O ridículo golpe de Estado da Turquia em 17 reflexões

O ridículo golpe de Estado da Turquia em 17 reflexões

NAZANÍN ARMANIAN – A partir da escassa informação disponível sobre os acontecimentos de 15 de julho, ocorrem-me as seguintes ideias: 1. Embora o regime de Recep Tayyip Erdogan seja capaz de cometer um atentado de bandeira falsa (tinha planejado destruir o mausoléu de Sha Solimán, fundador da dinastia otomana situado na Síria, e lançar um … Continue lendo »
Escola sem partido?

Escola sem partido?

FREI BETTO – Nada mais tendencioso do que o Movimento Escola Sem Partido. Basta dizer que um de seus propagadores é o ator de filmes pornô Alexandre Frota. O movimento acusa as escolas de abrir espaços a professores esquerdistas que doutrinam ideologicamente os alunos. Uma das falácias da direita é professar a ideologia de que … Continue lendo »
Projeto Escola sem Partido é mais autoritário que currículo educacional da ditadura

Projeto Escola sem Partido é mais autoritário que currículo educacional da ditadura

Rodrigo Gomes – Para professor, em vez de disciplinas, o projeto está criando uma ideologia que propõe voltar a cultivar valores nacionalistas O projeto Escola sem Partido, que alega combater a doutrinação de esquerda nas escolas e defender uma educação supostamente neutra, tem um viés mais autoritário que o currículo educacional desenvolvido durante a ditadura (1964-1985), … Continue lendo »
Christian Dunker: “Falta ao brasileiro a verdadeira tristeza”

Christian Dunker: “Falta ao brasileiro a verdadeira tristeza”

SÉRGIO GARCIA – O psicanalista afirma que o neoliberalismo cria sofrimento e ensina o indivíduo a administrá-lo para gerar mais produtividade Ao lado da argentina radicada no Rio de Janeiro Paula Sibilia, o psicanalista brasileiro Christian Dunker participou de uma das palestras que mais repercutiram nesta 14ª edição da Flip. Eles criticaram a espetacularização da … Continue lendo »
Rumo a uma Era da Desintegração?

Rumo a uma Era da Desintegração?

Patrick Cockburn – No Oriente Médio, Estados independentes desmoronam. Guerras, políticas neoliberais e desigualdade extrema aceleram o processo. Mas e se o fenômeno tornar-se global? Vivemos numa era de desintegração. Em nenhum lugar isso é mais evidente do que no Oriente Médio e na África. De lado a lado da vasta faixa de território entre … Continue lendo »
55 projetos que ameaçam seus direitos

55 projetos que ameaçam seus direitos

Federação dos Trabalhadores do Ramo Químicos da CUT – Veja a relação das 55 ameaças à direitos que estão tramitando no parlamento: 1. Regulamentação da terceirização sem limite permitindo a precarização das relações de trabalho (PL 4302/1998 – Câmara, PLC 30/2015 – Senado, PLS 87/2010 – Senado); 2. Redução da idade para início da atividade … Continue lendo »
O Brasil que mata seu futuro a bala

O Brasil que mata seu futuro a bala

GIL ALESSI – Número de vítimas de homicídio entre 1 e 19 anos cresce 475% em 23 anos. Negros são mais atingidos A cada 24 horas, 29 crianças e adolescentes entre 1 e 19 anos de idade são assassinados no Brasil, uma sala de aula inteira morta por dia. A grande maioria das vítimas é … Continue lendo »
Gaza começa a sair do sufoco

Gaza começa a sair do sufoco

LUIZ EÇA – Durante nove anos, Israel fechou Gaza para o mundo, bloqueando o estreito por terra, mar e ar. Em três guerras, a aviação e as forças blindadas israelenses destruíram hospitais, escolas, fábricas, casas de comércio, usinas elétricas, redes de água e dezenas de milhares de casas. Especialmente depois da última guerra, países europeus e … Continue lendo »
Desemprego hoje

Desemprego hoje

Clemente Ganz Lúcio – As estatísticas sobre emprego e salários continuam a revelar a dramaticidade dos impactos da crise econômica sobre a vida de milhões de brasileiros. Altas taxas de desemprego, que cresceram em ritmo alucinante, aumento da informalidade e da precarização das condições de trabalho, queda dos salários e da massa salarial. Segundo a PnadC … Continue lendo »
Por que o Estado Islâmico odeia a França

Por que o Estado Islâmico odeia a França

ÁLEX VICENTE – EI alega razões militares, culturais e históricas para justificar seus ataques em Paris “Bata com uma pedra na cabeça, ou mate com uma faca, ou atropele com seu carro, ou empurre de um lugar alto, ou asfixie, ou envenene.” Foi assim que, em setembro de 2014, o porta-voz oficial do Estado Islâmico, … Continue lendo »