Tratar o doente ou a doença?

Tratar o doente ou a doença?

Bruno Falissard – Segundo a Associação Médica Mundial, o interesse individual (a proteção das pessoas) vem antes do geral (a coleta dos melhores dados estatísticos) no campo da saúde. Na prática, a existência de um mercado mundial de medicamentos beirando US$ 1 trilhão deturpa às vezes o sentido das declarações humanitárias. Se convidado a participar … Continue lendo »
O quadro econômico e os desafios vindouros

O quadro econômico e os desafios vindouros

Rennan Martins – Entrevista com Flavio Lyra Passado o pleito presidencial com seu debate inerentemente polarizado, as forças político-econômicas assumem suas posições no tabuleiro. Se antes a imprensa dava ao reeleito alguns dias de descanso, dessa vez o que se observa é um estado de disputa acirrado. A oposição não arrefeceu com a derrota e pretende … Continue lendo »
Caloteiro, não!

Caloteiro, não!

Luciano de Souza Godoy - Na democracia todos são iguais perante a lei e o juiz é um cidadão que, como tal, deve ser punido, multado e cobrado de suas dívidas.’ Chamaram-me a atenção as notícias relativas a um juiz no Estado do Rio que foi vitorioso em duas ações judiciais, as quais lhe renderão … Continue lendo »
QUEDA DO MURO VIROU MITO DE VENCEDORES

QUEDA DO MURO VIROU MITO DE VENCEDORES

Breno Altman – O noticiário internacional está marcado, nos últimos dias, pelas festividades comemorativas dos 25 anos da queda do Muro de Berlim. A maioria da imprensa celebra o evento com galhardia. Trata-se, afinal, do símbolo mais emblemático da derrocada do socialismo e da possibilidade histórica de qualquer sistema distinto do capitalismo triunfante. A conjugação … Continue lendo »
O Banco mundial ao serviço dos poderosos num clima de caça às bruxas

O Banco mundial ao serviço dos poderosos num clima de caça às bruxas

Eric Toussaint – Contrariamente a uma ideia aceite, a missão do Banco Mundial não consiste na redução da pobreza nos países em desenvolvimento. A missão que os vencedores da Segunda Guerra Mundial lhe atribuíram, principalmente os Estados Unidos e a Grã-Bretanha, consiste na ajuda à reconstrução da Europa e, subsidiariamente, em favorecer o crescimento dos países … Continue lendo »
Impasse e Crise

Impasse e Crise

PAULO PASSARINHO – A campanha eleitoral foi dura. A disputa presidencial, especialmente no segundo turno, dividiu o país e aguçou os gritantes conflitos que nossa sociedade – desigual e injusta – produz no seu dia-a-dia. Acima de tudo, preconceitos de natureza ideológica e social ganharam relevância, particularmente no ódio que embalou a expectativa que setores … Continue lendo »
Polarizações não dão conta das mudanças de imaginário

Polarizações não dão conta das mudanças de imaginário

IHU On-Line – As polarizações não dão conta das mudanças de imaginário, defende Ivana Bentes, em entrevista especial concedida ao IHU On-line. Os discursos de que o Brasil está dividido pós-eleições presidenciais, por conta da diferença de 3% entre a presidente reeleita e o candidato de oposição, “não explica a eleição de 2014”, avalia Ivana Bentes … Continue lendo »
Com esse governo, pergunto: por que a direita está nas ruas?

Com esse governo, pergunto: por que a direita está nas ruas?

Leonardo Sakamoto – Desde que foi divulgado que a senadora Kátia Abreu teria sido convidada para o ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, alguns colegas me perguntaram se Dilma não poderia ser acusada de estelionato eleitoral. Para responder a essa indagação, primeiro, claro, é necessário esperar o anúncio oficial. Porque a esquerda que ainda sobrou … Continue lendo »
Corte de emissões por EUA e China: pouco e tarde

Corte de emissões por EUA e China: pouco e tarde

Jean Remy Davée Guimarães – No embalo do acordo firmado pelos governos norte-americano e chinês para reduzir efeitos de gases-estufa, Jean Remy Guimarães lembra problemas crônicos em terras brasileiras, como desmatamento, poluição, caos e mortes no trânsito. China e Estados Unidos selam acordo para reduzir emissão de gases de efeito estufa. Os dois países são … Continue lendo »
“Vivemos uma hipocondria generalizada”

“Vivemos uma hipocondria generalizada”

Andriolli Costa – Em nossa sociedade contemporânea, parece não haver espaço para as emoções — em especial para as emoções negativas. Ao ser humano, não resta mais a possibilidade de sentir-se triste ou cansado. O mero vislumbre dessas sensações gera a urgência da medicação, dos psicofármacos. “Vivemos uma era de hipocondria generalizada”, alerta a cientista … Continue lendo »
Se a Itália sair do Euro…

Se a Itália sair do Euro…

Jacques Sapir – A possibilidade de a Itália sair do Euro, algo que poderia acontecer no fim da Primavera de 2015, é cada vez mais frequentemente mencionada na imprensa internacional, a italiana naturalmente mas também a alemã, americana [1] e britânica [2] . O silêncio da imprensa francesa [NT] é ensurdecedor… É preciso compreender porque o … Continue lendo »