos anos 2000, ficou ainda mais intenso a partir de 2014, com o aumento da financeirização de serviços públicos, como educação, saúde e previdência, diz Denise Gentil à IHU On-Line. Segundo ela, a contração dos serviços sociais por parte do Estado abriu “uma série … Continue lendo »
A economia mundial em declínio

A economia mundial em declínio

Prabhat Patnaik – O Banco Central Europeu rebaixou no mês passado a sua taxa de juro de referência para menos 0,5 por cento, a qual significa que se ele conceder um empréstimo de 100 euros seria então preciso reembolsar apenas 99,5 euros no término do empréstimo. Isto arrancou uma nova tendência:   em países como … Continue lendo »
O “velho capitalismo” e seu fôlego para dominação do tempo e do espaço

O “velho capitalismo” e seu fôlego para dominação do tempo e do espaço

João Vitor Santos – O “Velho Cap”, como diz Luiz Gonzaga Belluzzo, ainda se mostra potente, capaz de recuperar sua natureza inquieta e criativa para chamar a si um protagonismo no mundo de hoje. A plasticidade do capitalismo permite que ele assuma o espírito do tempo e, com isso, vá se transmutando e se tornando … Continue lendo »